segunda-feira, 29 de abril de 2013

Bolo Macio de Amêndoas e Laranja



Super fácil, macio, molhadinho, cheiroso, uma delícia! Esta é uma receita da chef americana Gina de Palma, que foi criada especialmente para o Dia dos Namorados. A chef acredita que amêndoas são muito mais românticas que chocolate, e eu concordo com ela!








Ingredientes:

Massa:

1 xícara de farinha de trigo
½ xícara de farinha de amêndoas
1 ½  colher de chá de fermento em pó
1 colher de chá de sal
3 ovos grandes
¾ xícara de açúcar
½ xícara de azeite de oliva
½  colher de chá de essência de baunilha
¼ colher de chá de essência de amêndoa
Raspas de um limão siciliano ou de 1/ 4 de laranja
½ xícara de suco de laranja 

Cobertura:

2 colheres de sopa de manteiga sem sal
1 xícara de açúcar de confeiteiro
3 colheres de sopa de leite
Gotas de suco de limão
½ xícara de amêndoas em lascas, tostadas

Modo de preparo:

Aqueça o forno a 180 graus. Unte com manteiga e farinha uma fôrma redonda de bolo de 23 cm de diâmetro.  Em uma tigela média, misture as farinhas, o fermento e o sal e reserve. Em uma tigela maior, quebre os ovos e bata um pouco. Acrescente o açúcar e mexa rapidamente. Adicione o azeite de oliva e bata até que mistura esteja um pouco mais clara e mais grossa. Misture as essências, as raspas e o suco de laranja.Transfira os ingredientes secos para essa mistura e bata até obter uma massa homogênea. Coloque a massa na fôrma untada e leve para assar por cerca de 35 minutos. O bolo estará pronto quando a massa começar a soltar das laterais da fôrma e, ao inserir um palito na massa, ele sair seco. Deixe o bolo esfriar um pouco na fôrma e depois deixe transfira para uma grelha.  Enquanto o bolo esfria, faça a cobertura. Coloque a manteiga em uma panela pequena e leve para derreter em fogo médio. Quando começar a fazer bolhas, abaixe o fogo e mexa com cuidado até que a manteiga comece a ficar um pouco mais escura. Desligue o fogo e deixe a manteiga esfriar. Peneire o açúcar de confeiteiro em uma tigela, misture o leite até obter uma calda grossa, mas homogênea, e misture então a manteiga. Se quiser, acrescente algumas gotas de limão para não ficar muito doce. Misture as amêndoas e despeje a cobertura sobre o bolo. Se conseguir, espere o bolo esfriar completamente e a cobertura ficar mais estável antes de cortá-lo.

Fonte: Ligia Rechenberg



Suflê de Goiabada com Catupiry



Essa é uma famosa receita do Restaurante Carlota, de Carla Pernambuco. De preparo fácil, o suflê de goiabada é leve e de sabor surpreendente. É a sobremesa preferida de vários Chefs e, com certeza também vai agradar a família...










Ingredientes:

Suflê:

425 g de goiabada pastosa
8 claras
1 pitada de sal

Calda de Catupiry:

410 g de Catupiry
350 ml de leite integral

Modo de preparo:

Bater as claras em neve (adicionar o sal quando as claras começarem a subir). Aos poucos, juntar a goiabada. Bater até misturar bem. Dividir o suflê em tigelinhas próprias  (ramequins) e levar ao forno para dourar.

Calda:

Misturar o Catupiry e o leite e derreter em banho-maria. Mexer bem. Colocar em uma molheira e servir a parte.

Observação: Caso deseje utilizar goiabada dura, colocar a goiabada picada com um pouco de água em uma panela e levar ao fogo, mexendo sempre, até adquirir consistência pastosa.











Rocambole de Doce de Leite



Muita gente acha que pão de ló é uma massa difícil. Mas com alguns segredinhos, você vai ver que até criança consegue fazer. Aliás, o recheio tem sabor de infância: doce de leite feito na panela de pressão. Agora, sem enrolação, vamos a receita do rocambole:







Ingredientes:

Recheio:

1 lata de leite condensado
½ colher de café de extrato de baunilha (opcional)
Raspas de 1 limão  (opcional)

Massa:

5 ovos
5 colheres (sopa) de açúcar
5 colheres (sopa) de farinha de trigo
1/4 de xícara (chá) de leite morno
manteiga e farinha de trigo para untar a assadeira
açúcar de confeiteiro para polvilhar o rocambole

Modo de preparo:

Na panela de pressão, coloque uma lata de leite condensado fechada - se tiver rótulo de papel, retire e, com uma faquinha, raspe a cola (ela pode entupir a válvula da panela). Cubra com água, dois dedos acima da lata. Tampe a panela e leve ao fogo médio. Quando começar a apitar, deixe cozinhar por 20 minutos. Desligue o fogo e deixe o vapor sair naturalmente. Quando a pressão terminar, abra a tampa e retire a lata com uma pinça para não se queimar. Deixe esfriar por, no mínimo 2 horas, antes de abrir a lata. De preferência, faça no dia anterior. Se quiser aromatizar o doce de leite, transfira para uma tigela e misture 1/2 colher (café) de extrato de baunilha e raspas de limão. Pré-aqueça o forno a 180 ºC (temperatura média). Unte uma assadeira retangular de cerca de 30 cm x 40 cm com manteiga e polvilhe com farinha de trigo. Retire bem o excesso da farinha, batendo sobre a pia. Peneire separadamente o açúcar e a farinha de trigo. Separe as gemas das claras. Na batedeira, bata as claras em neve. Comece batendo em velocidade baixa e, quando começar a espumar, aumente a velocidade. Assim que as claras triplicarem de volume, adicione o açúcar de colher em colher, sem parar de bater. Em seguida, junte as gemas, uma a uma, batendo bem após cada adição. Por último, reduza a velocidade e junte a farinha aos poucos, batendo apenas o suficiente para a massa ficar homogênea.
Transfira a massa para a assadeira untada e espalhe com uma colher ou espátula. Leve ao forno para assar por 15 a 20 minutos ou até que a massa comece a dourar.Umedeça um pano de prato limpo, estique sobre uma superfície de trabalho e polvilhe com açúcar. Retire o bolo do forno e vire sobre o pano. Regue o bolo ainda quente com o leite morno. Espalhe o doce de leite em uma camada uniforme. Vá erguendo o pano e enrolando o bolo. Transfira para um prato de rocambole, polvilhe o açúcar de confeiteiro e sirva a seguir.

Fonte: Cozinha Prática
 



Rosca de Calabresa



Essa receita  é do Chef Felipe Abrahão, da Padaria Benjamin Abrahão. A massa é semi-folhada e fica crocante e deliciosa. O recheio pode ser o da sua preferência. Aqui, a sugestão é de lingüiça calabresa com queijo.








Ingredientes:

Massa:
250 g de farinha de trigo
10 g de fermento biológico fresco
50 g de açúcar refinado
50 g de manteiga
1 ovo
1 pitada de sal
80 ml de leite

Para folhar:

50 g de margarina para folhar

Recheio:

300 g de muçarela ralada
200 g de lingüiça calabresa fatiada
150 g de queijo parmesão ralado

Modo de preparo:

Recheio:

Misture tudo, separando metade do queijo parmesão para a cobertura.

Massa:

Faça a esponja misturando o fermento, duas colheres de sopa de farinha e um pouco do leite. Deixe descansar por 15 minutos. Coloque o restante da farinha em uma superfície limpa e lisa e faça uma cavidade no centro. Adicione a esponja reservada e vá misturando. Adicione os outros ingredientes, deixando o leite por último. Coloque o leite aos poucos e vá sovando a massa até ela estar lisa, brilhante e macia. Na mão leva cerca de 15 minutos, mas pode-se colocar na batedeira com a pá de gancho.Deixe a massa descansar por 30 minutos ou até que dobre de volume. Com o rolo, abra em um retângulo, coloque a margarina em 2/3 da massa e dobre como um livro. Depois, com o rolo, abra novamente. Espalhe o recheio. Una as duas pontas e coloque em uma forma com furo no meio, untada com margarina e enfarinhada. Faça cortes na parte de cima da massa com uma tesoura, pincele ovo e salpique parmesão. Deixe descansar por 30 minutos. Leve ao forno pré-aquecido a 180º por 30 minutos ou até que esteja dourada. Dica: coloque a emenda da massa para baixo. 

Outras sugestões de recheio: legumes com queijo, presunto, frango com Catupiry, quatro queijos, etc.
 

Pão Versátil



Uso essa receita de massa de pão desde que fiz o meu primeiro pão em casa... e não desisto dela nunca! É a massa de pão simples do saudoso Sr. Benjamin Abrahão... quem não se lembra do famoso e tão simpático padeiro de São Paulo? Pois é...desde muito tempo essa massa me acompanha, e me salva quando tenho que fazer um pãozinho rápido, sem complicação para o lanche dos famintos...e para o meu prazer também! Ela se presta muito bem a pães salgados, recheados, doces, ou apenas puros, do jeito que você quiser...costumo chamá-la de massa de pão mil e uma utilidades... Se você ainda não conhece, sugiro que experimente, não tem erro, fica boa sempre!



Ingredientes:

500 g de farinha de trigo (aproximadamente)
30 g de fermento biológico fresco
1 colher (sopa) bem cheia de banha de porco ou margarina
10 g de sal
20 g de açúcar refinado
1 colher (sopa) de leite em pó
1 ovo
300 ml de água morna

Gema para pincelar
2 colheres (sopa) de água filtrada

Modo de preparo:

Faça uma esponja com 50 g de farinha de trigo, o fermento e um pouquinho de água. Deixe-a descansar por uns 15 minutos em vasilha coberta com plástico filme. Após este descanso, adicione o restante dos ingredientes da massa, lembrando sempre que a farinha de trigo deve sempre ser colocada peneirada e aos poucos, e sove bem até obter uma massa bem macia, que não grude mais na sua mão. Cubra-a com um pano e deixe-a descansar por uns 20 minutos. Após este descanso, faça os modelos, recheie com os ingredientes da sua preferência, coloque em assadeiras levemente untadas, pincele com a gema misturada com a água. Se desejar, polvilhe os pães com queijo ralado e orégano. Espere o crescimento até quase atingirem o seu dobro e leve-os para assar em forno pré-aquecido a 180º até que estejam dourados. Deixe esfriarem numa gradinha.


Pão de Forma de Cereais



Procura uma opção mais saudável aos pães? Então aprenda este pão de forma com massa básica de cereais:











Ingredientes:

350 g de farinha de trigo
2 colheres (sopa) açúcar refinado
150 g de farinha de trigo integral
40 g de açúcar mascavo
20 g de leite em pó
30 g de fermento biológico fresco
50 g de manteiga
15 g de linhaça
15 g de quinoa em flocos
15 g de aveia em flocos
15 g de gergelim preto
300 g de água filtrada
sal a gosto

Água filtrada para pincelar
Aveia em flocos para polvilhar

Modo de preparo:

Em uma tigela grande, desmanche o fermento com o açúcar refinado. Acrescente a água e misture bem. Coloque aos poucos, o açúcar mascavo a farinha de trigo, a farinha de trigo integral e o leite em pó. Junte o sal e a manteiga e sove a massa até ficar homogênea e com uma textura lisa. Depois que acertar o ponto de véu, coloque os cereais. Deixe a massa descansar por 20 minutos. Posicione a massa de acordo com o tamanho da forma. Pincele com água filtrada e polvilhe aveia em flocos. Fermente até dobrar de volume. Aqueça o forno à temperatura de 180º e asse por aproximadamente 30 minutos.

Rendimento: 2 pães

Fonte: Rogério Shimura
 

Chá de Maracujá



O Outono chegou por aqui na hora certa! Manhãs e tardes frias de céu muito azul trazem uma vontade adormecida de tomar um chá. De maracujá, para provar novos sabores, para aquecer a alma, para acalmar o coração!








Ingredientes:

500 ml de água
5 colheres (sopa) de açúcar
5 cravos-da-índia
2 ramas de canela
Sementes e polpa de um maracujá

Modo de preparo:

Caramelize o açúcar, acrescentando todos os ingredientes. Deixe ferver por 15 minutos. Coe e sirva.

Bolo Inglês de Tâmaras e Água de Rosas



O que me fez escolher esta receita? As tâmaras ou a água de rosas? Os dois ingredientes. Tenho que confessar: o feeling oriental. O que te faz escolher uma receita? Costumo ir pelo conjunto. Nesta tarde fria de outono, a bebida que acompanha muito bem aqui é um chazinho de maracujá, que você encontra aqui no blog.






Ingredientes:

200 g de tâmaras sem caroço
200 g de farinha de trigo peneirada
100 g de farinha de amêndoas
200 g de manteiga sem sal em temperatura ambiente
4 ovos em temperatura ambiente
2 colheres (chá) de fermento em pó
1 colher (chá) de água de rosas

Modo de preparo:

Pré-aqueça o forno a 180º. Unte uma forma de bolo inglês e reserve. Ponha a manteiga e o açúcar em uma tigela e bata bem até a mistura ficar clara e leve. Acrescente os ovos, um a um, batendo bem entre cada adição. Por fim acrescente as farinhas, o fermento, as tâmaras e a água de rosas. Misture tudo delicadamente para que os ingredientes se integrem bem. Costumo colocar as tâmaras picadas aos poucos e jogo os pedaços um por um. Desta forma os pedaços ficam bem incorporados. Como você pode ver pela foto, o resultado são pequenas delícias incrustadas com tâmaras. Leve ao forno e deixe assar por aproximadamente 30 minutos. Faça o teste do palito. Quando pronto retire do forno e deixe esfriar na forma por 5 minutos antes de transferir para a grelha.

Nota: a receita original é feita em forminhas individuais, mas prefiro fazer em forma de bolo inglês, pois confere mais personalidade ao bolo.

Fonte: Valentina Jacome




sábado, 27 de abril de 2013

Calda de Caramelo



Uma sugestão para não ficar horas no fogão: esta calda de caramelo para incrementar a sobremesa do fim de semana. Para ela ficar perfeita, o segredo é usar creme de leite de caixinha. Esse truque faz toda diferença nesta receita. 









Ingredientes:

2 xícaras de açúcar
1 xícara de água
200 g de creme de leite de caixinha

Modo de preparo:

Numa panela junte o açúcar com a água. Misture com o dedo indicador até que o açúcar tenha dissolvido e não deixe grudar nas laterais da panela.  Leve ao fogo médio (não coloque mais o dedo!) e deixe cozinhar, sem mexer, por cerca de 10 minutos, ou até que fique com uma coloração âmbar. Reduza o fogo para baixo e acrescente o creme de leite aos poucos. Deixe cozinhar por mais 1 ou 2 minutos, até que a calda esteja homogênea. Sirva quente ou fria.

Dica: Esta calda dura até uma semana na geladeira, desde que seja armazenada em um recipiente com tampa hermética. Antes de servir, você pode aquecê-la no micro-ondas por alguns segundos.

Não precisa ser lá muito expert para conhecer alguns fatos sobre a calda de açúcar. Você deve saber, por exemplo, que:
- Ela é feita basicamente de açúcar.
- Ela fica amarga quando passa do ponto.
- É muito fácil errar a mão e queimar a calda, o que não tem conserto.
- É muito fácil errar a mão, queimar a calda e a panela ou a fôrma junto.
- Ela queima a pele e dói: muito. 





Abóbora Recheada com Carne Seca e Requeijão



Hoje é sábado, um dia friozinho de outono pede uma comida aconchegante. A abóbora recheada foi uma ótima opção. Preparei essa delícia para o deleite dos meus companheiros de mesa. Tenho certeza que todo mundo vai adorar, você não acha?
Eu uso sempre a abóbora moranga para rechear, mas você pode usar a abóbora que encontrar, vai ficar ótima do mesmo jeito!











Ingredientes:

500 g de carne seca dessalgada, cozida e desfiada
1 xícara (café) de azeite
1 dente de alho grande picado
1 cebola média picada
1 pimentão vermelho pequeno
1 pimenta malagueta pequena
1 xícara de molho de tomate
1 cubinho de caldo de carne
1 xícara de cheiro-verde picado
1 abóbora moranga grande
200 g de requeijão cremoso

Modo de preparo:

Refogue no azeite o alho, a cebola e o pimentão. Acrescente a carne seca, refogue rapidamente e acrescente o molho de tomate, o caldo de carne e a pimenta bem picadinha e cozinhe por 10 a 15 minutos. Desligue o fogo, acrescente o cheiro verde e reserve. Corte uma tampa na moranga e retire as sementes e fiapos, deixando-a como se fosse uma panela. Feche a moranga com a própria tampa e leve ao forno alto, pré-aquecido por 40 a 60 minutos. Para saber se está cozida espete um palito na casca. Ele deverá penetrar com facilidade. Retire um pouco da polpa da abóbora e bata no liquidificador com um pouco do molho da carne para fazer um creme. Recheie a moranga com a carne seca refogada e misturada com o creme de abóbora, que já estarão aquecidos, e despeje o requeijão por cima. Volte ao forno somente até que o requeijão derreta e sirva.






























Fonte: Renata Boechat

quarta-feira, 24 de abril de 2013

Muffins de Ovomaltine



Assim como existe um dia após o outro, existe um muffin diferente pra cada dia, e isso é bom demais, eu acho. O “Ovomaltine” conseguiu produzir muffins bem apetitosos, olha só!










Ingredientes:

1 ½ xícara de farinha de trigo
2 colheres (sopa) de açúcar mascavo
1 barra de chocolate de Ovomaltine quebradinha
2 colheres (sopa) bem cheias de Ovomaltine
2 colheres (sopa) bem cheias de chocolate em pó
1 colher (sopa) de fermento em pó
1 ovo
2 colheres (sopa) de manteiga derretida
200 ml de leite integral

Modo de preparo:

Pré-aqueça o forno a 180º. Em uma tigela, coloque todos os ingredientes secos, incluindo os pedacinhos de chocolate. Acrescente o leite, o ovo e a manteiga. Mexa bem até ficar homogêneo. Coloque nas forminhas de muffins e leve ao forno por cerca de 20 minutos, ou até que estejam assados. Retire do forno. Decore a gosto.

Nota: existe no mercado, uma infinidade de confeitos para cupcakes e muffins. Use a imaginação para decorar.

Fonte: Renata Boechat

segunda-feira, 22 de abril de 2013

Bolo de Banana com Fécula de batata



Esta receita foi desenvolvida para celíacos, a partir de um bolo de banana delicioso – receita de família da autora - que, quando descobriu ter restrição a glúten, se viu na iminência de não mais saborear esta e outras iguarias, por conter farinha de trigo. Nesta preparação, a farinha de trigo foi substituída pela fécula de batata que lhe conferiu uma incrível leveza e sabor. Celíacos e não celíacos aproveitem, este bolo é de capotar!





Ingredientes:

Massa, recheio e cobertura:

10 colheres (sopa) de fécula de batata
10 colheres (sopa) de açúcar refinado
1 colher (sopa) de fermento em pó
12 bananas nanicas maduras
4 ovos
150 g de manteiga
½ xícara de açúcar refinado para polvilhar
1 colher (sopa) de canela em pó para polvilhar

Modo de preparo:
Em um bowl, misture a fécula, o açúcar e o fermento. Reserve. Unte uma assadeira de 30x20cm com manteiga. Forre com papel manteiga e novamente unte com manteiga e fécula. Fatie 4 bananas na horizontal e arrumando as fatias na assadeira, cubra com 7 colheres da mistura de secos e com 50 g da manteiga cortada em cubinhos, espalhando sobre a mistura dos secos. Repita este processo mais 2 vezes (lembra a parlenda: sete e sete são catorze...), finalizando com a manteiga. Em cada camada, alterne o sentido da banana. Bata os ovos até quadriplicar o volume e ficar bem fofo, espalhe sobre o bolo. Misture ½ xícara de açúcar com 1 colher de sopa de canela em pó. Finalize polvilhando essa mistura por cima e leve ao forno pré-aquecido à 180 graus por cerca de 25 minutos ou até ficar bem dourado e perfumado.
Fonte: Carolina Brandão
 

sexta-feira, 19 de abril de 2013

Drink Dry Martini



Em plena Guerra Fria, lá pelos idos dos anos 50, Nikita Khrushev, primeiro secretário do Partido Comunista da União Soviética, achava graça em dizer que a arma mais letal de que os americanos dispunham era o dry martini. Para se ter uma idéia do poder de fogo atribuído a esse drinque, pense que o apelido carinhoso que ele tem é “silver bullet” (“bala de prata”), projétil que, diz a lenda, serve para matar lobisomen. Assombrações à parte, com muito glamour, lá vai a receita para o dry martini perfeito, o drinque dos drinques...



Ingredientes:

3 doses de gim
1/2 dose de vermute seco (de preferência o Noilly Prat)
Cubos de gelo a gosto
Casca de limão siciliano

Modo de preparo:

Num copo misturador cheio de gelo, despeje o gim e o vermute. Mexa em círculos com uma colher bailarina, tomando cuidado para não partir demais o gelo. Mexa até a mistura estar bem gelada. Com a ajuda de uma peneira de coquetelaria, despeje numa taça. Perfume a borda da taça com casca de limão siciliano e decore com azeitona.

 

Fonte: Antonio Farinaci – Panelinha/Rádio Estadão
Foto: Charles Naseh
 

Torta de Frango Clássica




Irresistível, esta torta de frango é deliciosa e tem recheio cremoso na medida. A massa bem crocante é multiuso e superprática... Nem precisa descansar!









Ingredientes:

Recheio:

1 peito de frango
1 cebola grande bem picadinha
1 dente de alho amassado
3/4 de xícara (chá) de óleo de milho ou de canola
1 xícara (chá) de suco de tomate
1 folha de louro
1 pitada de noz-moscada
1 ramo de tomilho
1 xícara (chá) de água fervente
10 azeitonas verdes sem caroço picadas
2 gemas
½ xícara de salsinha fresca picada
Caldo de 1 limão 

Modo de preparo:

Numa tigela grande, junte o frango, o sal e o caldo do limão. Deixe marinar por 30 minutos. Leve uma panela grande ao fogo médio. Quando aquecer junte o óleo, a cebola ralada, o alho amassado e o peito de frango. Refogue até dourar ligeiramente. Adicione o suco de tomate, o louro, a noz-moscada e o tomilho. Tampe a panela e deixe cozinhar em fogo médio por 10 minutos. Desligue o fogo e transfira o peito de frango para uma travessa grande. Quando esfriar, desfie com um garfo. Volte o frango desfiado ao molho que ficou na panela. Junte a água fervente, as azeitonas picadas, as gemas e a salsinha. Misture muito bem. Deixe cozinhar por cerca de 30 minutos em fogo médio.


Ingredientes:

Massa:

400 g de farinha de trigo
220 g de manteiga gelada e picada
1 ovo inteiro batido
2 gemas batidas
1 colher (chá) de sal
3 colheres (sopa) de leite frio
1 colher (sopa) de iogurte natural

Modo de preparo:

Pré-aqueça o forno a 180º. Numa tigela grande, coloque a farinha, o sal e o fermento. Junte os cubinhos de manteiga e, com as pontas dos dedos, vá misturando até formar uma farofa grossa. Procure não demorar nem trabalhar demais a manteiga, para ela não derreter. Quanto mais pedaços espalhados pela massa, mais crocante ela fica. Misture o ovo, a gema, o leite, o iogurte, o sal e coloque na farofa. Amasse muito bem até a massa ficar lisa. Embrulhe em papel filme e leve à geladeira por 15 minutos. . Divida a massa em 3 partes. Reserve uma na geladeira para fechar a torta. Forme uma bola com 2/3 da massa. Com um rolo, numa superfície enfarinhada, abra a massa até ficar grande o suficiente para cobrir o fundo e a lateral de uma fôrma de torta de 25 cm de diâmetro.
Transfira a massa para a fôrma. A maneira mais prática é enrolar a massa no rolo de macarrão e desenrolar sobre a fôrma. Com os dedos, pressione a massa contra as laterais e o fundo da fôrma e retire as sobras. Com um garfinho, faça furos no fundo da massa, para que ela não infle ao assar. Coloque o recheio na fôrma. Abra o resto da massa com o rolo e feche a torta com ela. Com as pontas dos dedos, pressione as beiradas e retire o excesso de massa. Bem no centro da torta, com a ponta de uma faquinha, faça um pequeno corte em cruz para que, ao assar, o vapor tenha por onde sair. Faça uma bolota com as rebarbas e abra novamente a massa. Com a ponta de uma faca, corte filetes para quadricular a torta. Leve ao forno pré-aquecido para assar por 40 minutos ou até dourar.


 












Azeitona Aperitivo



Chegou visita de última hora e você não tem nenhum petisco pronto? Aquelas azeitonas que estão na geladeira ganham uma carinha chique se forem temperadas. Aperitivo delicioso, elas são ideais para combinar com a clássico drink Dry Martini além do preparo ser pá pum!








Ingredientes:

1 xícara de azeitonas verdes sem caroço
3 dentes de alho
10 folhas de manjericão
1 colher (sopa) de azeite
Sal e pimenta-do-reino moída na hora a gosto

Modo de preparo:

Numa tábua, descasque os dentes de alho e amasse levemente usando uma faca. Usando uma peneira, escorra bem as azeitonas. Se quiser, lave-as sob água corrente para retirar o excesso de sal. Aproveite e lave as folhinhas de manjericão. Numa tigelinha bonita, junte as azeitonas, o alho descascado, o azeite e as folhas de manjericão e misture. Tempere com pimenta-do-reino a gosto e sal, se desejar. Sirva a seguir.

Manjar de Coco com Calda de Ameixas



Um clássico da cozinha brasileira, o manjar-branco é uma daquelas sobremesas que devem ser feitas e refeitas muitas vezes.









Ingredientes:

Pudim:

200 ml de leite de coco
100 g de coco ralado (opcional)
700 ml de leite integral
1 lata de leite condensado
1 caixa de creme de leite
5 colheres (sopa) de amido de milho
Óleo de milho ou de canola para untar a fôrma

Calda:

150 g de ameixas-pretas
½ xícara de água
1 xícara de açúcar
3 cravos-da-índia
1 rama de canela

Modo de preparo:

Pudim:

Numa panela grande, junte todos os ingredientes e misture muito bem com uma colher até dissolver o amido de milho. Leve a panela ao fogo médio, mexendo sempre. Quando a mistura ferver, deixe cozinhar por mais 5 minutos, sem parar de mexer. Desligue o fogo. Unte uma fôrma de pudim com óleo. Em seguida, transfira o creme da panela para a fôrma. Deixe esfriar. Enquanto o manjar esfria, comece a preparar a calda. Quando o manjar estiver completamente frio, leve à geladeira e deixe gelar por 2 horas.

Calda:

Numa panela pequena, junte as ameixas, a água, o cravo, a canela e o açúcar e leve ao fogo baixo. Deixe cozinhar por 10 minutos ou até que a calda fique em ponto de fio. Desligue o fogo e deixe a calda esfriar. Retire os cravos e a canela e descarte-os.

Montagem:

Retire o manjar da geladeira. Para desenformá-lo, passe uma faquinha de ponta arredondada nas laterais da fôrma. Em seguida, coloque um prato sobre a fôrma e vire de uma vez. Com a ajuda de uma colher, decore com as ameixas e distribua a calda sobre o manjar. Sirva gelado.























sexta-feira, 12 de abril de 2013

Bolo Gelado de Frutas



Tentador da primeira à última fatia, este bolo gelado é uma sugestão para você preparar e degustar com pessoas queridas e agradecer por elas existirem na sua vida... 










Ingredientes:

Pão de Ló:

2 xícaras de farinha de trigo peneirada
2 xícaras de açúcar refinado peneirado
1 xícara de leite quente
4 ovos temperatura ambiente
1 colher (sopa) de fermento em pó peneirado

Recheio:

1 lata de leite condensado
A mesma medida de leite integral
1 caixinha de creme de leite
3 colheres (sobremesa) de amido de milho (dissolver numa parte do leite)
1 colher (chá) de margarina
2 gemas sem a película
Frutas a gosto, sugestão: morango, pêssego em calda, manga, kiwi, carambola e uvas Thompson


Calda:

1 ½ xícara de água filtrada
3 colheres (sopa) de açúcar refinado

Decoração:

300 ml de chantilly batido

Modo de preparo:

Bata as claras em neve, acrescente as gemas; bata até obter um creme claro e até dobrar de volume. Acrescente o açúcar e bata rapidamente. Desligue a batedeira e acrescente o leite quente e vá misturando a farinha e o fermento delicadamente, até obter uma massa lisa e uniforme. Unte com manteiga o fundo de uma forma redonda de 23 cm, coloque papel manteiga e novamente unte o papel manteiga – não unte a lateral da forma. Coloque a massa e leve para assar em forno pré-aquecido a 180º por aproximadamente 40 minutos.

Recheio:

Levar todos os ingredientes do recheio ao fogo brando, mexendo sempre até engrossar. Reserve.

Calda:

Leve ao fogo até dissolver o açúcar. Utilize fria.
Montagem:
Corte o bolo em três partes. Umedeça uma parte e acrescente o recheio. Coloque a segunda parte do bolo, umedeça, cubra com uma fina camada de chantilly e espalhe metade das frutas. Coloque a última parte do bolo e umedeça. Cubra o bolo com o chantilly e decore com o restante das frutas.

Fonte: Fátima Lisboa
 

Frango Frito Crocante - Tipo KFC

Fim de semana chegando, já dá para pensar em comer uma fritura em casa. Com óleo de boa qualidade e sem exageros, acho que dá para encarar esse franguinho. Pra não pesar tanto na consciência, sirva com uma salada de folhas e, olha, preços altos à parte, você pode optar por fazer uma graça e coroar a salada com tomatinhos, só para ela ficar com cara de luxo.







Ingredientes:

2 kg de coxa e peito de frango
6 dentes de alho picados
1 colher (café) de pimenta calabresa seca
suco de 1 limão
1 colher (sopa) de sal
orégano a gosto
Para Empanar:

3 ovos
½ xícara (chá) de água

3 xícaras (chá) de farinha de trigo
1 colher (chá) de páprica doce
3 xícaras (chá) de farinha de milho flocada
3 xícaras (chá) de corn flakes
1 colher (sopa) de sal
Pimenta do reino moída a gosto
Noz moscada ralada a gosto
Modo de preparo:

Tempere as coxas com sal, alho, pimenta, suco de limão e deixe tomar gosto na geladeira por 30 minutos. Enquanto isso, tempere a farinha de trigo com sal, páprica doce e pimenta, misture e reserve . Para a farinha flocada de milho tempere também com sal e pimenta e reserve. Tempere os ovos batidos com a água e comece a empanar; passe cada pedaço de frango na farinha de trigo temperada, nos ovos e na farinha de milho flocada. Deixe cada pedaço de frango descansar por 10 minutos. Então, passe pelos ovos novamente e em seguida pelo Corn Flakes. Aperte muito bem com as mãos e frite sob imersão em óleo moderado até que fique bem dourado. É importante fritar nesta temperatura para que a carne do frango fique cozida por dentro.

Fonte: Daniel Bork