sábado, 30 de novembro de 2013

Molho de Tomate Caseiro

 Todo mundo sabe que o molho de tomate é a base de uma das melhores cozinhas do mundo, a italiana. O que ninguém precisa saber é que você preparou a receita em apenas meia hora para bancar de chef bonitona na hora do jantar.





Ingredientes:

05 quilos de tomates bem vermelhos
1 folha de louro
1 pimentão vermelho cortado em 4 pedaços
02 colheres (chá) de açúcar
02 colheres (sopa) de sal
1 cabeça de alho descascado
3 talos de salsão
2 cenouras cortadas em rodelas
150 gramas de bacon picado
1 xícara de água
1 pimenta dedo de moça sem sementes ou
2 colheres (chá) de pimenta calabresa
2 colheres (sopa) de orégano
1 xícara (chá) de óleo
Manjericão, a gosto
Pimenta-do-reino, a gosto

Modo de preparo:

Lave os tomates muito bem sob água corrente. Com uma faca, faça um corte em X na base de cada tomate cru. Coloque os tomates numa panela com água fervendo por 30 segundos. Prepare outra tigela com água e gelo. Com uma escumadeira, retire os tomates da panela e mergulhe-os na tigela. Pelo X, puxe a pele como se fossem quatro folhas. O choque térmico faz com que a pele se desprenda facilmente. Para extrair as sementes, corte os tomates na metade, horizontalmente, e, com o dedo indicador, retire-as com o suco que as envolve. Não enxágue os tomates, pois a água pode até tirar as últimas sementes, mas leva junto parte do sabor. Numa panela grande, coloque o azeite e leve ao fogo baixo para aquecer. Quando estiver quente, junte o bacon e deixe dourar um pouco, acrescente a cebola e refogue por 2 minutos, mexendo sempre, ou até que fique transparente. Acrescente o alho picado e refogue por mais 1 minuto, sem parar de mexer. Em seguida, coloque todo o tomate picado e as cenouras no liquidificador. Depois de batidos junte aos temperos na panela e misture bem. Acrescente a água quente e o restante dos ingredientes ao molho. Tampe a panela e deixe o molho cozinhar por cerca de 1 hora em fogo médio. Mexa de vez em quando, para não grudar, e verifique a água. Adicione um pouquinho de água quente, caso seja necessário. Retire os pedaços de pimentão, o louro, o salsão e o manjericão e descarte-os. Desligue o fogo e verifique os temperos. Sirva o molho a seguir.

Dica de como congelar e descongelar

1. Para esfriar o molho, mergulhe parcialmente a panela em um recipiente com água gelada.

2. Quando o molho estiver frio, transfira para um recipiente rígido, com tampa hermética. Tampe e cole uma etiqueta, identificando o produto e a data do preparo.

3. Leve ao freezer e deixe congelar.

4. Para descongelar, retire a embalagem do freezer e leve à geladeira. Deixe lá até que o molho se descongele. Depois de descongelado, coloque o molho numa panela e leve ao fogo para aquecer.


domingo, 24 de novembro de 2013

Petiscos de Batata

Esses salgadinhos são muito gostosos pra servir como aperitivo, acompanhando uma taça de vinho, ou no calor que tem feito, uma cerveja bem gelada! 
Se você não aprecia os alcoólicos, vale a pena um refrigerante ou um copo de suco de frutas, por que não?









Ingredientes:

 

1/2 kg de batatas (descascadas)

2 colheres de sopa de queijo ralado bem cheias

1 colher (sopa) de amido de milho

2 colheres (sopa) de farinha de trigo

1 colher (sobremesa) de páprica (doce, picante ou defumada)

1 ovo

Ervas finas desidratadas

Sal, a gosto

Farinha de rosca

Óleo para fritar

 

Modo de preparo:

 

Cozinhe as batatas em água e sal, escorra e passe imediatamente pelo espremedor

Em seguida acrescente o amido de milho, a farinha de trigo, o queijo parmesão ralado, a páprica, as ervas finas, o sal e o ovo. Misture tudo. Deixe esfriar o suficiente para por as mãos. Passe um pouco de margarina nas mãos para não grudar e modele em formato de palitos com cerca de 6 cm. Passe na farinha de rosca, depois é só fritar em óleo quente.

 

 




sexta-feira, 22 de novembro de 2013

Tender com Molho de Abacaxi

Macio e suculento, o tender é hors concours na ceia de Natal. Este, servido com um molhinho de abacaxi, é ainda mais delicioso — essa fruta faz um casamento perfeito de sabores com a carne de porco.





Ingredientes:

Tender:

1 mini tender de no mínimo 1 kg
1 e 1/2 xícara (chá) de suco de abacaxi 
1 e 1/2 xícara (chá) de vinho branco 
1 cabeça de alho 
cravos-da-índia 
1/4 de xícara (chá) de mel
1 colher (sopa) de sálvia picada
1 colher (sopa) de tomilho picado 

Molho:

Todo o líquido da marinada 
2 colheres (sopa) de manteiga 
2 colheres (sopa) de farinha de trigo 
sal e pimenta-do-reino moída na hora a gosto

Modo de Preparo:

Tender:

Numa tigela grande, misture o suco de abacaxi com o vinho branco, coloque o tender para marinar e leve à geladeira, coberto com filme ou papel-alumínio, por 12 horas. Se preferir, coloque o tender num saco plástico e feche bem. Pré-aqueça o forno a 200 ºC.
Corte a ponta da cabeça de alho com uma faquinha de serra. Transfira o tender para uma assadeira. Com a ponta de uma faca afiada, risque a superfície, formando losangos, e espete os cravos nas junções. Regue com a marinada, junte a cabeça de alho, a ervas picadas e leve ao forno pré-aquecido por 30 minutos. Retire do forno, regue com o mel e volte ao forno por mais 20 minutos. A cada 5 minutos, regue com o líquido da marinada. Retire o tender da assadeira, transfira para uma tábua e cubra com papel-alumínio para não esfriar enquanto você faz o molho. Retire também a cabeça de alho e reserve.

Molho:

Numa panela média, derreta a manteiga, junte a farinha e misture com uma colher de pau em fogo médio por 2 minutos. Retire do fogo e passe a marinada (peneirada) da assadeira para a panela de uma vez. Misture com um batedor de arame, tempere com sal e pimenta-do-reino e leve ao fogo baixo, sem parar de mexer, por cerca de 10 minutos, até engrossar e apurar o sabor.

Decore com cerejas frescas, frutas em calda a gosto (abacaxi, figo e pêssego) e fios de ovos.

Marinadas que viram molhos

1. geleia de laranja + gengibre fresco + tomilho
Use: ½ xícara (chá) de geleia de laranja, ½ colher (sopa) de gengibre fresco ralado, 1 ramo de tomilho e 2 ½ xícaras (chá) de vinho branco (ou suco de abacaxi).

2. vinho do Porto + raspas de limão + orégano fresco
Use: 1 xícara (chá) vinho do Porto, raspas de 1 limão, 2 ramos de orégano fresco e 2 xícaras (chá) de vinho branco (ou suco de maçã).

3. cranberry + açúcar mascavo + alho
Use: 2 xícaras (chá) de suco de cranberry, 3 colheres (sopa) de açúcar mascavo, 1 cabeça de alho (corte uma tampa, como na foto) e 1 xícara (chá) de vinho branco (ou suco de laranja).

4. mel + mostarda + sálvia
Use: ¼ de xícara (chá) de mostarda de Dijon, ¼ de xícara (chá) de mel, 2 ½ xícaras (chá) de vinho branco (ou suco de maçã) e 10 folhas de sálvia. 


Suflê de Chuchu

Suflê quentinho é mesmo especial. É um daqueles pratos que confortam! Este daqui é feito com chuchu que o torna leve, gostoso e com uma textura incrível! Aquela crostinha que se forma em volta do ramequim é de raspar com a colher, uma delícia!













Ingredientes:

5 chuchus
500 ml de leite integral
1 caixinha de creme de leite
2 gemas
3 colheres (sopa) de queijo parmesão ralado
2 colheres (sopa) de óleo
1 cebola pequena ralada
2 colheres (sopa) de manteiga sem sal
3 colheres (sopa) de farinha de trigo
Noz-moscada ralada na hora, a gosto
Cheiro-verde picadinho, a gosto
Sal, a gosto
1 colher (chá) de fermento em pó
2 claras batidas em neve em picos bem firmes
Manteiga e farinha de rosca para untar e polvilhar a fôrma 
Queijo parmesão para polvilhar, a gosto

Modo de preparo:

Tire a casca e parte branca central do chuchu, e afervente-os com água e sal. Depois de cozidos, escorra bem a água numa peneira. Coloque o óleo em uma panela e refogue a cebola até ficar transparente. Acrescente a manteiga e a farinha de trigo e refogue até a farinha dourar um pouco. Vá adicionando o leite e o creme de leite aos poucos e mexendo sem parar até engrossar (fica molho bechamel um pouco mais grosso). Retire do fogo e acrescente as gemas, mexa rápido pra não cozinhá-las. Depois acrescente o queijo ralado, a noz-moscada, o cheiro-verde, fermento em pó e o chuchu, reserve. Misture as claras ao creme reservado, mexendo delicadamente. Coloque a mistura em uma fôrma para suflê (redonda e alta) ou em pequenos ramequins untados com manteiga e polvilhados com farinha de rosca. Polvilhe queijo parmesão ralado a gosto e leve ao forno pré-aquecido a 200ºC até dourar. Sirva imediatamente.

terça-feira, 19 de novembro de 2013

Lombo ao Molho de Maracujá

Todos que me visitam já sabem: eu cozinho com frutas... sempre! É assim que eu gosto, é assim que sou feliz!

Esse lombo ficou bem ao meu gosto, e digo: se você também gosta dessa mistura não deixe de experimentar, é fantástico!






Ingredientes:

1,5 kg (1 peça) de lombo suíno
1/4 xícara (chá) de óleo
1 1/2 colher (sopa) de sal
1/2 colher (chá) de pimenta do reino
3 colheres (sopa) de suco de limão
1/2 xícara de vinho branco
1 colher (sopa) de sálvia picada
1 colher (sopa) de tomilho picado
1 xícara de suco de maracujá
60g de polpa de maracujá sem sementes
40g de polpa de maracujá com sementes
1 colher (sopa) de azeite
1/2 xícara de cebola picada
1 colher (sopa) de farinha de trigo
1 colher (sopa) de açúcar mascavo
3 colheres (sopa) de mel

Modo de preparo:

De véspera:

Faça o suco de maracujá: Bata ligeiramente 1 xícara de água com 60g da polpa de maracujá, coe e acrescente mais 40 g de polpa de maracujá, não precisa bater mais, pois precisamos das sementinhas inteiras no molho.
Coloque o lombo num recipiente, adicione o suco de maracujá, acrescente os itens da marinada: o sal, a pimenta do reino, o suco de limão, o vinho branco e as ervas picadas. Deixe marinando até o dia seguinte.

No dia seguinte:

Retire o lombo da marinada e reserve a marinada, ela será usada para preparar o molho.
Aqueça bem uma panela, acrescente o óleo e sele o lombo de todos os lados até ficar dourado. Reserve a panela para fazer o molho. 
Enrole o lombo já selado, em papel alumínio e feche bem todos os lados. Leve ao forno pré-aquecido a 180 º por aproximadamente 1h e 30 minutos.
Enquanto o lombo assa, faça o molho: Na mesma panela que selou o lombo, aqueça o azeite, refogue a cebola, salpique o açúcar mascavo e deixe caramelizar a cebola, salpique a farinha de trigo, adicione o mel e a marinada reservada, deixe ferver e desligue.

Panquecas de Baunilha com Doce de Leite

Há melhor maneira de começar o dia? Panquecas deliciosas, aromatizadas suavemente com baunilha e cobertas com doce de leite... Tão bom! Uma preparação ideal para férias ou final de semana, quando o café da manhã é mais tranqüilo, e o almoço sai mais tarde.
Dar às crianças essa surpresa, é uma maravilha. Olhar para elas e ver as suas carinhas de alegria logo de manhã, faz o dia valer bem mais. Simples, fofas, deliciosas e com uma cobertura generosa, fazem destas panquecas um presente!

Ingredientes:

1 e 1/2 xícaras de farinha de trigo
1 xícara de leite
2 ovos
1 colher (chá) de baunilha
2 colheres (sopa) de açúcar
1 colher (sopa) de manteiga
1 colher (chá) de fermento em pó
óleo para untar
1 lata de leite condensado cozido por 25 minutos em panela de pressão


Modo de preparo:

Ferva o leite com a baunilha, junte  a manteiga e deixe esfriar. Misture a farinha, o fermento e o açúcar. Bata os ovos  e envolva na farinha. Misture bem e junte depois, o leite em fio, mexendo sempre até a mistura se apresentar homogênea. Pincele uma frigideira anti-aderente com um pouco de óleo e frite às colheradas. Coloque uma quantidade de doce de leite, que ache suficiente, numa tigelinha e leve ao micro-ondas durante 30 segundos. Mexa e espalhe sobre as panquecas. Abaixo, uma versão com frutas e mel. Você decide e depois... delicie-se!

segunda-feira, 18 de novembro de 2013

Chutney de Figo

Este chutney fica com uma textura excelente, com aquele sabor doce e salgado ao mesmo tempo, enfim uma delícia!! E com a chegada das festas de fim de ano, estando os figos secos presentes nestas festividades, esta é uma ótima opção para usar os figos em algo diferente, para acompanhar as gostosuras servidas em sua ceia. Mas é claro que esta receita pode ser feita em qualquer ocasião, que será sempre um acompanhamento muito especial. Espero que gostem e experimentem fazer, porque vale a pena!!


Ingredientes:

300g de figos secos picados
1 cebola roxa picada
2 colheres de sopa de azeite 
150g de açúcar mascavo
200ml de vinagre de vinho branco
1/2 colher de chá de gengibre em pó
1/2 colher de chá de noz moscada
Sal e pimenta a gosto

Modo de preparo:

Leve os figos ao fogo, com água, e deixe ferver por aproximadamente 15 minutos, até ficarem bem macios. Escorra e reserve. Em uma panela refogue a cebola no azeite até amolecer, acrescente o açúcar e deixe caramelizar levemente, depois acrescente os figos, o vinagre e os temperos. Deixe em fogo baixo por aproximadamente 1 hora, observando e mexendo de vez em quando, cuidando para que não queime. Depois de pronto, deixe esfriar e coloque em vidro devidamente esterilizado. Conserve em geladeira. Dura um mês.


Fonte: Livro "Tart It Up!: Sweet and Savory Tarts and Pies", do Eric Lanlard,

outras receitas de chutney no:


domingo, 17 de novembro de 2013

Estrogonofe de Filé Mignon

Sua origem é russa, Strogonov, mas o prato ficou muito popular no Brasil e no mundo. Diz a lenda que surgiu no século XVI, quando soldados consumiam carnes cortadas em filetes conservados em sal grosso e aguardente. Após a Revolução Russa, em 1917, o prato chegou à França, onde passou por modificações e ficou conhecido mundialmente. Está entre os dez pratos mais vendidos do mundo. Tem gente que acha a receita chique. Outros acham datada. Mas ninguém resiste a um estrogonofe bem feitinho. E essa receita é deliciosa.


Ingredientes:

1 kg de iscas de filé mignon
70 g de manteiga
1 colher (sopa) de óleo
3/4 de xícara (chá) de cebola em cubinhos
1 colher (chá) de sal
1 colher (chá) de páprica
1 colher (sopa) de molho inglês
1/3 de xícara (chá) de conhaque
200g de champignon de Paris fatiados
1 colher (sopa) de mostarda
1/2 xícara (chá) de catchup
1 colher (sopa) de farinha de trigo
1 litro de creme de leite fresco

Modo de Preparo: 

Aqueça a manteiga com o óleo. Doure a carne aos poucos para não juntar água. Acrescente a cebola, refogue mais um pouco e tempere com o sal, a páprica e o molho inglês. Regue com o conhaque e deixe evaporar. Junte o cogumelo, a mostarda, o catchup e a farinha. Mexa delicadamente, ponha o creme de leite e cozinhe até começar engrossar. Sirva com batata palha. 

sábado, 16 de novembro de 2013

Bolo de Nozes do Viena

Uma das opções mais tradicionais da rede de restaurantes Viena é o Bolo de Nozes, que chama a atenção por sua aparência e sabor marcante. Aqui a receita original, repaginada apenas no recheio, onde acrescentei o leite de coco, e como opcionais na decoração, fios de ovos e cerejas, que considero “a cara do Natal” J














Ingredientes:

Massa:

9 ovos
350 g de açúcar refinado
1/4 de xícara de farinha de rosca
450 g de nozes moídas
Manteiga para untar
Farinha de rosca para polvilhar

Recheio:

1/3 de xícara de água
150 g de açúcar refinado
1/4 colher (chá) de suco de limão
1 colher (chá) de baunilha
8 gemas peneiradas
40 g de nozes picadas
200 ml de leite de coco

Cobertura:

360 g de açúcar refinado
1 xícara de água
1 pitada de cremor de tártaro
4 claras

Decoração:

Nozes cortadas ao meio
Fios de ovos (opcional)
Cerejas (opcional)

Modo de preparo:

Massa:

Bata as claras em neve. Aos poucos, junte o açúcar e bata mais até dissolver os grãozinhos do açúcar. Sem parar de bater, acrescente as gemas, uma a uma e bata mais. Retire da batedeira e incorpore com cuidado a farinha de rosca misturada com as nozes moídas. Mexa até obter uma massa homogênea e despeje em forma untada com a manteiga e polvilhada com a farinha de rosca. Asse em forno pré-aquecido a 180ºC por aproximadamente 40 minutos. Desligue o forno, abra parcialmente a porta e deixe o bolo esfriar dentro do forno por 15 minutos. Retire do forno e deixe esfriar completamente para desenformar.

Recheio:

Misture bem a água, o açúcar e o suco de limão. Leve para ferver e cozinhe até obter o ponto de pasta mole, ou seja, um ponto antes do ponto de fio. Retire do fogo e espere amornar. Ponha as gemas numa tigela e, aos poucos, despeje a calda morna, sem parar de mexer. Devolva à panela, junte o leite de coco e a baunilha e retorne ao fogo até engrossar.

Cobertura:

Misture o açúcar e a água. Leve para ferver até obter uma calda em ponto de fio médio. Enquanto isso, bata as claras em neve com o cremor de tártaro. Sem parar de bater, despeja a calda ainda quente e continue batendo até esfriar.

Montagem:

Corte o bolo ao meio, espalhe o recheio. Cubra o bolo com o marshmallow, fazendo uns desenhos aleatórios a ponta de um garfo ou de uma colher, ou utilizando o saco de confeitar. Decore com as metades das nozes ou com as cerejas e fios de ovos (opcionais)














Fonte: do livro “Viena – Comida de Casa Fora de Casa”




Tempurá

Um dos meus pratos orientais favorito é o tempurá. Perfeito para petiscar com amigos, acompanhado de uma cerveja gelada. É fácil de preparar crocante e delicioso.





Ingredientes:

500 g de camarão rosa temperado com sal
200 g de cenoura
1/2 xícara de vagem
1/2 pimentão vermelho
1 cebola grande
200 g de couve-flor
1/2 brócolis japonês
150 g de farinha de trigo
3 ovos
Sal e Ajinomoto (glutamato monossódico), a gosto
150 g de amido de milho
300 ml de cerveja gelada

Modo de preparo:

Coloque uma panela com óleo para esquentar, para fritar os tempurás submersos.
Em um recipiente, misture a farinha de trigo, o amido de milho, os ovos inteiros e coloque o sal e o Ajinomoto. Adicione a cerveja e misture até a massa ficar homogênea. Reserve. Junte os vegetais cortados em tiras finas os camarões, passe-os na preparação. Com as mãos molhadas (para não grudar) faça um bolinho e frite no óleo quente (panela funda com óleo suficiente para cobrir o bolinho) até dourar. Escorra em papel-toalha e sirva imediatamente, para não perder a crocância.




segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Pão de Queijo do Viena

A minha verdadeira paixão pelo pão de queijo do Viena. amo. amo. amo. três, dez, um milhão de vezes. a massa macia e quase sem buraquinhos de ar, densa, deliciosamente chicletenta. e a casquinha fina, fina, fina, um toque de parmesão dá uma crocância pequenina, sutil. acompanhado de um belo expresso, acho a dupla mais-que-perfeita. Quem me acompanha no blog sabe que moro distante de grandes centros, portanto, não é sempre que posso degustar essa delícia no local (agora posso em casa). Encontrei um livro de autoria da rede, intitulado Viena: Comida de Casa Fora de Casa e achei exatamente na página 92, a receita que compartilho com vocês meus caros amigos do blog.

Ingredientes:

400 g de batata cozida e espremida
500 g de queijo meia-cura moído
450 g de polvilho doce
2 ovos
1/2 colher (chá) de fermento em pó
1/2 colher (chá) de sal
75 ml de óleo
75 ml de leite quente
queijo parmesão ralado para polvilhar

Modo de preparo:
Bata os ovos, fermento, sal e óleo e reserve. Misture o polvilho com o queijo. Junte a batata e mexa até ficar homogêneo. Faça um cova no centro e despeje ali a mistura de ovos. Mexa bem e adicione o leite aos poucos. Amasse vigorosamente com as mãos até obter uma massa lisa. Faça bolinhas com as mãos untadas de óleo. Disponha em uma assadeira guardando alguma distância entre elas para que os pãezinhos não grudem. Polvilhe com o parmesão e leve a assar em forno pré-aquecido a 180ºC até que fiquem douradinhos (cerca de 20 minutos).

Dicas:

- Bom à toda hora. Ótimo belisquete, mas, maravilhoso assim que acaba de ser feito e sair do forno. Ótimo companheiro do requeijão com salame (acho esse casamento tão perfeito com o pão de queijo!). Também fica feliz com uma manteiguinha boa, escorrendo logo ao sair do forno.
- O queijo meia-cura é encontrado facilmente no supermercado ou em laticínios. - às vezes, preciso de um pouco mais de leite para poder amassar a massa.
- Nem sempre polvilho o parmesão
- Pode ser congelado: faça bolinhas e congele "em aberto" por um dia. Depois, é só guardar em uma vasilha tampada.
- Ah, sim! além das receitas em si, o livro tem um texto muito gostoso (pudera, é Ignácio de Loyola Brandão) contando a trajetória da rede em pouco mais de 30 anos de existência.

Fonte: Receita original de: Viena: Comida de Casa Fora de Casa
Texto Ignácio de Loyola Brandão











Pecado da Gula

Bolo de Milho Rápido

Ao provar uma fatia pelando me perguntei por que não fiz antes? Ficou uma gostosura! Quentinho é bem cremoso, lembra um curau e depois que esfria, continua bem molhadinho e macio! Apesar da lata inteira de leite condensado, ficou doce na medida J







Ingredientes:

 3 ovos grandes
1 lata de leite condensado
2 latas de milho verde escorridas (200g cada)
100g de coco ralado
1 colher (sopa) de manteiga amolecida
1 colher (sopa) de fermento em pó

Modo de preparo:

Unte uma forma de buraco central de 20 cm ou de bolo inglês grande com manteiga e polvilhe farinha de trigo (usei uma mistura de açúcar com canela em pó).
No copo do liquidificador, bata os ovos com leite condensado por alguns instantes até ficar esbranquiçado. Junte o milho escorrido e bata mais um pouco até ficar bem triturado. Adicione a manteiga e o coco ralado e por fim, o fermento em pó.
Despeje na forma e leve para assar em forno pré-aquecido a 180˚C por cerca de 35 a 40 minutos. Faça o teste do palito para verificar se está assado.
Tire do forno e espere 10 minutos antes de desenformar.

Caponata Italiana

Caponata Italiana

Gosto de receber meus amigos com vinho. Seja inverno ou verão, pão e vinho pra mim são sinônimos de boa mesa, de confraternização, de alegria!

E se tem uma coisinha gostosa para acompanhar, como essa caponata, tudo fica muito melhor!





Ingredientes:

1 berinjela média
1 pimentão vermelho
 pimentão amarelo
1 abobrinha grande
100g de passas claras sem sementes
100g de nozes picadas
4 dentes de alho com casca
1 colher de sopa de mel
1 colher de sopa de mostarda Dijon
1 colher de chá de vinagre de vinho branco
2 colheres de sopa de azeite
1 colher de chá de tomilho
1 colher de sopa de orégano
sal e pimenta do reino a gosto

Modo de Preparo:

Coloque as passas em um recipiente e cubra-as com água quente, deixe descansar por 20 minutos. Escorra.
Corte os legumes em cubos pequenos e coloque-os junto com os dentes de alho e as passas hidratadas em uma assadeira. Pincele com uma colher de sopa de azeite e polvilhe com sal. Leve ao forno médio até que os legumes fiquem cozidos.
Retire os dentes de alho, descasque-os espremendo e amasse bem. Misture os dentes de alho amassados a uma colher de sopa de azeite, ao mel, e à mostarda, ao vinagre e à ervas.
Misture os legumes assados com o molho e as nozes, corrija o sal
Leve à geladeira, deixe de um dia para o outro, e sirva em temperatura ambiente.

domingo, 10 de novembro de 2013

Eggnog

Quando vai chegando o final do ano, as redes de televisão exibem  os filmes americano ou europeu com temas de confraternização nos dias de Ação de Graças, Natal e Ano Novo. Além da mesa farta e linda, o Eggnog tem presença constante nessas ocasiões e pesquisando em fonte confiável, encontrei uma receita interessante, fácil e como costumo dizer: “bebida para meninas”, pois, o teor alcoólico é mínimo. Vamos experimentar enquanto aguardamos o Papai Noel com nossos presentes?


Ingredientes:

6 gemas
¾ xícara de açúcar (acerte o sabor a gosto)
2 xícaras de leite integral
2 cravos-da-índia
1 colher (café) de essência de baunilha
½  colher (chá) de canela em pó
1 e ¼ xícara de conhaque (acerte o sabor a gosto)
2 xícaras de creme de leite fresco
noz-moscada ralada, para decorar
Forminhas de polvilhar com formato natalino (opcional), para decorar

Modo de preparo:

Bata as gemas com o açúcar, até que a mistura fique bem fofa. Em uma panela, leve o leite, o cravo-da-índia, a essência de baunilha e a canela ao fogo baixo por uns 5 minutos, até levantar fervura. Coloque delicadamente o leite temperado (passo 2) no recipiente com os ovos, e vá misturando rapidamente com o fouet, para que a gema não cozinhe nem solte pedacinhos. Despeje então a mistura em uma panela e leve ao fogo baixo, mexendo sempre com um fouet por, aproximadamente, 3 minutos (ou até quando ficar uma marca na colher ao passar o dedo nas costas dela). Atenção: não deixe ferver!
Retire o cravo e deixe esfriar por cerca de 2 horas antes de acrescentar o álcool (senão ele evapora). Coloque em uma jarra e adicione o conhaque e o creme de leite. Leve à geladeira e só sirva no dia seguinte. Use canecas ou taças e decore com noz-moscada ralada.

Fonte: do ótimo The Essential New York Times Cookbook



Bolo Natalino de Nozes


Poucas coisas lembram mais Natal do que nozes. Neste bolo,  de textura úmida e não tão consistente, embora sem ser “fofo”, é só fechar os olhos e imaginar algum Natal longínquo... reuni ingredientes com gosto de magia natalina! Sem mistérios, batido no liquidificador e a decoração fica a seu gosto. Como sugestão, chantilly ou marshmallow e nozes trituradas ou inteiras, fios de ovos e placas de chocolate que você pode comprar prontas, como também as flores comestíveis que decoram lindamente um bolo. E sempre pensando em presentear, nem preciso dizer que esta doçura será muito bem-vinda, não é? J

Ingredientes:

Massa:

5 ovos grandes
1 xícara (chá) de açúcar refinado
½ xícara (chá) de leite 
½ xícara (chá) de óleo (milho ou similar)
1 ½ xícara (chá) de farinha de trigo 
½ xícara (chá) de cacau em pó 
1 colher (sopa) de fermento em pó 
100 g de nozes trituradas

Calda para regar o bolo:

1/2 lata de leite condensado
1 caixa de creme de leite
200 ml de leite integral fervido e na temperatura ambiente
6 g de gelatina incolor sem sabor
5 colheres (sopa) de água filtrada

Recheio:
2 latas de leite condensado 
2 colheres (sopa) de farinha de trigo 
2 latas de creme de leite sem o soro
2 colheres (sopa) de manteiga sem sal 
200 g de nozes trituradas 
1 xícara (chá) de chantilly de chocolate (colocar depois que o brigadeiro esfriar)

Sugestão para Cobertura:

Chantilly ou marshamallow
Nozes inteiras ou trituradas 
Placas de chocolate
Fios de ovos (opcional)
Flores comestíveis
Figuras natalinas comestíveis

Modo de preparo:

Massa:

Bata no liquidificador os 4 primeiros ingredientes por 5 minutos. Em seguida, coloque em uma tigela os ingredientes batidos no liquidificador e misture os ingredientes secos, sendo por último as nozes. Leve para assar em forma de 25 cm de diâmetro untada com manteiga e enfarinhada. Leve ao forno pré-aquecido a 180º por 25 minutos, ou até que esteja firme ao toque.

Calda para regar o bolo:

Numa tigelinha, misture o leite condensado o creme de leite e o leite integral. Hidrate a gelatina com a água durante 15 minutos. Leve ao banho-maria ou ao micro-ondas por 30 segundos na potência máxima. Junte à mistura do leite condensado e reserve.

Recheio:
Bata no liquidificador os 4 primeiros ingredientes por 1 minuto. Em seguida leve ao fogo baixo e assim que levantar fervura cozinhe por 5 minutos. Retire do fogo e junte o chocolate. Depois que o creme estiver frio junte as nozes e o chantilly. Utilize na montagem.

Montagem:
Divida a massa em três partes.

Faça a montagem na seguinte ordem:
Massa
Regue com a calda
Fina camada de chantilly
Metade do recheio
Massa
Regue com a calda
Fina camada de chantilly
Restante do recheio
Massa
Regue com a calda
Cobertura
Decoração

sábado, 9 de novembro de 2013

Manteiga Composta

Sabe o que é manteiga composta? É simplesmente manteiga misturada com ervas e outros temperos. Serve para finalizar e dar sabor a jato para: risotos, molhos, carnes, aves, peixes, massas, vegetais e pães. Ah, uma fatia de pão quentinha, com um pouco de manteiga de alho e salsinha...






Ingredientes:

150 g de manteiga amolecida
30 g de cebola ralada
10 g de alho amassado
30 g de salsinha picada
10 ml de vinho branco
10 ml de conhaque
Suco de 1/2 limão
Sal e pimenta-do-reino, a gosto

Modo de Preparo:

Num recipiente, misture todos os ingredientes, previamente picados, à manteiga. Amasse bem com um garfo até que fique uma pasta lisa e uniforme. Corte um retângulo de papel-manteiga ou filme plástico (30 cm de comprimento). Coloque a manteiga no centro e dobre o papel ou plástico. Vá enrolando as pontas, como se fosse embrulhar um bombom, até que a manteiga obtenha uma forma de bisnaga. Leve à geladeira. Para acelerar, deixe no congelador por no mínimo 1 hora. Corte em fatias finas e utilize.

Sugestões para combinar com as ervas:
- pimenta dedo-de-moça picada, 
- gengibre ralado, 
- suco e raspas de limão, 
- alho amassado 
- mostarda de Dijon. 

Com sal e pimenta, sempre.

Gelatina Mosaico

Conversando hoje com uma amiga; ela me dizia que estava com saudade dos Natais de "antigamente". Disse-me que na sua família eles estavam programando um Natal Vintage, reviver o salpicão, o Peru à Califórnia, maionese de legumes, e como sobremesa a Gelatina Mosaico... Então, em homenagem ao Natal Vintage da minha amiga, aqui está a minha gelatina mosaico que, aliás, é uma ótima opção para o nosso Natal 40ºC, você não acha?

Ingredientes

5 caixinhas de gelatina em pó de cores diferentes (roxo, vermelho, amarelo, azul e verde)
1 envelope de gelatina branca em pó sem sabor
1 lata de leite condensado
1 lata de creme de leite (sem soro)

Modo de preparo:

Prepare cada gelatina separadamente, diluindo cada uma delas em 200 ml de água fervente somente, e 200 ml de  água gelada. Coloque em vasilhas rasas e leve à geladeira. Junte 5 colheres (sopa) de água fria a gelatina sem sabor e leva ao fogo em banho-maria até dissolver, não deixe ferver. Bata no liquidificador, o leite condensado, o creme de leite e a gelatina sem sabor diluída até obter uma mistura bem homogênea. Corte as gelatinas de sabores em cubos. Coloque os cubos das gelatinas numa tigela grande e despeje sobre eles a mistura de leite condensado. Misture levemente, coloque numa forma grande com buraco no meio, (ou em taças individuais) untada levemente com óleo sem sabor e leve à geladeira até ficar bem firme. Desenforme a gelatina depois de firme


Faz Bem Saber: - A gelatina é uma sobremesa leve e de fácil digestão. Nessa versão colorida, fica ainda mais divertido e fácil agradar a criançada!

DICA: Se preferir utilize outros sabores de gelatina. O importante é que fique colorido.

sexta-feira, 8 de novembro de 2013

Molho de Pimenta Saboroso

Receita com história e afeto é sempre mais saborosa. Este é um molho de pimenta super simples, mas muito gostoso.









Ingredientes:

10 pimentas chifre-de-veado (ou dedo-de-moça) 
10 dentes de alho pequenos
10 folhas de louro pequenas
1 litro de vinagre de vinho tinto
1 latinha de extrato de tomate
2 colheres (sopa) de óleo
1 colher (chá) de sal

Bata tudo no liquidificador e conserve em vidros esterilizados com tampa, na geladeira.

Fonte : receita da avó de Ana Paula Ruy Cárdia para o Panelinha/Rita Lobo


Bolo de Frutas de Festa

Peguei a receita da revista Woman & Home Christmas Food. O bolo estava na capa e era lindo! Queria muito fazê-lo, e o aniversário de uma amiga, foi a desculpa ideal – todo mundo comeu e repetiu o bolo e assim espalhei as calorias. :)
Decidi usar um recheio diferente do que estava na receita e fiz uma baba de moça e uma pasta de ameixas. Um casamento perfeito!




 Ingredientes:

Massa:

6 ovos
200 g de açúcar refinado peneirado
280 g de farinha de trigo peneirada
20 g de amido de milho
1 colher (sopa) de fermento em pó
200 ml de leite
100 g de manteiga ou margarina
1 colher (chá) de baunilha
1 pitada de sal

Recheios:

Baba de Moça:

1 xícara de água
2 xícaras (chá) de açúcar
1 colher (chá) de essência de baunilha
10 gemas peneiradas
200 ml de leite de coco

Pasta de ameixas:

250 g de de ameixas secas
250 ml de água
90 g de açúcar

Calda para molhar o bolo:

250 ml de água
90 g de açúcar
3 cravos

Cobertura e Decoração:

Sugestão de frutas:

1 lata de pêssego em calda
1 lata de abacaxi em calda
1 caixa de morangos (higienizados)
100g de ameixas secas
100g de cerejas ao marrasquino
150g de fios de ovos
1 pacote de coco queimado em flocos ou castanha de caju triturada  (para decorar a lateral do bolo)

Geléia de brilho para pincelar as frutas:

250 ml de água filtrada
50 g de açúcar refinado
50g de amido de milho
suco de 1/2 limão

Merengue:

1 xícara de claras
1 xícara de açúcar
gotas de baunilha, a gosto
 
Modo de preparo:

Massa:

Bata os ovos na batedeira até dobrar de volume. Acrescente aos poucos o açúcar e deixe bater até que fique uma espuma bem brilhosa.
Desligue a batedeira e acrescente aos poucos a farinha de trigo peneirada junto com o fermento incorporando delicadamente com auxílio de um fuê.
Coloque o leite com a margarina e a baunilha em uma leiteira e deixe ferver.
Acrescente o leite na massa mexendo delicadamente para incorporar.
Coloque em uma forma untada de 33cm de diâmetro e leve para assar em forno pré-aquecido a 200ºC.
O bolo estará pronto quando você enfiar um palito (palito de churrasco) no centro do bolo e ele sair seco.
Deixe esfriar completamente para utilizar.

Recheios:

Baba de moça:

Numa panela em fogo médio, coloque água e açúcar.
Deixe ferver até formar uma calda em ponto de fio.
Desligue o fogo e deixe esfriar.
Depois de frio, acrescente essência de baunilha, as gemas e leite de coco.
Leve ao fogo para cozinhar.
Se a baba de moça talhar, deixe esfriar até ficar morna e bata no liquidificador.

Pasta de ameixas:

Em uma panela leve as ameixas com a água para cozinhar.
Quando estiverem macias, deixe esfriar e retire os caroços.
Leve ao liquidificador para virar uma pasta.
Acrescente açúcar e leve ao fogo para ferver e dar o ponto final do doce.

Calda para molhar o bolo:

Leve ao fogo até ferver.
Deixe esfriar para aplicar no bolo.

Geléia de brilho para pincelar as frutas:

Bata tudo no liquidificador e leve ao fogo até ferver.
Se quiser, pode colocar essência de baunilha, de coco ou abacaxi.

Merengue:

Coloque as claras e o açúcar em uma panela e leve ao fogo para esquentar mexendo rapidamente.
Esquente bem, mas não deixe as claras cozinharem.
Bata na batedeira junto com gotas de baunilha até que fique na consistência para trabalhar com saco de confeitar.
Use o saco de confeitar ou aplique no bolo e faça movimentos de cima para baixo com a parte contrária de uma colher de chá.
Você pode substituir o merengue por chantilly.

Montagem do bolo:

Com uma faca grande, corte o bolo em 3 partes.
Pegue uma parte da massa e coloque em um prato de bolo.
Regue com um pouco da calda. Não regue muito para o bolo não ficar encharcado.
C
oloque o recheio de ameixa.
Coloque outra parte de massa e aplique uma camada generosa de baba de moça.
Repare que não reguei calda nesta camada, pois a baba de moça costuma molhar bem.
Termine com a última camada de massa. Regue um pouco, embale com um plástico e leve à geladeira por no mínimo 4 horas.
Prepare o merengue, aplique no bolo, arrume as frutas usando sua criatividade.
Pincele geléia de brilho nas frutas e de preferência mantenha o bolo em refrigeração.






Bolinho de Abobrinha

Uma sugestão para servir como aperitivo ou acompanhamento numa refeição. Esses bolinhos são conhecidos por keftedes: quando comecei a fritá-los um cheiro maravilhoso tomou conta da cozinha, mais ou menos quando alguém está fazendo queijo-quente e um pouquinho de queijo escapa do pão e toca a superfície fervente da frigideira. Não deixe de experimentar!











Ingredientes:

450g de abobrinha, sem o talinho e ralada no ralador grosso
2 colheres (sopa) de cebola ralada
100g de queijo feta esfarelado
¾ xícara de parmesão ralado fininho (rale, depois meça)
3 colheres (sopa) de salsinha picadinha
2 colheres (sopa) de orégano fresco picado
2 ovos, levemente batidos com um garfo
6-8 colheres (sopa) de farinha de rosca
sal e pimenta do reino moída na hora
2 ovos ligeiramente batidos com uma pitada de sal e farinha de rosca para envolver os bolinhos
óleo de milho, canola ou girassol para fritar

Modo de preparo:

Branqueie a abobrinha em água fervente por 2 minutos. Escorra, transfira para um pano de prato limpo e seco e esprema para retirar todo o líquido (eu esperei a abobrinha esfriar porque não tinha como manusear um pano tão quente!). :D
Em uma panelinha, aqueça o azeite, junte a cebola com uma pitada de sal e refogue até ficar transparente e macia. Transfira para uma tigela grande e deixe esfriar. Acrescente a abobrinha, o feta, o parmesão, a salsinha, o orégano, os ovos e metade da farinha de rosca. Tempere com sal e pimenta e misture. Se a mistura estiver úmida demais, acrescente, aos poucos, mais farinha de rosca. Cubra e leve à geladeira por 1 hora.
Cheque o tempero da mistura antes de moldá-la. Faça bolinhas de 2,5cm com a massa e passe-as pelos ovos batidos com sal e depois na farinha de rosca.
Aqueça o óleo em uma panela média e frite os bolinhos em porções até que dourem. Escorra sobre papel toalha e sirva imediatamente.

Carne de Panela com Cerveja

Essa carne de panela de tão gostosa, é um prato sempre presente na minha cozinha, principalmente nos dias mais frios. Trata-se de uma receita super simples, que agrada todo mundo, e faz o maior sucesso numa reunião de amigos acompanhando a cerveja gelada ou um bom vinho se for o caso, ou na mesa da família combinando muito bem com um arroz branquinho e uma salada legal.




Ingredientes:

100 ml de óleo ou azeite
1 cebola picada em cubinho
2 dentes de alho amassados
1 kg e meio de carne da sua preferência(*)
4 colheres (sopa) de molho shoyo
1 lata de cerveja clara ou escura
1 caixinha de molho de tomate
1 pacote de sopa de cebola dissolvido em 200 ml de água fria
5 batatas cozidas e cortadas ao meio
1/2 xícara de cogumelos em conserva

Modo de preparo:

Numa panela de pressão em fogo médio coloque o azeite e doure a cebola e o alho. Acrescente a carne e doure. Junte o molho shoyo, a cerveja, o molho de tomate e a sopa de cebola, tampe a panela e deixe cozinhar de 30 a 40 minutos, observando sempre e acrescentando água quando e se necessário. Abra a panela, coloque as batatas cozidas e os cogumelos e deixe cozinhar mais 5 minutos.


(*) Eu costumo usar maçã de peito, uma carne de 2ª, mas bem saborosa, própria para cozidos ou ensopados. Fique à vontade pra usar a carne que você mais gostar, como: alcatra, maminha, fraldinha, acém...vai ficar bom de todo jeito!