segunda-feira, 30 de setembro de 2013

Banana Cake

Para fechar o mês de setembro mais doce, mais um bolo de banana do meu acervo. O nome é sofisticado. Mas não se engane, este bolo é daqueles básicos que ficam perfeitos com o café da tarde.







Ingredientes:

4 bananas
4 ovos
1/2 xícara (chá) de uvas passas
1/2 xícara (chá) de nozes picadinhas
1 xícara de óleo
3 xícaras (chá) de farinha de rosca
2 xícaras (chá) de açúcar
1/2 colher (chá) de canela em pó
1 colher (sopa) de fermento em pó

No liquidificador bata as bananas, os ovos e o óleo até formar uma mistura homogênea. Em uma vasilha, misture a farinha de rosca com o açúcar, a canela, as uvas passas e o fermento em pó. Em seguida, acrescente a mistura do liquidificador a esses ingredientes secos e mexa com o auxílio de uma colher até obter uma massa lisinha. Por último, adicione as nozes picadinhas. Unte e enfarinhe uma fôrma, despeje a massa sobre ela e leve-a ao forno pré-aquecido a 180°C por aproximadamente 40-45 minutos. Desenforme o bolo depois que ele estiver totalmente frio. Polvilhe açúcar de confeiteiro com canela ou espalhe fondant.










domingo, 29 de setembro de 2013

Bolo Inglês de Nozes

Cafezinho da tarde pede uma fatia de bolo. Um bolo simples para uma tarde simples. Um bolinho sem pretensão que acabou sendo a companhia ideal, e muito mais que ideal para um cafezinho numa tarde chuvosa de primavera como a que temos hoje. Vem comigo, sente-se aqui que eu vou te contar como se faz:






Ingredientes:

1 xícara de açúcar
1/2 xícara de leite integral
1/3 de xícara de manteiga amolecida
1e1/2 xícara de farinha de trigo
2 colheres (chá) de fermento em pó
2 ovos
100 g de nozes trituradas grosseiramente
1 pitada de sal
Manteiga para untar
Farinha de trigo para polvilhar

Modo de preparo:

Na tigela da batedeira junte o açúcar e a manteiga e bata até ficar homogêneo. Adicione as gemas e o leite. Bata mais um pouco. Acrescente em seguida, as nozes, a pitada de sal e por último alternadamente e sem bater, a farinha de trigo, as claras batidas em neve e o fermento em pó. Despeje numa forma para bolo inglês, untada e enfarinhada e leve para assar em forno pré-aquecido a 200ºC por aproximadamente 40 minutos, ou até que passe no teste do palito. Espere amornar e polvilhe açúcar de confeiteiro ou refinado.



sábado, 28 de setembro de 2013

Coxa e Sobrecoxa de Frango ao Molho de Laranja e Cenoura

Um frango crocante ao molho de laranja e cenoura, que depois de assado no forno, adquire uma textura macia, suculenta e uma cor super douradinha, linda de se ver! Essa receita é super prática, feita com ingredientes que todos nós temos em casa e que realmente vale muitíssimo a pena experimentar.








Ingredientes:

1 kg de coxa e sobrecoxa
Suco de 1 limão para lavar as coxas/sobrecoxas
1/4 de xícara de vinagre de vinho tinto
Suco de 4 laranjas
2 cenouras médias
1 cebola grande
3 dentes de alhos
1/2 maço de cheiro-verde
1 colher (sopa) de mostarda
1 cubinho de caldo de frango
Pimenta vermelha a gosto
pimenta do reino a gosto
manjericão a gosto
Sal gosto

Modo de preparo:

Lave bem as coxas e as sobrecoxas do frango e cubra com água e o suco de limão. Deixe uns quinze minutos nessa água. Descarte-a e em seguida, coloque os restantes dos ingredientes no multiprocessador e bata. Despeje a mistura do multiprocessador sobre o frango e deixe marinando dentro da geladeira durante 2 horas, coberto com filme-plástico. Passado esse tempo, leve ao forno pré-aquecido a 200º C, em uma assadeira coberta com papel alumínio, por aproximadamente 1h20m, retire o papel alumínio e deixe no forno por mais 1/2 hora ou até que esteja bem douradinho. Retire do forno e sirva com arroz e uma salada.

sexta-feira, 27 de setembro de 2013

Brigadeiros de Creme Brulée

Pense num brigadeiro branco, com uma deliciosa "casquinha" de açúcar por cima, 
e um creme brulée já prontinho pra comer de uma única vez!












Ingredientes:

1 lata deleite condensado
200 ml de creme de leite fresco (ou 1 caixinha de creme de leite)
2 gemas
1 colher(sopa) de manteiga
1 colher (chá) de essência de baunilha
Acúçar cristal
Maçarico culinário
forminhas de brigadeiro

Modo de preparo:
Em uma panela, adicione o leite condensado, o creme de leite, as gemas, a manteiga, o extrato de baunilha e mexa tudo. Leve a panela ao fogo médio, mexendo sempre até que fique na consistência de brigadeiro. Enquanto a panela estiver no fogo não deixe de mexer o brigadeiro, porque como o creme de leite vai junto, se caso você deixe de mexer, o brigadeiro começa a subir e pode derramar, ok? Por conta disso, ele demora um pouco mais no fogo, mas ele chegará à consistência certa ao desprender do fundo da panela e a coloração do brigadeiro assume uma cor de doce de leite. Quando chegar ao ponto certo, coloque o brigadeiro em um prato untado com manteiga e deixe-o esfriar. Faça bolinhas e envolva-as com o açúcar cristal. Em seguida, passe o maçarico culinário na superfície de cada brigadeiro para que o açúcar derreta e forme uma crostinha dourada por cima do docinho. Se você quiser, uma casquinha mais grossa, passe o brigadeiro novamente pelo o açúcar cristal e use novamente o maçarico. Depois é só colocá-los dentro das forminhas e estão prontos.



sábado, 21 de setembro de 2013

Sanduíche de Carne Desfiada com Mostarda

Essa carne assada além de ficar deliciosa no recheio deste sanduíche, é perfeita para acompanhar a macarronada ou um simples arroz branco. Fácil demais de fazer, porque é na panela de pressão (um dos utensílios que mais amo na cozinha). Fica bem macia e suculenta. É feita com coxão mole, mas pode ser maminha ou fraldinha.



Ingredientes:

Carne:

1 kg de coxão mole
1 cebola
3 dentes de alho
1 cenoura
1 talo de salsão sem as folhas
1 talo de alho-poró sem as folhas
1 lata de tomates pelados
1 folha de louro
1/3 de xícara (chá) de azeite
3 xícaras (chá) de água
sal e pimenta-do-reino moída na hora a gosto

Montagem dos sanduíches:

6 pães ciabata 
6 colheres (sopa) de mostarda de Dijon
12 pepinos em conserva
Folhas de rúcula

Modo de preparo:

Carne:

Prepare os legumes: lave e seque a cenoura, o talo de salsão e o talo de alho-poró. Numa tábua, descasque e pique fino a cebola, os dentes de alho e a cenoura. Corte o alho-poró em rodelas e o salsão em fatias fininhas. Leve uma panela de pressão ao fogo médio e regue com o azeite. Quando aquecer, coloque a peça de carne para dourar de todos os lados. Truque: depois de pôr a carne, só vire a peça de lado quando ela desgrudar do fundo da panela. Não force. Depois de soltar, vire-a com um pegador e siga dourando até que ela esteja selada de todos os lados. Tempere com sal e pimenta-do-reino moída na hora. Transfira a carne para um prato e cubra com papel-alumínio.Leve uma chaleira com 1 litro de água ao fogo alto. Quando ferver, desligue. Sem lavar a panela de pressão, junte a cebola picada e mexa bem por 3 minutos, até dourar. Adicione o alho e refogue até perfumar, um minutinho. Junte o salsão e a cenoura e refogue por mais 3 minutos. Junte o alho-poró e refogue por cerca de 3 minutos, até murchar. Por último, junte o tomate pelado, tempere com sal e pimenta-do-reino e misture bem. Adicione a água aquecida (não precisa estar fervendo), a folha de louro e volte a carne à panela. Tampe e, quando pegar pressão e começar a apitar, deixe cozinhar por 50 minutos, ainda em fogo médio. Desligue o fogo e deixe a pressão sair completamente. Abra a panela, retire a carne e passe-a para uma tigela. Deixe esfriar por 10 minutos, apenas para amornar. Com as mãos ou usando um garfo e uma faca, desfie toda a carne, tomando cuidado para não se queimar. Volte a carne desfiada à panela e misture ao molho do cozimento. Prove o tempero e, se necessário, tempere com mais sal e pimenta-do-reino.

Montagem dos sanduíches

Numa tábua, corte os pães em metades, na horizontal. Reserve. Corte os pepinos em conserva em fatias finas no sentido do comprimento. Monte cada sanduíche da seguinte forma: passe a mostarda de Dijon nas fatias de cada pão. Disponha uma camada generosa da carne de panela desfiada em apenas uma fatia. Coloque um pouco do pepino por cima e folhas de rúcula a gosto. Cubra com a outra fatia de pão. Sirva a seguir.

Bife Rolê

Este prato não pode faltar no dia-a-dia. Não é uma receita que fica pronta num piscar de olhos, o preparo, porém, é muito simples. Para ficar ainda mais saudável, sirva com arroz integral ou purê de batata, de mandioquinha ou até de couve-flor. E o melhor de tudo é que tem sabor de infância.






Ingredientes:

Bife:

1 kg de coxão duro cortado em bifes bem fininhos (peça ao seu açougueiro passar no amaciador de carnes)
1 cenoura
2 cebolas grandes cortadas em pétalas 
3 colheres (sopa) de óleo de canola
1 xícara de bacon em fatias 
1 colher (chá) de pimenta-síria em pó
1 cebola picada
3 dentes de alho picados
1 l de caldo de carne (se for usar cubo, dissolva apenas 1)
2 colheres (sopa) de amido de milho 
1 xícara de salsinha picada
1 xícara de cebolinha cortada
palitos de dente para fechar os bifes

Molho de tomate:

6 tomates médios
1/4 xícara de azeite 
1 cebola picada
1 talo de salsão
3 dente de alho picado
2 colheres (sopa) de extrato de tomate 
sal e pimenta-do-reino a gosto

Finalização:

1/2 xícara de salsinha bem picada

Modo de preparo:

Bife:
Descasque a cenoura. Sob água corrente, lave a cenoura. e o salsão. Numa tábua, corte a cenoura em palitos finos de 6 cm de comprimento. Tempere os bifes e os legumes do recheio com um pouquinho de sal. No bife aberto, coloque numa extremidade: 1 fatia de bacon, 1 palito da cenoura, pétalas de cebola e salsinha e cebolinha, a gosto. Enrole com mais 1 fatia de bacon e prenda a outra extremidade com 2 palitinhos de dente. Repita o procedimento com o restante dos bifes e dos legumes. Leve uma panela de pressão com o óleo ao fogo alto. Quando esquentar, os bifes enroladinhos e a pimenta-síria. Deixe dourar por 5 minutos, mexendo com cuidado para que a carne não desenrole. Junte a cebola e o alho e refogue por mais 5 minutos. Adicione o caldo de carne (fervente). Tampe a panela e deixe cozinhar na pressão por 30 minutos. Desligue o fogo e deixe a panela esfriar. Quando sair toda a pressão, abra a panela e retire uma concha do caldo da carne. Numa tigelinha, misture o caldo com o amido de milho até dissolvê-lo. Volte o caldo com o amido de milho à panela, junte o molho de tomate e misture bem. Leve ao fogo médio até ferver.

Molho de tomate:

Leve uma panela com água ao fogo alto para ferver. Prepare uma tigela com água e cubos de gelo. Com uma faca, corte um X na base de cada tomate. Coloque os tomates na panela com água fervente e deixe por 10 segundos. Transfira os tomates para a tigela com o gelo. A partir do X, retire a pele como se fossem quatro folhas. O choque térmico faz com que a pele se desprenda facilmente. Corte os tomates ao meio no sentido horizontal. Descarte as sementes e pique grosso os tomates. Numa panela média, coloque o azeite e leve ao fogo baixo. Quando aquecer, junte a cebola picada e deixe murchar por 2 minutos. Junte o alho picado, mexa bem e deixe por mais 1 minuto. Junte os tomate picados e todos os ingredientes restantes. Deixe cozinhar por cerca de 40 minutos. Retire do fogo.

Polvilhe a salsinha na hora de servir.


Pudim de Leite em Pó com Coco Queimado

A combinação de ingredientes bem brasileiros cria uma sobremesa cheia de personalidade para você servir em um almoço em família. O crocante de coco, além de fazer um contraste incrível no paladar, deixa o visual do pudim elegantíssimo. Não deu água na boca?






Ingredientes:

Calda:

1 xícara de açúcar refinado
1/3 xícara de água

Pudim:

5 ovos
1 ½ copo de água
300 ml de leite de coco
3 copos de leite em pó
2 copos de açúcar

Montagem:

100 g de coco queimado seco em flocos

Modo de preparo:

Calda:

Numa panela, leve o açúcar ao fogo baixo, até derreter e formar um caramelo. Aos poucos, junte a água e deixe ferver até que a calda fique uniforme. Transfira para uma fôrma de pudim média e, com cuidado para não se queimar, segure com um pano de prato e gire para cobrir o fundo e as laterais. Se precisar, use a colher de pau para espalhar. Reserve.

Leve ao fogo médio uma panelinha com água, que será usada para o banho-maria.

Pudim:

Bata todos os ingredientes no liquidificador e transfira para a fôrma preparada com o caramelo. Cubra com papel alumínio e leve ao forno em banho-maria com água fervente por aproximadamente 1 hora e meia. Retire, deixe esfriar e leve a geladeira por 3 horas.

Montagem:

Passe a fôrma pela chama do fogão para amolecer a calda da fôrma e soltar o pudim.  Vire o pudim num prato de bolo e polvilhe com o coco queimado. Sirva a seguir.

Nota: Se você não encontrar o coco queimado em pacotinho, é só utilizar o coco em flocos comum, tostado na frigideira anti-aderente.



sexta-feira, 20 de setembro de 2013

Filé à Parmegiana

Ao contrário do que o nome remete, o filé à parmegiana não é encontrado em Parma e nem mesmo em outra região italiana. Tem sim uma inspiração em um prato típico da Itália, que é a melanzane alla parmigiana, que leva berinjela empanada e frita, molho e queijo gratinado, assim como o filé, que faz tanto sucesso aqui no Brasil (principalmente aqui em casa) J

Ingredientes:

6 bifes de filé mignon, ou contra filé ou baby beef (alcatra) com 200g cada;
Molho de tomate (veja receita);
400g de queijo muçarela;
100g de queijo parmesão;
farinha de rosca o quanto baste;
farinha de trigo o quanto baste;
2 ovos batidos com um pouco de água e 1 pitada de sal
e óleo de milho, ou canola ou girassol,  para fritar (em imersão).

Molho de tomate:

2 quilos de tomate Débora ou Italiano maduros;
1 talo de salsão;
1 cenoura sem casca;
1 cebola;
manjericão e manjerona (1 ramo de cada);
1 colher de sopa de manteiga;
Orégano, a gosto;
1 pitada de açúcar ou bicarbonato de sódio e
sal o quanto baste.

Modo de preparo:

Molho de tomate:

Corte os tomates (afervente-os e retire as cascas), o salsão, a cebola e a cenoura em cubos. Leve para uma panela, com as ervas e um pouco de água. Deixe cozinhar em fogo baixo até que tudo esteja desmanchando. Vá colocando mais água, se necessário. Bata no liquidificador, coe e leve ao fogo bem baixo por mais cerca de 15 minutos. Coloque a manteiga, o orégano, a pitada de açúcar (ou bicarbonato de sódio) e acerte o sal.

Filé:

Com a carne já limpa, corte o filé mignon em bifes grossos, com 200 g em média, cada.
Com um martelinho culinário, delicadamente, entre um saquinho plástico, abra a carne até ela ficar fina e grande (cuidado para não furar a carne!). Tempere com sal. Numa panela larga, coloque o óleo abundante e leve ao fogo para esquentar. Num prato raso, coloque a farinha de trigo. Em outro prato raso, coloque a farinha de rosca. Para obter melhores resultados, separe quantidades generosas das farinhas de trigo e de rosca. Num prato fundo, quebre os ovos e bata bem com um garfo, misture a água e o sal. Pegue um bife e passe na farinha de trigo. Ele deve ficar todo coberto de farinha, retire o excesso sacudindo delicadamente. Retire o bife do prato com farinha e mergulhe no prato com o ovo batido. Passe os dois lados no ovo, para que fique bem envolvido. Escorra o excesso. Depois que todo o excesso de ovo escorrer passe o bife para o prato de farinha de rosca e cubra todo o bife com ela. Aperte bem para a camada de farinha de rosca ficar grossa e dê tapinhas de leve para retirar o excesso. Nesta etapa, o óleo já deve ter esquentado (diminua a chama do fogo para média). Coloque dois bifes por vez na panela com óleo. Deixe fritar por 2 minutos, vire de lado, e frite por mais 2 minutos. O bife deve ficar dourado. Retire da panela e escorra sobre papel-toalha e reserve. Em uma travessa refratária, coloque um pouco do molho no fundo e coloque os filés. Cubra com o queijo parmesão, mais molho. Finalize com o queijo muçarela. Leve ao forno pré-aquecido a 250ºC para gratinar. Sirva quente com arroz e batata.

quinta-feira, 19 de setembro de 2013

Bolo de Chocolate com Casquinha Crocante

Queria fazer um bolo de chocolate que não precisasse de mais nada além da massa. Simples, mas de derreter o coração de todo mundo: úmido por dentro e com uma casquinha crocante por fora... este, vou te dizer...remete ao brownie e, igualmente, fica incrível servido com uma bola de sorvete de creme.





Ingredientes:

180 g (3/4 de xícara) de manteiga ou margarina
1 xícara de chocolate em pó
140 g (1 xícara) de farinha de trigo
360 g (2 xícaras) de açúcar
4 ovos inteiros
2 colher (chá) de fermento 
1 colher (chá) de baunilha

Modo de preparo:

Derreta a manteiga no micro-ondas. Coloque na tigela e adicione os ovos e bata bem. Adicione o restante dos ingredientes, deixando por último o fermento, bata bem antes de colocá-lo. A massa fica bem pesada mesmo. 
Coloque em forma untada e enfarinhada (uma dica é polvilhar a forma que vai usar com o chocolate em pó para dar mais um gostinho). Forno pré-aquecido a 200ºC aproximadamente 30 minutos.

Obs: não use uma forma muito grande, para que o bolo não fique muito baixinho, porém não muito pequena pois ele cresce bastante.(Depois de frio ele tende a abaixar e encolher um pouco).
O melhor é comer ele morninho ainda, frio também fica bom, mas morno... fica delicioso!!!
E não pode comer muito quente porque senão a casquinha não fica crocante.
Você já percebeu que este bolinho de chocolate é tudo de bom nesse mundo, não é?
Então pode ir correndo fazer, tenho certeza que você já tem todos os ingredientes na sua despensa...vai lá ver!

Bolo de Cenoura com Cobertura de Chocolate Durinha

Você pode estar se perguntando: bolo de cenoura? 
Que receita mais comum pra alguém publicar em um blog de gastronomia! Eu sei, eu também acho, mas me diz aqui: bem baixinho pra ninguém escutar...esse bolinho não te faz lembrar de coisas boas? Se ele não é o seu preferido hoje, tenho certeza que um dia, e por um longo período da sua vida ele foi! Então; o bolinho de cenoura com calda está aqui hoje só pra te lembrar que a vida foi, e continua sendo deliciosa!



Ingredientes:

Massa:

1 e 1/2 xícara (chá) de açúcar
2 xícaras (chá) de farinha 
3/4 xícara (chá) de óleo de milho
1 colher (chá) de canela em pó (opcional)
Raspas de 1/2 laranja
4 ovos
3 cenouras médias
1 colher e meia (sopa) de fermento em pó

Cobertura:

3 colheres (sopa) de cacau em pó
8 colheres (sopa) de açúcar
4 colheres (sopa) de leite integral
2 colheres (sopa) de manteiga ou margarina

Modo de preparo:

Massa:

Coloque em uma tigela a farinha e o fermento em pó. Misture bem. No liquidificador coloque o óleo, as cenouras, o açúcar e os ovos. Bata bem.
Misture o conteúdo da jarra do liquidificador junto aos ingredientes da tigela, misture bem. No final acrescente a canela em pó e as raspas de laranja.
Coloque assar em forno pré-aquecido a 200ºC, de 30 a 40 min.

Cobertura:

Numa panelinha, coloque o cacau e junte o leite, aos poucos, mexendo bem com uma espátula para dissolver o pó. Junte todos os ingredientes e leve ao fogo baixo. Misture delicadamente para não açucarar a calda. Quando começar a ferver, deixe cozinhar por 4 minutos e desligue. Regue sobre o bolo ainda morno.

Tabela de Medidas


Quem nunca ficou em dúvida ou até deixou de fazer alguma receita por não ter como medir corretamente os ingredientes? Eu mesma já recorri várias vezes às tabelas de conversão de medidas culinárias, e sempre tive bons resultados. Então compartilho essa tabela que eu achei bem completinha:

quarta-feira, 18 de setembro de 2013

Molho Branco (Bechamel)

Clássico da culinária francesa, o molho bechamel nada mais é do que um molho branco feito com leite e engrossado com farinha e manteiga. O segredo para ele ficar delicioso é temperar com noz-moscada. E se empelotar: liquidificador nele!








Ingredientes:

1 litro de leite integral
3 colheres (sopa) de farinha de trigo 
3 colheres (sopa) de manteiga 
1 pitada de noz-moscada
sal e pimenta-do-reino moída na hora a gosto
1/2 cebola 1 folha de louro 1 cravo-da-índia


Modo de Preparo
Na 1/2 cebola, espete a folha de louro com o cravo-da-índia. Reserve. Numa panela grande, derreta a manteiga. Junte a farinha e mexa vigorosamente com a colher de pau, por cerca de 2 minutos. Essa misturinha é chamada de roux e serve para engrossar molhos em geral. Coloque o creme de leite e o leite integral de uma vez e, com a ajuda de um batedor de arame, misture bem, até levantar fervura. Acrescente a 1/2 cebola reservada. Abaixe o fogo e deixe cozinhar por cerca de 10 minutos, mexendo de vez em quando. No fim, tempere generosamente com noz-moscada, sal e pimenta-do-reino moída na hora. Retire e descarte a cebola.

Truque: se o molho empelotar, bata no liquidificador e volte à panela.

Pão Doce de Milho

De fácil execução e com poucos ingredientes você faz um pãozinho simples, mas muito macio e de sabor delicioso. Ideal para comer com geleia (como eu prefiro) ou com manteiga, na hora que tirar do forno. É pra fazer a festa!









Ingredientes:

4 ovos
1 lata de leite condensado
1 lata de milho verde escorrido
1 xícara de leite morno
2 colheres (sopa) de leite em pó
4 colheres (sopa) de manteiga ou margarina
1 colher de sopa rasa
60g de fermento fresco para pão
cerca de 1 kg de farinha de trigo
1 gema de ovo para pincelar
fubá mimoso para polvilhar

Numa tigela, dissolva o fermento no leite e acrescente ½ xícara de farinha de trigo. Misture bem com fouet e deixe descansar por 15 minutos.
Coloque no liquidificador os ovos, leite condensado, milho verde, leite em pó e bata bem por alguns minutos.
Numa bacia grande, despeje essa mistura do liquidificador, a esponja de fermento, o sal, margarina e a farinha de trigo aos poucos até dar ponto de sovar.
Sove bem a massa até que fique lisa e elástica. A minha massa ainda ficou levemente pegajosa.
Com as mãos levemente untadas com óleo, modele a massa numa bola e deite numa vasilha grande levemente untada com óleo também. Cubra com filme plástico e deixe descansar até dobrar de volume (cerca de 50 minutos).
Dê alguns socos na superfície da massa para tirar o gás acumulado e vire na mesa. Divida a massa nas porções desejadas (eu fiz bolinhas de 60g cada) e modele em bolinhas. 
Cubra com pano de prato molhado e bem torcido e deixe descansar por 15 minutos.
Pegue a primeira bolinha, amasse e modele em bolinha novamente. Coloque-a numa assadeira untada e enfarinhada. Repita com todas as bolinhas. 
Caso faça pão de forma, divida a massa fermentada em 4 porções, modele em bolas e deixe descansar 15 minutos. Depois abra cada bola num retângulo de 1 dedo de espessura e enrole como rocambole. Feche bem as pontas e deite numa forma para pão untada e enfarinhada.
Cubra com o pano úmido e deixe descansar até dobrar de volume novamente (cerca de 1 hora).
Pincele com gema e polvilhe com fubá e leve para assar em forno pré-aquecido a 180˚C até que fiquem dourados (30 a 50 minutos dependendo do formato dos pães).
Logo que tirar os pães do forno, desenforme e deixe esfriar sobre uma grade. Depois de frios, embale em sacos plásticos para não ressecar.

Kringel (pão doce da Estônia)

Um pão diferente e saboroso pra você fazer no seu fim de semana, aproveite, fazer pão é relaxante e dá um imenso prazer!










Ingredientes:

Massa:

300 g de farinha de trigo
120 ml de leite morno
100 g de açúcar refinado
1 ovo
30 g de manteiga derretida
15 g de fermento biológico fresco
Sal 

Recheio:

30 g manteiga derretida
30 g de açúcar mascavado
50 g de passas de uva
Canela 
Açúcar em pó para polvilhar, ou chocolate derretido

Modo de preparo:

Coloque num recipiente a farinha de trigo, abra uma covinha no meio, aí dissolva o fermento com o leite morno (tem de estar mesmo morno para não quebrar o efeito do fermento), misture a farinha, o açúcar, o ovo e o sal. Amasse até a massa ficar lisa e elástica, soltando-se das paredes do recipiente. Cubra com um plástico-filme até dobrar de volume. Estenda a massa sobre a bancada enfarinhada, em forma de retângulo. Espalhe a manteiga derretida, o açúcar mascavado com canela e as passas de uva.
Enrole, corte ao meio, entrelace, una as pontas e coloque num tabuleiro forrado com papel vegetal. Deixe novamente levedar durante 1 hora. Verifique na foto como fazer para obter uma massa em camadas. Leve ao forno por 25 minutos a 180ºC. Deixe amornar e polvilhe com o açúcar em pó, ou com o chocolate derretido.Este pão é uma verdadeira tentação.



Além da receita, uma explicação de como torcer o Kringel:




Pavê de Morango

Coisa mais fácil do mundo, sem nenhum segredo, qualquer pessoa consegue fazer...e vai agradar, com certeza...até aqueles que acham que pavê é sobremesa "brega" vão se render...ah, claro que vão!  Sabe fazer não?
Anota então, e se por acaso não tiver morangos em casa, use pêssego em calda, abacaxi, banana, brigadeiro, nozes...as possibilidades são infinitas!




Ingredientes:

Creme:

1 lata de leite condensado
300 ml de leite integral
3 gemas peneiradas
1 colher (sobremesa) de amido de milho)

Biscoitos tipo Champagne ou Maizena
Leite integral, suco de frutas ou calda rala de açúcar e água para “molhar” os biscoitos

Cobertura:

3 claras
9 colheres (sopa) de açúcar refinado
1 caixinha de creme de leite

Modo de preparo:

Levar ao fogo baixo, mexendo sempre até engrossar. Deixar esfriar antes de empregar.
Comece montando o seu pavê com uma camada do creme. O próximo passo são os biscoitos, que farão a próxima camada. "Molhar" seus biscoitos no leite, ou no refrigerante da sua preferência, suco de frutas que você gostar, ou ainda numa calda rala de açúcar e água. Mais uma camada do creme e os morangos ou a fruta que você escolheu. Vá intercalando dessa forma, creme, biscoitos e morangos até que o refratário esteja quase que preenchido. Por fim, cubra com um suspiro feito com as claras em neve firme, o açúcar, tudo bem batido como suspiro firme, depois acrescente o creme de leite e misture delicadamente. Enfeite com os morangos restantes e leve à geladeira por algumas horas antes de servir. 

segunda-feira, 16 de setembro de 2013

Calda de Morango

Sim, ainda temos morangos...Temo que sejam os últimos da temporada, pois o homem está querendo dominar a agricultura, mas acho que ainda temos que respeitar o tempo certo das coisas vivas... Afinal, há o tempo certo de plantar, e o tempo de colher...Não me venham os agrônomos dizer que podemos ter morangos o ano inteiro...não, os morangos tem seu tempo... E como eles ainda estão lindos e saborosos, resolvi preparar essa calda, que é quase uma geleia, e é uma ótima opção para cobrir e rechear bolos.

Ingredientes:

4 xícaras de morangos limpos e cortados
¾ de xícara de açúcar refinado
½ xícara de água
1 colher (sopa) de suco de limão

Modo de preparo:

Em uma panela de fundo grosso, leve a água e o açúcar ao fogo médio, mexendo bem até dissolver.Acrescente metade dos morangos limpos e cortados grosseiramente e aperte os com um amassador de batata ou com um garfo. Abaixe o fogo e aguarde ferver. Marque cerca de 7 minutos, mexendo de vez em quando. Junte o restante do morango e o suco de limão e deixe ferver por mais 15-25 minutos, ou até chegar à consistência desejada. Retire a espuma que se formará na superfície, desligue o fogo e transfira para o recipiente no qual a calda de morango será armazenada. Conserve em geladeira.


Pudim de Doce de Leite

Uma das sobremesas mais tradicionais do Uruguai o clássico pudim de doce de leite é mais fácil de preparar do que muitos pensam. É um deleite! Confira a receita:










Ingredientes:

Calda de caramelo:

2 copos de açúcar
1 copo de água:

Pudim:

6 ovos
2 latas de leite condensado cozido por 40 minutos em panela de pressão
1 litro de leite integral

Modo de preparo:

Calda de caramelo:


Derreta o açúcar em uma panela com fogo lento até ficar levemente caramelado. Coloque água quente e misture até dissolver em fogo baixo. Transfira para uma fôrma com furo no meio e com a ajuda das costas de uma colher, espalhe o caramelo por toda a fôrma. Reserve

Pudim:

Bata todos os ingredientes no liquidificador. Despeje na fôrma caramelada. Leve para assar em banho-maria no forno pré-aquecido a 250º (tabuleiro com água quente + limão cortado com casca ou vinagre) por 1H30M, coberto com papel alumínio, com 3 furinhos para sair o vapor (assim não cria casquinha na superfície). Tire do forno, espere esfriar, leve para gelar. Esquente o fundo da forma na boca do fogão, para soltar o caramelo, com luva, desenforme sobre o prato. Sirva geladíssimo!

sábado, 14 de setembro de 2013

Bolo Brigadeiro de Maracujá

Um bolo de arrasar corações! O maracujá não só é uma fruta de sabor pungente e marcante, como tem lá suas razões pra ser chamada de “passion fruit” ou “fruit de la passion”… Eu diria que de personalidade marcante… seu perfume é arrasador. Sua flor é belíssima. O simples bolo de maracujá, com a caldinha já é dos deuses…este, tentador da primeira à última fatia, tenho certeza de que vai ser um de seus favoritos também.




Ingredientes:

Massa:

5 ovos
1 xícara (chá) de açúcar
125 ml. de suco de maracujá concentrado
2 xícaras (chá) de farinha de trigo
1 colher (chá) de fermento em pó

Recheio:

2 latas de leite condensado
2 latas de creme de leite
150 g de chocolate branco derretido
1 colher (sopa) de farinha de trigo
200 g de geléia de maracujá com sementes
150 ml de chantilly
150 ml de suco de maracujá concentrado

 Calda para umedecer o bolo:

1 lata de leite condensado
1 lata medida de água
½ lata medida de suco de maracujá
1 envelope de gelatina sem sabor
5 colheres (sopa) de água

Cobertura:

500 ml chantilly batido
Calda de maracujá com sementes

Calda de maracujá para cobertura do bolo:

1 xícara de água filtrada
1/2 xícara de açúcar cristal ou refinado
1/4 xícara de suco de maracujá concentrado
Polpa de 1 maracujá
1 colher (sopa) de polvilho doce ou amido de milho

Modo de preparo:

Massa:

Bata os ovos inteiros com o açúcar até dobrar de volume (cerca de 10 minutos), diminua a velocidade da batedeira e junte alternadamente a farinha com o fermento e o suco de maracujá. Desligue a batedeira e leve para assar em forno pré-aquecido 180º numa forma 25 cm, untada e enfarinhada por 25 minutos ou até passar no teste do palito.

Recheio:

Leve ao fogo o leite condensado, creme de leite, chocolate branco derretido, farinha de trigo, até engrossar, retire do fogo e junte o suco de maracujá e a geléia, deixe esfriar e junte o chantilly.

Calda para umedecer o bolo:

Ferva o leite condensado com a água por 5 minutos, desligue o fogo e junte o suco e a gelatina hidrata e dissolvida. Reserve.

Calda de maracujá para cobertura do bolo:

Numa panelinha coloque todos os ingredientes da calda e leve ao fogo mexendo até engrossar. Espere esfriar e empregue.

Montagem:

Corte o bolo em três partes. Coloque no prato em que vai servi-lo. Umedeça-o com 1/3 da calda, coloque a metade do recheio. Disponha a segunda parte do bolo e proceda do mesmo modo. Coloque a terceira e ultima parte do bolo, umedeça e recheie com chantilly nas laterais do bolo e em cima deste faça alguns detalhes, para segurar a calda do maracujá (veja a foto).




Bolinho de Arroz

É um dos quitutes que evoca sabores de comida de mãe, de avó, de tia... e que vai lhe trazer o melhor dos paladares afetivos... 












Ingredientes:

 

2 xícaras (chá) de arroz branco pronto
1/2 xícara (chá) de água filtrada
1/2 xícara (chá) de salsinha picada
2 ovos 
1/2 xícara (chá) de farinha de trigo 
4 colheres (sopa) de queijo parmesão ralado
Sal e pimenta-do-reino, a gosto
1 colher (chá) de fermento em pó
1 cenoura ralada na parte grossa do ralador

óleo de milho, girassol ou canola para fritar

Modo de preparo:

No copo do liquidificador, coloque os ovos, a água e a metade do arroz. Bata ligeiramente. Em uma tigela junte a outra metade do arroz, a salsinha picada, a farinha de trigo, o queijo parmesão ralado, o sal, a pimenta-do-reino, a cenoura ralada e, por último, o fermento em pó. Misture a cada adição, usando uma colher de pau. A mistura deve ficar bem homogênea e desgrudando das mãos. Coloque o óleo numa panela e leve ao fogo médio para aquecer. Enquanto o óleo aquece, faça bolinhas com o auxílio de duas colheres de sobremesa e coloque num prato. Quando o óleo estiver bem quente, coloque as bolinhas delicadamente para fritar. Não coloque todas de uma vez, frite em várias etapas. Com a ajuda de uma escumadeira, retire as bolinhas da panela quando elas estiverem douradas e coloque sobre um prato forrado com papel-toalha. Sirva bem quente.

Biscoitos Amanteigados Coloridos

Eu adoro fazer biscoitinhos, você também?
Olha que boa ideia esta:
Faça sua massa de biscoitos favorita, divida em quantas partes quiser e junte à cada uma corante comestível nas cores que você gosta (aqui o autor da foto usou cores para compor as folhas secas de outono), junte todas as massas, enrolando-as todas juntas, porém tomando o cuidado de não amassar demais, e então, abra com um rolo ainda com muito cuidado e corte com um cortador de biscoito enfarinhado.
Deixe os biscoitos na geladeira por meia hora antes de assá-los em forno pré-aquecido. Fica ou não fica uma coisa linda?

Se você não tem uma massa de biscoitos no seu caderninho, pode usar esta

aqui:


Massa de Biscoitos Amanteigados:

Ingredientes:
 
1/2 xícara de chá de açúcar
1/2 xícara de chá de manteiga 
2 gemas
2 xícaras de farinha de trigo
1 colher (chá) de essência de baunilha

Modo de preparo:

Pré-aqueça o forno em temperatura média (200 ºC). Numa vasilha, misture o açúcar, a margarina, a baunilha e bata até obter um creme claro. Acrescente as gemas e misture bem. Junte a farinha de trigo e amasse com as mãos. (cuidado para não misturar demais nesta etapa, pois se fizer isso seus biscoitos tendem a endurecer). Modele os biscoitos no formato que preferir e deixe descansar por meia hora na geladeira antes de assar
Em uma assadeira, arrume os biscoitos e leve para assar por 15 minutos ou até começar a dourar na base.















Fonte: Renata Boechat

sexta-feira, 13 de setembro de 2013

Canelone de Ricota com Tomate, Azeitonas e Manjericão

Quando vi essa receita no programa "Que Marravilha" sabia que precisava provar...e aí está ela, de simplicidade total, mas de sabor inimaginável...Um molho que lembra o “puttanesca” e a leveza da ricota fazem um casamento perfeito!

Por favor, se você gosta de uma boa massa, com sabor mediterrâneo, faça correndo, você vai ver que eu não exagerei!





Ingredientes:

Canelone:

1 pacote de massa para lasanha pré-cozida
500g  de ricota fresca
1 caixinha de creme de leite
3 colheres (sopa) de cebolinha francesa picada
Azeite, a gosto
sal, a gosto

Molho:

04 tomates sem pele e sementes cortados em cubos
1 cebola roxa picada
16 azeitonas pretas cortadas em lascas
400ml azeite extravirgem da melhor qualidade
suco de 1 limão
pimenta dedo de moça picada
alcaparras a gosto
manjericão picado a gosto
coentro em grão a gosto
pimenta branca em grão amassada a gosto
sal a gosto
Misture todos os ingredientes.

Finalização:

Queijo parmesão ralado para polvilhar

Modo de preparo:

Canelone:

Coloque as folhas de lasanha em água com sal. Deixe cozinhar por 2 a 3 minutos. Retire e jogue imediatamente em água com gelo, para cortar o cozimento.  Seque as folhas com a ajuda de um pano.
Misture bem a ricota, o creme de leite e a cebolinha. Recheie as folhas de lasanha com a mistura e enrole, formando canelones. Coloque-os em um refratário untado com azeite e deixe descansar na geladeira por 2 horas. Leve ao forno pré-aquecido em cima de uma assadeira, por 10 minutos a 200ºC. Retire cubra com o molho. Para servir, salpique parmesão ralado.






























Fonte: Renata Boechat

Filé de Frango com Creme de Milho

O segredo para o peito de frango ficar saboroso é marinar, antes de grelhar. É o caso desta receita, mais uma opção de franguinho para começar bem a semana. Apesar de o preparo ser simples, o resultado é um prato que agrada a toda família.







Ingredientes:

Filé de frango:

1 peito grande de frango cortado em quatro filés
Sal e pimenta-do-reino, a gosto
Suco de 1 limão
2 dentes de alho espremidos
1 colher (sopa) de orégano
Óleo de milho para fritar

Creme de milho:

3 colheres (sopa) de manteiga
3 colheres (sopa) de farinha de trigo
500 ml de leite
1 lata de milho escorrido
Sal e noz-moscada ralada, a gosto
Salsinha picadinha para polvilhar

Modo de preparo:

Tempere os filés com sal, o alho, suco de limão, orégano e pimenta-do-reino.
Aqueça bem uma frigideira grande com 1 fio de óleo e frite os filés por quatro minutos de cada lado, até dourar ligeiramente.
Em outra panela, junte a manteiga deixando derreter e acrescente a farinha de trigo mexendo sempre até dourar. Bata o milho com o leite no liquidificador (deixe 1/4 dos grãos para finalizar o prato. Adicione essa mistura lentamente, sem parar de mexer, até ferver e engrossar. Junte o milho reservado e tempere com sal e a noz moscada. Deixe levantar fervura novamente e retire do fogo. Polvilhe salsinha picada.  Sirva o creme de milho com os filés de frango. 

sábado, 7 de setembro de 2013

Cheesecake à Italiana

Uma fatia desta torta é capaz de mudar o seu dia. Imagine: a textura da cheesecake, macia, voluptuosa, combinada ao sabor da calda de frutas vermelhas...











Ingredientes:

Massa:

200 g de bolacha Maria
100 g de manteiga sem sal

Recheio:
(todos em temperatura ambiente!)

500 g de ricota fresca, escorrida, peneirada e batida no processador até ficar cremosa
3/4 xícara de açúcar refinado
6 ovos, com claras e gemas separadas
1/4 xícara de farinha de trigo
Raspas de 1 limão
Suco de 1/2 limão
1 pitada de sal
1 colher (chá) de baunilha

Modo de preparo:

Massa:

A mistura deverá ser espalhada no fundo e lateral de uma fôrma alta de 20 cm de diâmetro com fundo removível, pressionando com as costas de uma colher. Depois disso, reserve a fôrma na geladeira enquanto prepara o recheio. Pré-aqueça o forno à 180º. Em uma tigela grande misture a ricota, as gemas, a farinha, 6 colheres (sopa) de açúcar, o suco e as raspas de limão, o sal e a baunilha, até formar um creme homogêneo.
Separadamente, bata as claras na batedeira, em velocidade baixa, até formar picos moles. Aumente a velocidade da batedeira e vá adicionando, aos poucos, 6 colheres (sopa) de açúcar, uma a uma, enquanto bate, até alcançar o ponto de picos firmes (uns 4, 5 minutos. Misture delicadamente 1/3 das claras batidas ao creme de ricota, usando uma espátula, apenas até incorporar. Adicione o restante com cuidado. Retire a base da geladeira, recheie com o creme e leve ao forno por aproximadamente 1 hora, até que o centro permaneça um pouquinho mole, as laterais fiquem firmes e a superfície dourada. Deixe esfriar completamente antes de desenformar. Sirva frio, acompanhado de calda de frutas vermelhas, ou geléia de frutas da sua preferência. Ah, a cheesecake de ricota fica mais saboroso se consumido no mesmo dia do preparo.





Batatas Gratinadas

Um clássico dos almoços de domingo, (quando a gente sai do regime). Essa batata é simples de fazer - e o resultado é impressionante! Apesar de não ser uma preparação para toda hora, esse prato é acompanhamento ideal para carnes vermelhas em dias frios.













 Ingredientes:

1 kg de batata
3 dentes de alho picados
1 lata de creme de leite sem soro
100 g de manteiga sem sal
200 g de queijo gruyére ralado
Noz moscada ralada, a gosto
Pimenta-do-reino branca moída na hora, a gosto
Sal, a gosto

Modo de preparo:

Descasque e corte as batatas em rodelas de 1 cm. Cozinhe-as por 15 minutos na água fervente com um pouco de sal. Unte uma forma refratária com metade da manteiga e espalhe o alho por cima. Coloque as batatas e tempere com o sal, a pimenta-do-reino e a noz-moscada. Adicione o creme de leite. Coloque o refratário sobre uma assadeira e leve ao forno pré-aquecido a 250º C e aguarde até as batatas começarem a dourar. Retire do forno, acrescente o queijo e volte para gratinar. Você também pode montar pequenos ramequins ou forminhas para quiches (com fundo falso),  e servir em porções individuais. Experimente!