quarta-feira, 31 de julho de 2013

Torta de Morango

Aos poucos, eles apareceram. Timidamente, primeiro, em caixas discretas no sacolão, ou no canto da bancada da feira. Em semanas (ou dias?) eles já estão mais à vista, no centro das prateleiras dos supermercados. Daí eles atingem o auge: caixas e caixas disponíveis nos caminhões que anunciam, megafone e tudo, a chegada oficial da temporada de morangos. Como se precisasse: vermelhos e apetitosos, eles já se auto- anunciam de longe. Êta fruta amostrada!

Mas eles podem. A maioria esmagadora é doce, mas ele também fica incrível em risotos, saladas e molhos salgados. Na medida do possível, opte pelos exemplares menores, mais doces e menos ácidos. Não custa lembrar que, assim como todo tipo de hortifruti, mas especialmente no caso dos morangos, vale investir em orgânicos. Como você acha que aqueles morangões gigantes cresceram tanto?
Para os apaixonados por comida e cozinha, trata-se praticamente de um evento!

Evento esse que deve ser muito bem comemorado, lógico. Pois agora, quando os morangos estão no auge da delícia, maduros e abundantes (e com precinho bem mais camarada, portanto), a gente tem mesmo é que se jogar nas receitas com a fruta.

Ingredientes:

Massa:


175 g de manteiga
1 ovo
300 g de farinha
Raspas de limão
100 g de açúcar

Creme de baunilha:

500 ml de leite integral
250 g de açúcar
1 caixa de creme de leite
75 g de farinha de trigo
4 gemas
1 pitada de baunilha líquida ou vanilina

2 caixinhas de morangos

Geléia de brilho

250 ml de água
50 g. de açúcar
20 g de maisena, desmanchada em aproximadamente 3 colheres (sopa) de água
1 colher de sopa de glucose ou karo
1 limão ou 1 laranja fatiada
Corante vermelho

Modo de preparo:

Geléia de brilho:

Leve ao fogo, a água o açúcar e o limão, assim que começar a ferver, adicione o amido de milho, mexendo sempre para não empelotar. Por último, adicione a glucose e faça uma geleia bem grossa, espere esfriar um pouco e coloque por cima das frutas.


Creme:

Leve ao fogo o leite, com metade do açúcar. Assim que começar a ferver, adicione a outra metade do açúcar, já misturado com a farinha de trigo, sempre mexendo para não empelotar, cozinhe mais um pouco e adicione o resto dos ingredientes. Cozinhe mais um pouco, retire do fogo e espere esfriar.

Massa:

Misture todos os ingredientes acima e faça uma massa. Coloque-a numa tigela, coberta com plástico-filme e leve-a para gelar por uma hora. Em seguida, retire-a da geladeira, amasse-a um pouco em cima da mesa, e a seguir, forre uma forma para tortas de fundo falso com 30 cm de diâmetro e leve para assar. Forno pré-aquecido a 200ºC aproximadamente 15 minutos. Após assada e fria, desenforme-a complete com creme de baunilha e decore os morangos, passe a geléia de brilho por cima e cubra em volta com caju moído. Decore a gosto.

Fonte: Felipe Abrahão


segunda-feira, 29 de julho de 2013

Torta Cookie Dois Amores

Você gosta daqueles biscoitinhos crocantes, com gotas de chocolate? E de brigadeiros de chocolate ao leite e chocolate branco? Então, essa receita é pra você. Mas é pra fazer só no fim de semana. Se não faltou nem um dia na academia e se fez o regime direitinho, você merece uma fatia: pequenininha!






Ingredientes:

Cookie de chocolate:

2 ½ xícaras (chá) de farinha de trigo
½ xícara (chá) de cacau em pó
3/4 xícara (chá) de açúcar mascavo
3/4 xícara (chá) de açúcar cristal
2 ovos grandes
100 gramas de manteiga ou margarina amolecida
1 colher (sobremesa) de fermento químico em pó
1 colher (sobremesa) de essência de baunilha
1 colher (sobremesa) de sal
1 xícara (chá) de gotas de chocolate meio amargo

Recheio de brigadeiro escuro:

1 lata de leite condensado
1 colher (sopa) de manteiga
1 xícara (chá) de chocolate em pó
1 caixa de creme de leite

Recheio de brigadeiro branco
1 lata de leite condensado
1 colher (sopa) de manteiga
1 xícara (chá) de leite em pó
1 caixinha de creme de leite

Finalização:

200 gramas de raspas de chocolate meio-amargo
1 galhinho de hortelã fresco
3 cerejas

Modo de preparo:

Recheio de brigadeiro escuro:

Coloque todos os ingredientes em uma panela e leve ao fogo. Misture com uma colher constantemente até que comece a desprender do fundo da panela. Transfira para uma vasilha e reserve.

Recheio de brigadeiro branco:

Faça o mesmo processo com o brigadeiro branco.

Cookies de chocolate:

Bata os ovos com o açúcar, com o auxílio de um fouet. Em seguida, acrescente a margarina e continue batendo. Adicione o açúcar mascavo, a farinha de trigo aos poucos, o cacau em pó, a essência, o fermento, o sal e as gotas de chocolate. Misture tudo muito bem até que vire uma massa bem pesada. Coloque sobre uma assadeira de fundo falso. Abra bem, forrando as laterais e o fundo da mesma. Leve ao forno a 180ºC por aproximadamente 20 minutos. Retire do forno e reserve.

Montagem:

Coloque o brigadeiro escuro sobre o cookie que está dentro da assadeira e por cima deste espalhe o brigadeiro branco. Decore com as raspas de chocolate, o galho de horterlã e as cerejas. Desenforme e sirva.

















DiaDia


Batatas Fritas Assadas e um Agradecimento

Rústicas e Fáceis

Não há quem resista à uma batata frita. Eu amo batata de qualquer maneira, pode ser frita assada, cozida… Só sei que frita, definitivamente é a mais gostosa de todas, mas dá muito trabalho e não podemos esquecer que é fritura… Tudo fica com cheiro de gordura, inclusive quem frita. Uma maneira bem fácil e deliciosa de fazer batatas é como essa da foto tirada do blog Santa Barbara Chic: (http://www.hellyoshirevents.com/blog). Faço direto aqui em casa. É muito simples: basta lavar bem as batatas, cortá-las grosseiramente com ou sem casca, enxugá-las em com um pano de prato limpo e transferi-las para uma assadeira. Salpique com a farinha de trigo e envolva-as bem. A adição da farinha de trigo dá às batatas um aspecto e uma consistência que as tornam bem parecidas com a tão festejada batata frita. Depois é só colocá-las em uma fôrma untada com manteiga, ou óleo, ou azeite, (se quiser antes de untar, pode esfregar um dente de alho no fundo), salpicar com sal grosso e levar ao forno (mais ou menos uns 30 minutos). Em dia de churrasco, sirvo como aperitivo, polvilhada com queijo parmesão…Muito Bom!!!!


E para você, leitor, além de recomendar esta receita, quero agradecer imensamente o carinho e incentivo pelas 10.000 visualizações no meu blog: (http://repaginandoreceitastv.blogspot.com.br/), que acabou de completar 6 meses. Quero que saiba que é muito bem-vindo por aqui. Sinta-se à vontade para puxar um banquinho e sentar e, sempre que quiser, comentar, perguntar, sugerir. A casa é sua!

Ingredientes:

8 batatas grandes, de preferência Asterix
azeite, ou óleo, ou manteiga para untar a fôrma
1/4 de xícara de farinha de trigo
sal grosso
1 dente de alho (opcional)
alecrim, a gosto (opcional)
azeite, a gosto para regar as batatas

Modo de preparo:

Lave bem as batatas. Corte-as em palito com ou sem casca – já fiz das duas maneiras e ambas ficam ótimas. Seque-as bem com um pano de prato limpo. Salpique a farinha de trigo e envolva-as bem. A adição da farinha de trigo dá às batatas um aspecto e uma consistência que as tornam bem parecidas com a tão festejada batata frita. Depois é só colocá-las em uma fôrma untada com manteiga, ou óleo, ou azeite, (se quiser antes de untar, pode esfregar um dente de alho no fundo), salpicar com sal grosso e regar um pouco de azeite entre elas. Levar ao forno a 220ºC (mais ou menos uns 40 minutos). Na metade do tempo vire as batatas com o auxílio de uma espátula para que dourem por igual. O sal pode ser colocado antes ou depois de irem ao forno. Em dia de churrasco, sirvo como aperitivo, polvilhada com queijo parmesão…Muito Bom!!!!










Fonte: Casa e Jardim/Pão de Ló

domingo, 28 de julho de 2013

O Melhor Bolo de Chocolate

Quando provei desse bolo pela primeira vez tive certeza: não é uma receita comum, esse é “o” bolo de chocolate: escuro (odeio aqueles bolos de chocolate pálidos de padaria ruim), macio (o óleo ao invés de manteiga e a mistura de buttermilk, cacau (ácidos) e bicarbonato fazem mágica nessa massa!) e úmido, muito úmido. Talvez não tão "padronizado" quanto um pão-de-ló, mas certamente muito mais saboroso! Lembra aqueles bolos vintage americanos, saídos de filmes antigos. O recheio, um buttercream com chocolate amargo e café, é leve e não esconde o sabor da massa (os recheios de bolo de chocolate geralmente são mais fortes, e acabam dominando o sabor da massa). 



Ingredientes

Massa:

1 e 3/4 xícaras de farinha de trigo;
2 xícaras de açúcar;
3/4 de xícara de cacau em pó de boa qualidade;
2 colheres de (chá) de bicarbonato de sódio;
1 colher de (chá) de fermento em pó;
1 colher de (chá) de sal;
1 xícara de buttermilk*;
1/2  xícara de óleo vegetal;
2 ovos;
1 colher de (chá) de extrato de baunilha;
160 ml de café expresso quente ou um café forte, feito com café solúvel).

Recheio e cobertura:

240 g de chocolate meio amargo picado (usei amargo, 70% cacau - use um chocolate de boa qualidade, para a cobertura ficar com a cor bem bonita);
300 g de manteiga (sem sal) em temperatura ambiente; 
1 gema de ovo grande  (como a cobertura não é cozida e gema crua pode não ser legal, você pode trocar por 3 colheres de sopa de leite, ou creme de leite fresco);
1 e 1/2 colheres de chá de extrato de baunilha;
1 e 1/2 xícaras mais 2 colheres (sopa) de açúcar de confeiteiro peneirado;
1 e 1/2 colheres (sopa) de café solúvel;
3 colheres (sopa) de água quente.

Modo de preparo:

Massa:

Corte 2 círculos em papel manteiga, de 20cm de diâmetro cada. Unte as fôrmas com manteiga. Forre o fundo de cada uma com os círculos de papel manteiga e unte o papel manteiga. Enfarinhe as fôrmas, tirando bem o excesso. Reserve. Pré-aqueça o forno a 180º C. Em uma tigela grande misture bem, com um fouet ou na batedeira em velocidade baixa, a farinha, o açúcar, o cacau, o bicarbonato, o fermento e o sal. Em outra tigela misture o buttermilk, o óleo, os ovos e a baunilha. Incorpore, aos poucos, a mistura de líquidos à mistura de sólidos, sem bater. Adicione o café quente e mexa até incorporar.
Divida a massa nas duas fôrmas preparadas e asse por 35 minutos, até que enfiando um palito no centro ele saia limpo. Deixe os bolos descansarem dentro da forma por 30 minutos, então vire-os  e deixe que esfriem completamente. Retire com cuidado o papel manteiga.

Recheio e Cobertura:

Derreta o chocolate em banho-maria ou no micro-ondas. Mexa para uniformizar e espere chegar à temperatura ambiente. Reserve. Na batedeira, em velocidade média, bata a manteiga até que ela fique clara e cremosa. Adicione a gema, a baunilha e bata por 1 minuto, lembrando de raspar as laterais da tigela. Em velocidade baixa adicione o açúcar de confeiteiro peneirado e bata por mais 1 minuto.
Em uma tigelinha, dissolva o café solúvel na água quente.
Incorpore aos poucos o chocolate derretido e o café dissolvido no creme de manteiga.

Montagem:


Sobre o prato de servir coloque um dos bolos, com o lado reto (onde estava o papel manteiga)  para cima. Com uma espátula distribua um terço do creme e cubra com o outro bolo, esse com o lado arredondado para cima. Cubra as laterais e o topo com o restante do creme. Deixe gelando por pelo menos 1 hora antes de cortar. Ah, e se você fizer na véspera, mantenha na geladeira, mas retire 1 hora antes de servir.

*buttermilk caseiro:  para 1 xícara de leite integral, adicione 4 colheres de chá de suco de limão ou vinagre branco. Deixe descansar em temperatura ambiente por 10 a 15 minutos, até ficar com a aparência de leite talhado;

rende um bolo de duas camadas com 20cm de diâmetro e 10cm de altura. Você vai precisar de 2 fôrmas redondas de 20cm de diâmetro.  












Fonte: A Cozinha Coletiva

Frango Assado com Polenta e Molho Pesto Brasileiro

Este frango assado é uma receita perfeita para reunir família à mesa no fim de semana. Ele é servido com polenta mole e uma versão abrasileirada do molho pesto genovês. É um sucesso. Pode testar!








Ingredientes:

Frango assado:

1 frango de 2 kg
1 xícara (chá) de sal 
1/4 de xícara (chá) de açúcar 
1 cebola 
2 cabeças de alho 
sal e pimenta-do-reino moída na hora a gosto

Pesto brasileiro:

2 xícaras (chá) de salsinha 
1/2 xícara (chá) de castanha-de-caju 
2 dentes de alho 
1/2 xícara (chá) de queijo meia-cura ralado
1 xícara (chá) de azeite

Pesto a minha moda:

2 xícaras (chá) de manjericão fresco
1/2 xícara (chá) de nozes
2 dentes de alho
1/2 xícara (chá) de queijo parmesão cortado em lascas
1 xícara (chá) de azeite

Polenta:

 2 xícara (chá) de fubá pré-cozido
2 l de água 
2 colheres (chá) de sal 
2 colheres (sopa) de manteiga 
pimenta-do-reino moída na hora a gosto


Modo de preparo:

Frango assado:

Retire os miúdos do frango e guarde na geladeira ou no congelador. Eles não serão usados nesta receita mas podem servir para outras preparações, como a farofa e o caldo. Lave o frango e, com uma tesoura ou faca, retire o excesso de gordura. Com o dedo indicador, solte a pele do peito do frango.Para hidratar o frango, vamos fazer um soro caseiro. Ele vai ficar bem suculento! Numa tigela grande, misture o sal e o açúcar; coloque o frango na tigela e espalhe a mistura por dentro e por fora; espalhe também um pouquinho da mistura por dentro da pele do peito. Descasque a cebola, corte na metade e a metade, em fatias. Coloque na tigela com o frango e cubra com água. Tampe a tigela e deixe o frango hidratando por 40 minutos, fora da geladeira. Pré-aqueça o forno a 220 °C (temperatura alta). Depois de hidratar, retire o frango do soro, lave sob água corrente para retirar o excesso de tempero e escorra por uns minutinhos. Com um pano de prato limpo, seque bem o frango. Quanto mais sequinho ele estiver, mais crocante fica a pele. Coloque o frango seco em um refratário, com o peito para cima, tempere com um pouquinho de sal e pimenta-do-reino moída na hora. Corte uma tampa da cabeça de alho e coloque a parte de baixo no refratário. Leve ao forno para assar por 1 hora e 30 minutos. Atenção: nos primeiros 15 minutos, mantenha a temperatura a 220 °C; em seguida, baixe para 180 °C (temperatura média) e mantenha no forno por mais 1 hora e 15 minutos. O cálculo é de 45 minutos no forno para cada quilo de frango. Enquanto o frango assa, prepare o molho pesto. Ao final, quando o frango estiver dourado, verifique se ele está completamente assado. Basta furar a coxa com uma faquinha: se o líquido escorrer limpo, sem sangue, está no ponto. Se ainda tiver sangue, é sinal de que ainda está cru e deve voltar ao forno por mais alguns minutos. Se a parte externa do frango começar a queimar, cubra com o papel-alumínio. Teste novamente até que o líquido saia limpo. Retire o frango do forno e deixe descansar em temperatura ambiente, coberto com papel-alumínio, por cerca de 15 minutos; isso faz com que ele fique mais suculento. Enquanto isso prepare a polenta. Destrinche o frango começando pela coxa, depois corte as asas e, por último, o peito. Transfira para uma travessa com a cabeça de alho assada.

Pesto brasileiro:

Com a ajuda de uma faca, descasque os dentes de alho. Sob água corrente, lave as folhas de salsinha e chacoalhe bem para secar. Para medir as duas xícaras pedidas na receita, corte o excesso do talo e aperte a salsinha na xícara-medidora. No liquidificador, bata todos os ingredientes. Verifique o tempero; se necessário, acrescente sal. Sirva a seguir.

Pesto a minha moda:

Para o preparo, proceda do mesmo modo do pesto brasileiro, com exceção ao queijo parmesão que não deve ser batido no liquidificador, e sim, acrescentado por cima, na hora de servir.

Dica: Se quiser armazenar, transfira para um pote de vidro esterilizado e mantenha na geladeira.

Polenta:

Numa panela grande, coloque a água e o sal e leve ao fogo médio. Quando ferver, diminua o fogo. Adicione o fubá aos poucos, em fio constante, mexendo com um batedor de arame. Quando a polenta encorpar, coloque a manteiga e continue mexendo sem parar, até que o creme fique uniforme. Leva cerca de 10 minutos. Tempere com a pimenta-do-reino moída na hora, misture e sirva a seguir.

sábado, 27 de julho de 2013

Mousse de Maracujá com Cardamomo

Maracujá Gourmet
Poucas sobremesas são mais práticas do que a mousse de maracujá. Difícil de errar, esta receita cremosa costuma agradar a todos, talvez por seu equilíbrio delicioso entre o doce e o ácido. Ela é tão simples de fazer que vale a pena usar o suco do próprio maracujá, em vez dos sucos de garrafa.

E daí, pode surgir uma polêmica: há quem goste dos pedacinhos das sementes da fruta, e há quem deteste. Se você ou alguém da sua família faz parte do segundo grupo, isso torna a preparação da mousse um pouco mais trabalhosa, pois você tem que bater a polpa e depois coar as sementes. E sempre acaba passando uns farelinhos, para desespero dos puristas.

Mas como tudo na vida tem a solução... E o melhor: é um truquinho simples: na hora de bater a polpa do maracujá no liquidificador (você deve fazer isto antes de misturar os outros ingredientes, ok?) aperte apenas o botão "pulsar", uma ou duas vezes. Isso faz com que a semente se quebre, soltando toda a polpa, mas sem que ela se esfarele completamente em pedacinhos minúsculos. Passe o conteúdo do liquidificador por uma peneira e constate: os pedaços de semente ficam, a polpa passa.

E para testar se este truque funciona, aqui vai uma receita deliciosa, de mousse de maracujá com cardamomo. Confira:


Ingredientes:

Mousse:

1 lata de leite condensado
2 caixinhas de creme de leite
4 maracujás azedos
8 bagas de cardamomo

Calda:

1 xícara de água
1/2 xícara de açúcar cristal ou refinado
1/4 xícara de suco de maracujá
Polpa de 1 maracujá
1 colher (sopa) de polvilho doce

Modo de preparo:

Numa tábua, abra as bagas de cardamomo: com cuidado, corte as pontas, abra ao meio com uma faca e raspe as sementes. Passe as sementes para um pilão e macere até virar um pó. Reserve. Corte os maracujás ao meio e, com uma colher, raspe a polpa dentro do copo do liquidificador. Tampe e pulse algumas vezes apenas para soltar a polpa da semente, sem bater muito. Passe a polpa por uma peneira e reserve. Lave e seque o copo do liquidificador. Junte o leite condensado, o creme de leite, a polpa coada e o pó de cardamomo. Bata todos os ingredientes até virar um creme bem liso e perfumado(cerca de 8 minutos). Transfira para um refratário bonito e leve à geladeira por 6 horas para firmar. Sirva com a calda por cima.

Calda:


Coloque todos os ingredientes numa panelinha, misture bem e leve ao fogo mexendo sempre até engrossar. Retire do fogo, espere esfriar, coloque numa molheira com tampa e leve à geladeira.







Cozinha Prática 

Costelinha Suína ao Molho de Limão com Batata-Doce Caramelada

Para apreciadores de carne de porco, esta é uma receita imperdível! O molho de limão e a batata doce caramelada, fazem um contraste perfeito com esta carne tão macia e saborosa.








Ingredientes:

Costelinha:

1 quilo de costelinha suína em pedaços
Sal
e pimenta-do-reino, a gosto
2 dentes de alho esmagados
1 colher (sopa) de gengibre ralado

Molho:

2 colheres (sopa) de manteiga
1 cebola ralada
2 colheres (sopa) de farinha de trigo
1 cubo de caldo de legumes
2 xícaras de água
suco e raspas de 1 limão
Sal e pimenta-do-reino, a gosto
1 colher (sopa) de salsa picada

Batata doce:

1 quilo de batata doce branca em pedaços regulares
Água para cozinhar

Caramelo:

½ quilo de açúcar
2 xícaras de água

 Modo de preparo:

Costelinha:

Tempere as costelinhas com sal, pimenta, alho, gengibre e deixe tomar gosto por cerca de 30 minutos na geladeira. Doure-as no óleo de todos os lados. Coloque em uma assadeira e leve ao forno moderado (180º) por aproximadamente 1 hora para terminar de assar e reserve aquecido.

Molho:

Numa panela, refogue a cebola na manteiga e coloque a farinha. Doure-a um pouco e acrescente o caldo de legumes dissolvido na água com o suco de limão.
Misture com um fouet e acrescente o restante dos ingredientes. Regue as costelinhas e sirva quente.

Batata doce:


Cozinhe as batatas em água quente até começarem a ficar macias, porém bem firmes. Reserve.

Caramelo:

Derreta o açúcar em uma panela lentamente afim de que fique uma cor clara, um pouco mais escura que o guaraná. Então coloque a água e espere até que se dissolva com o caramelo. Na sequência, coloque as batatas reservadas e cozinhe-as nesta calda até que fiquem macias, mas sem desmanchar. Transfira tudo para uma compoteira e mantenha até esfriar.








DiaDia

Bolo Salgado de Frango

Sobrou frango do almoço? Abriu o armário, deu de cara com uma lata de atum e não sabe o que fazer com ela? Não precisa nem pensar, é só transformá-la nesta belo e delicioso bolo salgado! As aulas estão voltando, é uma opção saudável e gostosa para o lanche das crianças.






Ingredientes:

Massa:

100 gramas de manteiga
1 colher (sopa) de açúcar
2 ovos
2 xícaras de farinha de trigo
4 colheres (sopa) de queijo ralado:
Sal, a gosto
1 xícara de leite
1 colher (sopa) de fermento em pó

Recheio e cobertura:

1 peito de frango cozido e desfiado
1 cebola picada
1 tomate sem pele e sem sementes, picado
1 lata de milho verde escorrido
½ xícara de cheiro-verde picado
Sal, a gosto
1 pimenta dedo-de-moça sem sementes (opcional)
Orégano, a gosto
4 colheres (sopa) de queijo parmesão ralado

Modo de preparo:

Recheio e Cobertura:

Numa tigela coloque todos os ingredientes (com exceção do queijo parmesão ralado) misture e reserve.

Massa:

Bata a manteiga com o açúcar e os ovos. Junte a farinha de trigo, o queijo ralado, o leite e o fermento. Tempere com sal. Coloque um pouco da massa numa forma de aro central, untada e enfarinhada e distribua o recheio, reservando metade para a cobertura. Cubra com o restante da massa e disponha o restante do recheio (cobertura). Polvilhe o queijo ralado e leve para assar em forno a 180ºC por aproximadamente 30 minutos.

Você pode substituir o frango por atum em lata.


Diadia

Bolo Pudim de Laranja

Uma das sobremesas mais tradicionais, o clássico pudim de leite é mais fácil de preparar do que muitos pensam. E se você acrescentasse ainda, nessa preparação,  uma massa de pão de ló fofíssima, perfumada com suco e raspas de laranja? Considero uma sobremesa retrô, mas,  um casamento perfeito. Confira a receita!




Ingredientes:

Bolo:

3 ovos
3 xícaras de farinha de trigo
2 xícaras de açúcar
1 copo (americano) de suco de laranja
Raspas de 1 laranja
1 pitada de sal
2 colheres (sopa) de fermento em pó
1 colher (sopa) de óleo de milho

Pudim:

3 ovos
1 lata de leite condensado
Raspas de 1 laranja
A mesma medida da lata de suco de laranja ou leite integral

Calda:

3 xícaras de açúcar refinado ou cristal
1 xícara de água
1 pedaço de casca de laranja

Modo de preparo:

Calda:

Em fogo baixo faça a calda caramelizando o açúcar primeiro. Despeje a água e deixe ferver até quando o caramelo estiver marrom, ou ao seu gosto. Tome cuidado para não se queimar. Retire e descarte a casca da laranja e com a ajuda das costas de uma colher, espalhe o caramelo por toda uma fôrma funda. Reserve.

Pudim:

Bata no liquidificador os ovos por 5 minutos. Acrescente o leite condensado e o leite e bata mais um pouco. Desligue, acrescente as raspas da laranja e reserve.

Bolo:

Bata na batedeira os ovos com o açúcar durante 10 minutos, na velocidade máxima. Coloque na velocidade mínima da batedeira e acrescente o suco e as raspas da laranja, o óleo, a pitada de sal e a farinha. Desligue a batedeira e acrescente o fermento em pó misturando delicadamente de baixo para cima com uma espátula ou fuê.

Montagem:

Na forma preparada, despeje o pudim e espalhe a massa do bolo por cima, as colheradas, delicadamente. Quando assado, o bolo se separa do pudim e fica muito bom.

sexta-feira, 26 de julho de 2013

Biscoitos 1, 2, 3

As férias escolares estão acabando. E as crianças, apesar de tristes, ainda esbanjam aquela energia capaz de enlouquecer qualquer pai. Que tal uma solução para gastar toda esta energia — e ainda deixar pronta uma merenda deliciosa para o início das aulas?

Minha sugestão é o divertido biscoito 1, 2, 3. Além de a receita ser facílima de memorizar (inclusive para a criançada), é simples e uma delícia de preparar com as crianças. Esta receita é muito fácil de lembrar: 100 g de açúcar, 200 g de manteiga e 300 g de farinha. Mas aqui, você também vê as quantidades em xícaras!

Estes biscoitinhos amanteigados são adorados pelos pequenos e uma ótima opção para substituir as versões industrializadas. Ao fazê-los em casa, você garante que seus filhos fiquem livres dos "antes": corantes, espessantes, conservantes, etc...


Ingredientes:

100 g /1/2 xícara (chá) de açúcar 
200 g de manteiga 
300 g /2 1/2 xícaras (chá) de farinha de trigo 
manteiga e farinha de trigo para untar e polvilhar
Modo de Preparo
Pré-aqueca o forno a 180º (temperatura média). Unte três assadeiras grandes com manteiga e polvilhe farinha de trigo. Misture todos os ingredientes até obter uma massa lisa. Enrole a massa como se fosse uma cobrinha de 3 cm de espessura. Com uma faca, corte em pedaços de 0,5 cm de espessura.Transfira os biscoitos para as assadeiras preparadas. Deixe espaço entre eles para que não grudem ao assar. Amasse levemente cada biscoito com os dentes de um garfo. Leve ao forno para assar por 10 minutos ou até que estejam dourados.

quinta-feira, 25 de julho de 2013

Frango com Legumes e Molho Teriyaki

Essa receita de frango com legumes é saudável e muito fácil de fazer. Uma ótima opção para variar o cardápio da semana. Um toque agridoce com o oriental e delicioso molho teriyaki, faz toda a diferença.









Ingredientes:

Frango com legumes:

400 g de peito de frango
1 pimentão vermelho
1 pimentão amarelo
1 cenoura
1 abobrinha
1/2 acelga
raspas de 1 limão
10 g de gengibre
Azeite de oliva, a gosto
Sal, a gosto
Pimenta-do-reino, a gosto
300 g de molho teriyaki

Molho teriyaki:

360 ml de molho shoyu
100 ml de água
370 g de açúcar refinado
1 pedaço de casca de limão
3 fatias de gengibre
1/4 xícara de saquê mirim


Modo de preparo:

Frango com legumes:

Sele os peitos de frango já temperados com sal e pimenta e finalize-os em forno médio pré-aquecido por 10 min. Doure os legumes numa frigideira colocando primeiro os mais duros e por fim os mais macios, para não perder a crocância. Incorpore o molho teriyaki aos legumes já dourados. Adicione as raspas de limão e o gengibre ralado. Corte o frango em fatias transversais. Sirva os legumes num prato e disponha o frango cortado por cima.

Molho teriyaki:

Numa frigideira grande despeje o shoyu, a água e o açúcar e leve ao fogo até ferver e dissolver o açúcar. Adicione a casca de limão e o gengibre e deixe ferver por mais 2 minutos. Desligue descarte a casca de limão e os pedaços de gengibre e acrescente o saquê. Empregue. 

Carpaccio de Beterraba

A beterraba tem presença constante na mesa da minha familia. De sabor adocicado, a beterraba é uma raiz que possui alta contração de carboidratos e alto valor nutricional. Um estudo recente, feito pela Associação Americana de Hipertensão comprovou que o suco da beterraba ajuda a diminuir a pressão arterial em até 7%.  A nutricionista Cyntia Bassi, do Hospital e Maternidade São Cristóvão, lista algumas propriedades e benefícios da beterraba.
Consumida in natura ou em sopas, sucos e saladas, a beterraba possui cor vermelha arroxeada que é resultado da pigmentação de uma substância chamada betalaína. Segundo Cyntia, a betalaína é um antioxidante natural, que previne o envelhecimento celular e reduz alguns tipos de câncer. Além disso, a raiz é rica em vitamina A, que auxilia o bom funcionamento da visão, vitaminas do complexo B, que são importantes para o sistema imunológico e vitamina C, que também possui ação antioxidante.
A ingestão de beterraba também ajuda a aumentar a dilatação dos vasos sanguíneos, que melhora o fluxo de sangue e a passagem de oxigênio. Por esse motivo, a raiz ajuda a prevenir doenças como o acidente vascular cerebral e a demência. A nutricionista destaca que, apesar de ser fonte de açúcar, o vegetal não deve ser retirada da dieta dos diabéticos porque é rica em fibras que auxiliam no controle glicêmico. “A raiz deve ser inserida dentro do contexto de uma alimentação saudável para os diabéticos”, explica.

Ingredientes:

Carpaccio:
   
1 beterraba
60 g de queijo de cabra
folhas de hortelã, a gosto
50 g de amêndoas laminadas

Molho: 
    
3 colheres (sopa) de molho de soja
1/2 limão
1 colher (sopa) de azeite
Sal, a gosto
1/2 colher (café) de gengibre, ralado
1/2 colher (café) de alho

Carpaccio:

Passe a beterraba crua e descascada no mandolin e corte em finas fatias.

Molho:

Coloque em um recipiente o molho de soja junto com o suco de limão, o azeite, o gengibre e o alho picado. Misture e adicione sal.

Montagem:

Coloque em um prato as fatias de beterraba em “filas”, regue com o molho, por cima coloque o queijo de cabra ralado, o hortelã e as amêndoas laminadas. 

quarta-feira, 24 de julho de 2013

Bolo de Batata de Frigideira


Esta receita prova que, mesmo com ingredientes simples que você sempre tem à mão, é possível fazer uma refeição saudável e saborosa. Esse bolo de batata de frigideira, uma espécie de prima mais generosa da omelete, pode ser preparado com legumes, queijos, carnes ou o que mais a sua imaginação, ou estômago, mandar. 




Ingredientes:

1 kg de batatas cozidas
2 colheres (sopa) de óleo
300 g de carne moída
1 cebola picada
Orégano, a gosto
¾ xícara de purê de tomate
2 colheres (sopa) de cheiro-verde picado
¼ xícara de azeitonas verdes cortadas em lascas
1 lata de ervilhas escorridas (usei 1 lata de milho verde escorrido)
Sal, a gosto
1 ovo
¾ xícara de farinha de trigo
Farinha de rosca para polvilhar

Modo de preparo:

Prepare o recheio colocando numa frigideira média o óleo e a carne. Frite mexendo de vez em quando até a carne perder a cor vermelha. Adicione a cebola. Misture bem. Junte o purê de tomate e mexa bem. Acrescente o cheiro-verde, a ervilha ou o milho e a azeitona. Misture. Cozinhe até a carne ficar macia. Tempere com sal. Retire do fogo e reserve. Passe as batatas ainda quentes, pelo espremedor. Acrescente o ovo. Misture. Junte a farinha de trigo e mexa bem. Unte com óleo a mesma frigideira (já limpa) e polvilhe com farinha de rosca. Coloque a metade do purê de batata e vá espalhando, no fundo da frigideira, com uma colher molhada com água. Recheie com a carne preparada. Cubra com o restante do purê, alisando com a colher umedecida. Polvilhe com mais farinha de rosca. Despeje um filete de óleo nas bordas do bolo de batata. Leve ao fogo baixo por uns 15 minutos até dourar. Vire o bolo sobre um prato e vire novamente colocando na frigideira para fritar do outro lado. Frite por mais 15 minutos e sirva com salada de folhas verdes.

Obs.: A carne moída pode ser substituída por frango desfiado, camarão, salame com queijos picados, bacalhau ou carne seca desfiada.

Bolo Crocante de Chocolate

Pode parecer estranho, mas, acredito que os bolos de aniversário adquirem a personalidade dos aniversariantes, talvez por estar com o pensamento na pessoa enquanto escolho os sabores, bato os ovos e decoro o bolo. No final, penso que só podia ser para a aquela pessoa, afinal de contas foi feito para ela. Este bolo é relaxado e descomprometido, mas, cheio de energia, tal como o aniversariante. Tenho muitas receitas de bolo de chocolate. Testada várias vezes, quando dou meu toque pessoal, e agrego sabor quando o resultado ainda não é satisfatório. Este bolo passou em vários quesitos: sabor, textura e visual. Será que vai agradar a sua familia?

Ingredientes:

5 ovos
300 g de açúcar
1 copo de iogurte
150 ml de óleo
2 ½ (chá) farinha de trigo
6 colheres de cacau em pó
½ xícara (chá) de leite
1 colher (chá) bicarbonato de sódio
1 colher (sobremesa) de fermento em pó

Recheio e cobertura:

½ litro de leite
4 colheres (sopa) de amido de milho
400 g de chocolate meio amargo
½ lata de leite condensado
200 g de creme de leite
2 colheres (sopa) de chocolate em pó
3  colheres (sopa) de licor de cacau ou rum

Calda para umedecer o bolo:

½ lata de leite condensado
300 ml água
1 caixinha de creme de leite
1 colher (sopa) de licor de cacau ou rum
1 envelope gelatina sem sabor incolor
5 colheres (sopa) de água para hidratar a gelatina (15 minutos)
3 colheres (sopa) de cacau em pó

Crocante:

2 xícaras (chá) de açúcar
1 xícara (chá) de nozes
1 pitada de sal
2 colheres (sopa) de leite em pó


Montagem:

 Crocante, a gosto

Modo de preparo:

Massa:

Bata todos os ingredientes líquidos no liquidificador. Despeje numa tigela e misture os secos.

Calda para umedecer o bolo:

Numa panelinha coloque o leite condensado, a água e o creme de leite e leve ao fogo até ferver. Retire do fogo e espere esfriar. Derreta a gelatina no micro-ondas, potência alta por 30 segundos e junte à misture do leite condensado. Acrescente o rum, mexa bem e empregue.

Recheio e Cobertura:

Leve todos os ingredientes ao fogo até ferver e engrossar. Leve para gelar.

Crocante:

Unte com manteiga uma superfície de mármore ou granito.
Numa panela de fundo grosso, derreta o açúcar em fogo médio. Assim que estiver caramelizado (derretido), acrescente as nozes e o sal. Mexa até incorporar (panela sobre o fogo). Despeje sobre a superfície untada. Aguarde uns 10 minutos e com uma espátula levante levemente as bordas para que não grude na superfície (ela pode grudar, mesmo untada). Quando estiver morna, coloque a espátula por baixo e vire ao contrário sobre a mesa. Deixe esfriar e quebre em pedaços médios. Coloque no processador e com a tecla “pulsar”, vá triturando. Para quem não tem processador, coloque alguns pedaços dentro de um pano de copa. Com o martelo de carne ou o rolo de massa, dê batidas e vá quebrando. Segure o pano feito uma trouxinha. Vire umas três vezes e continue batendo. Coloque o crocante numa tigela. Repita com os pedaços restantes. Misture o leite em pó e conserve o praliné (crocante) num vidro bem fechado. Pode ser em temperatura ambiente.


Montagem:

Divida o bolo em três partes. Coloque num aro uma parte do bolo, umedeça-o com a calda, espalhe o recheio e proceda do mesmo modo nas outras duas partes do bolo. Leve para gelar por 12 horas. Cubra com o creme de chocolate e na hora de servir polvilhe o crocante. 




Bicho de Pé Recheado com Morango

Tenho comido muitos docinhos desses por aí que são somente tingidos de cor-de-rosa. O sabor é apenas de leite condensado. Mais precisamente, brigadeiro branco…o meu, tem  sabor. Para o meu paladar, prefiro somar a gelatina  ao Nesquik sabor morango -agrega sabores!  Na minha infância não lembro se existia esse doce …acho que não. Mas há tantos anos sou fã dele, que incluo imediatamente na minha bandeja de doces, quando sirvo nos aniversários, em família. Mas há os aficionados por ele e esse sabor de morango traz mesmo uma memória afetiva.

Ingredientes:

Massa:

1 lata de leite condensado
1 colher (sopa) de manteiga sem sal
1 colher (de sopa) de gelatina sabor morango
1/3 de xícara de Nesquik (morango)
100 g de chocolate branco, picado
5 colheres de sopa de água (para dissolver a gelatina e o pó de morango)

Recheio:

20 a 30 morangos médios
Açúcar cristal fininho para enrolar os docinhos


Modo de preparo:

Massa:

Coloque a água numa tigelinha de vidro. Acrescente a gelatina e o Nesquik.  Leve ao micro-ondas na potência máxima por 30 segundos. Reserve. Numa panela misture todos os ingredientes. Leve ao fogo, mexendo até a manteiga derreter e tudo ficar homogêneo. Continue mexendo até desgrudar do fundo da panela. Faça o teste colocando num pires e deixando no freezer por 2/3 minutos. Se der para enrolar, está pronto. Deixe esfriando em prato untado com manteiga.

Recheio:

Limpe e lave os morangos. Seque-os com cuidado com papel-toalha para não amassá-los. Com as mãos untadas, modele as bolinhas e ponha um morango dentro de cada uma. Passe-as no açúcar cristal e arrume-as em forminhas de papel.


Irish Coffee

 Alguns drinques só podem ser consumidos no inverno.  O Irish Coffee é um destes drinques quentes e cremosos, tudo a ver com a época mais fria do ano.

Saboroso, o Irish Cofee (ou café irlandês) costuma ser servido depois das refeições, assumindo sua vocação de drinque-sobremesa. Também, o que dizer de um drinque que leva creme batido, o verdadeiro chantilly, em sua preparação?

O toque irlandês fica por conta do whisky, que, se possível, deve mesmo ter sido produzido naquele país para deixar a bebida bem autêntica. Protocolos à parte, a  sugestão é que ele seja feito com qualquer (bom) whisky que você tiver em casa, e consumido na hora que você bem entender. Vamos à receita?
 

Ingredientes:

1 dose de whisky
1 dose de café forte e adoçado
creme chantilly

Modo de preparo:

Em uma taça larga, despeje o whisky, o café e cubra com o creme batido. Beba imediatamente.


Fonte: Antonio Farinaci "drink designer" do Panelinha no Rádio – Rádio Estadão FM 92.9 domingo 12:00 horas.


Luxúria

Um bolo de chocolate muito parecido com o brownie, com uma deliciosa calda de morango, flambada com licor Amaretto. Uma sugestão para finalizar um jantar em grande estilo.









Ingredientes:

Massa:

90 g de amido de milho
140 g de açúcar refinado
140 g de chocolate meio-amargo
70 g de manteiga, sem sal
4 ovos
1 colher (sopa) de café bem forte

Calda quente:

20 morangos
2 colheres (sopa) de licor Amaretto
1 colher (sopa) de manteiga, sem sal
1 colher (sopa) de açúcar refinado
1 colher (sopa) de gengibre, ralado

Finalização:

Chantilly, a gosto

Modo de preparo:

Derreta o chocolate e a manteiga no micro-ondas, potência média. Mexa a cada 20 segundos. Junte as gemas uma a uma, ao chocolate derretido, mexendo sempre. Acrescente o café, o amido de milho e o açúcar. Mexa bem até ficar uma massa homogênea. Bata as claras em neve e incorpore na mistura com movimentos leves, de baixo para cima, até ficar uma mistura bem aerada. Coloque a mistura em uma assadeira untada e enfarinhada e leve ao forno, pré-aquecido a 140C, por 50 minutos.

Calda

Derreta a manteiga, acrescente o gengibre ralado, os morangos cortados ao meio e o açúcar. Flambe os morangos com o Amaretto. Sirva com a calda e chantilly.

Muffins de Banana, Nozes e Granola

Eu adoro receitas de confeitaria que utilizam bananas. A banana é um ingrediente: barato, versátil, nutritivo e saboroso! Assim, enquanto procurava uma nova receita de muffin de banana, me deparei com esta inglesa: Muffins Crocantes de Banana. As nozes dão um up grade neste bolinho em particular, e o coco é uma doce surpresa - ele acrescenta uma dimensão extra de sabor ao muffin de banana. Você pode saboreá-los quentes, assim que saírem do forno, com um chá, café ou chocolate quente. Ou na temperatura ambiente, no café da manhã e no lanche das crianças.

Ingredientes:

3 xícaras de farinha de trigo
1 3/4  xícara  de açúcar
2 colheres (chá) de fermento em pó
1 colher (chá) de bicarbonato de sódio
1/2 colher (chá) de sal
250 g de manteiga derretida
3 ovos
3/4 xícara de leite
2 colheres (chá) de extrato de baunilha
1 xícara de banana amassada
2 bananas em rodelas
1 xícara de nozes picadas
1 xícara de granola
100 g de coco ralado e adoçado

Modo de preparo:

Peneire a farinha, o açúcar, o sal, o fermento e o bicarbonato. Misture a manteiga derretida. Em uma tigela,  misture os ovos, o leite, a baunilha e a banana amassada. Agregue à mistura de farinha, sem mexer demais. Adicione os demais ingredientes delicadamente. Coloque forminhas de papel dentro de formas de alumínio próprias para muffins. Verta a massa até 3/4 da forminha, coloque uma rodela de banana no centro. Leve ao forno pré-aquecido a 180° por aproximadamente 30 minutos ou até dourar. Rende 18 forminhas.


Caldo de Legumes Caseiro

Teve uma época em que os cozinheiros e as donas de casa ficaram tão impressionados com a praticidade que a indústria alimentícia trazia para a cozinha que acabaram ficando mal acostumados.

Os caldos industrializados de legumes e de carne são a maior prova disso: de repente, era só jogar aquele cubinho mágico na receita que ela ficava temperadinha.

Mas, o mundo dá voltas, e cada vez mais as pessoas que têm o hábito de cozinhar (seja profissionalmente ou como hobby) estão resgatando técnicas e preparações tradicionais. E o melhor disso é que eles descobriram que o tradicional também pode ser bem prático.

O caldo de legumes caseiro é prova disso. Ele serve para fazer molhos, sopas e risotos, e faz uma diferença... Para fazê-lo, você só precisa cozinhar cebola, cenoura e salsão em água, durante 30 minutos. Vale colocar umas folhas de louro e pimenta do reino, também. Este caldo pode ficar na geladeira por até 7 dias, e congelado por até 3 meses.
Naturalmente, você, minha amiga, produz seu próprio caldo de legumes em casa e aboliu de vez aqueles cubinhos industrializados. E se a gente te contasse que os cubinhos são uma boa pedida? Calma, não estamos em um ataque de esquizofrenia.

É que aquele caldo caseiro, que você faz de vez em quando e usa em risotos, molhos e sopas, também pode ser usado nas preparações do dia a dia. Arroz, feijão, cuscuz marroquino, quinoa e outros grãos cozidos ganham um sabor especial se você utilizar o caldo caseiro.

Ingredientes:

2 dentes de alho picados
1 cenoura em rodelas
1 talo de salsão fatiado (e as folhas de 1)
1 cebola grande cortada em quatro
1 folha de louro
3 cravos-da-índia
3 grãos de pimenta-do-reino
1 colher (sopa) de sal
1 ½  litro de água fervente


Modo de preparo:


Lave bem todos os legumes. Descasque a cebola e corte em pedaços médios. Corte a cenoura em fatias grossas e o salsão, em pedaços de cerca de 5 cm. Numa panela, junte os legumes, as folhas de salsão e os temperos. Adicione a água e leve ao fogo alto. Quando começar a ferver, abaixe o fogo e deixe cozinhar por 30 minutos. Desligue o fogo e, com uma peneira fina, coe o caldo. Conserve na geladeira por até 7 dias ou congele por 3 meses. O truquinho, nessa hora, é congelar pequenas porções dele, usando a cada receita. Sugiro o uso de uma bandeja de gelo — que possibilita o uso de um cubinho de caldo por vez. Entendeu?

Nesta preparação você pode acrescentar:

1 kg de músculo bovino extra limpo cortado em pedaços, se quiser fazer um caldo de carne.

Ou:

1 kg de peito de frango sem pele e sem gordura - (cozinhar com osso e depois retirá-lo), se quiser preparar um caldo de frango.

Em ambos os casos, você deve primeiro refogar a carne ligeiramente e à partir daí,  acrescentar os legumes e preparar o caldo desejado.

Ou ainda, cabeças de camarão ou peixe, que devem primeiramente ser higienizadas e então aferventá-las com os legumes e temperos apropriados - para peixes e camarão, recomendo acrescentar também, um maço de coentro.

Esses caldos são uma excelente base para uma deliciosa e suculenta sopa, bem comfort food, com cara de comida de avó.




terça-feira, 23 de julho de 2013

Bolinho de Batata Recheado com Carne Moída

Um conselho: se você estiver de regime, não faça estes bolinhos: é impossível comer um só.









Ingredientes:

Recheio:

3 colheres (sopa) de azeite
250 g de carne moída
2 dentes de alho picados
1 cebola picada
Cheiro-verde picado, a gosto
Sal, a gosto
Orégano, a gosto
1/4 xícara de azeitonas picadas
1 colher (sobremesa) de farinha de trigo

Massa:

1/2 kg de batata descascada e cozida
1 ovo
2 colheres (sopa) de cheiro-verde picado
Sal, a gosto
2 colheres (sopa) de queijo parmesão ralado
3 colheres (sopa) de farinha de trigo
1 colher (chá) de fermento em pó
1 clara batida
Farinha de rosca para empanar

Modo de preparo:

Recheio:

Em uma panela, aqueça o azeite, refogue a carne moída até que fique bem soltinha. Acrescente o alho, cebola, sal, o cheiro-verde, o orégano e a azeitona. Adicione a farinha de trigo, misture bem e deixe reservado até esfriar.

Massa:

Passe a batata pelo espremedor de legumes ainda quente, junte o ovo, a salsa, o sal, o queijo parmesão ralado, a farinha de trigo e o fermento em pó. Trabalhe a massa até ficar homogênea, cubra com filme plástico e leve à geladeira por 20 minutos. Faça bolinhas médias, achate-as na palma da mão e recheie com a carne moída. Modele o bolinho, passe na clara e em seguida na farinha de rosca. Aqueça bem o óleo e frite os bolinhos até dourarem. Coloque-os sobre papel-toalha para perder o excesso de gordura.

Dica: Aproveite sobra de purê para preparar os bolinhos.

segunda-feira, 22 de julho de 2013

Sopa de Queijo Chèvre

Chèvre: palavra francesa que significa cabra, o chèvre é um queijo branco de puro leite com um delicioso sabor ácido. Alguns dos melhores chèvres: Banon, Bucheron e Montrachet. Chévre pode variar de cremoso a firme e vem em várias formas, às vezes com adição de ervas e pimenta. O inverno já chegou, o friozinho vem vindo devagar, e a gente então aproveita a oportunidade para preparar uma comida quentinha, servir aos amigos aquele bom vinho, e assim nos sentirmos mais próximos, mais aconchegados... afinal, cozinhar também é uma forma de carinho, você não acha?

Ingredientes:

100 ml de creme de leite (de preferência o fresco, ou o de caixinha)
35 g de manteiga;
300 g de queijo chèvre bolinha;
35 g de farinha de trigo;
400 ml de leite;
Pimenta branca a gosto;
Noz-moscada a gosto;
Sal a gosto;
200 ml de caldo de frango caseiro ou 1 tablete de caldo de galinha industrializado dissolvido em 1 xícara de água (se utilizar o caldo industrializado, use menos sal)

Azeite de manjericão:

100 ml de azeite
2 g de manjericão picado

Modo de preparo:

Em uma panela, derreta a manteiga, toste a farinha, junte o leite e o caldo de frango, batendo com um fouet, para não empelotar. Junte o chèvre e o creme de leite, tempere com a pimenta, a noz-moscada e o sal e mexa sobre fogo médio até ferver.
Passe por uma peneira, aqueça e sirva com um fio de azeite de manjericão*.

*Aqueça o azeite, acrescente o manjericão, apague o fogo e reserve.

Fonte: Charlô Whately, do Charlô

Para a Revista Casa e Jardim