sábado, 30 de março de 2013

Pão de Ló com Doce de Leite e Chocolate



Faça um bolo diferente e delicioso. Este pão de ló de baunilha é recheado com doce de leite e crisps de chocolate belga. E a farinha de trigo é substituída pela fécula de batata, que o torna incrivelmente leve e super delicado e indicado para os celíacos,  por não conter glúten...








 
Ingredientes:

Massa:

10 ovos
10 colheres (sopa) de açúcar refinado
8 colheres (sopa) de fécula de batata
4 colheres (sopa) de amido de milho
1 colher (chá) de essência de baunilha

Recheio e cobertura:

500 g de doce de leite cremoso
150 g de creme de leite
2 colheres (chá) de canela em pó
2 colheres (chá) de essência de baunilha

Finalização:

250 ml de leite fervido e frio misturado com 1 colher (chá) de essência de baunilha para umedecer a massa
150 g de crisps de chocolate belga para decoração

Modo de preparo:

Massa:

Junte os ovos e o açúcar em um bowl de inox e leve ao fogo em banho-maria sem tocar a água, mexendo sem parar até aquecer, cerca de 38 graus, aproximadamente. Retire do fogo e leve a batedeira, batendo até quadriplicar o volume. Com uma espátula e peneirando, incorpore a fécula e o amido, mexendo delicadamente. Acrescente a baunilha. Unte uma assadeira redonda de 25 cm de diâmetro com manteiga e fécula. Despeje a massa e asse em forno pré-aquecido a 180º por cerca de 30 minutos ou até dourar e assar por dentro. Deixe esfriar.

Recheio:

Abra a massa ao meio, umedeça a parte de baixo com metade do leite e espalhe metade do leite temperado. Cubra com a outra parte da massa, regue com o leite restante e finalize com o restante do doce de leite. Decore com os crisps de chocolate. Leve a geladeira antes de servir. 

Nota: este bolo não leva fermento.

Fonte: Carolina Brandão
 

Pão de Torresmo



O pão de torresmo é receita italiana, uma herança da imigração italiana no Brasil. Se tornou o pão popular na mesa dos paulistanos.Tem um aroma todo especial e gosto de comida da fazenda. Existe coisa melhor do que cheirinho de pão assado?









 
Ingredientes:

Massa:

30 g de fermento biológico fresco
20 g de açúcar refinado
250 ml de água morna
2 colheres (sopa) de banha de porco ou manteiga ou margarina
1 ovo
2 colheres (sopa) de leite em pó
500 g de farinha de trigo – aproximadamente
1 colher (sopa) de sal
2 gemas para pincelar

Recheio:

2 colheres (sopa) de margarina para folhar
500 g de torresmo processado

Modo de preparo:

Dissolva o fermento fresco no açúcar até se tornar liquido. Acrescente a água morninha e dissolva bem o líquido grosso de fermento. Acrescente a banha de porco, o ovo e o leite em pó. Acrescente um pouco de farinha de trigo. Só então coloque o sal. Vá secando a massa com farinha até que seja necessário sovar na bancada. Trabalhe o pão com uma mão na massa e a outra com espátula (a que se usa para temperar chocolate no granito), para facilitar. Não seque demais, ficando homogênea, lisa, levemente pegajosa e seca por fora, boleie, cubra com pano e deixe descansar até dobrar de volume. Dobrou de volume, devolva na bancada de granito enfarinhada e abra com o rolo e aplique a margarina para folhar. Em seguida espalhe parte do torresmo sobre a massa (deixe um pouco para finalizar) e dobre em 4 partes. Abra novamente a massa com o rolo, corte em tiras do tamanho desejado e enrole formando roscas. Pincelar com gemas, passando o torresmo restante em cima. Coloque-as na forma e deixe que cresçam por 30 minutos.  Ajeite no tabuleiro untado com manteiga e polvilhado com farinha de trigo. Forno pré-aquecido a 180º. Leve para assar por cerca de 30 minutos ou até que estejam assadas e douradas.

Fonte: Benjamin Abrahão

Nhoque Recheado



Não há nada mais delicioso que reunir a família, os amigos queridos para comemorar uma data especial. Um clima de confraternização, típico da ocasião, preparar um almoço de domingo de Páscoa que é uma festa familiar e religiosa única. Estar perto de quem gostamos, torna a ocasião ainda mais feliz. Esta é uma sugestão que agrada a todos, principalmente as crianças. Estas com certeza são as que mais se divertem... 





 
Ingredientes:

Massa:

1 kg de batata cozida e espremida ainda quente
1 ovo
20 g de manteiga
150 g de queijo parmesão ralado
220 g de farinha de trigo
100 g de amido de milho
Sal a gosto

Recheio:

200 g queijo muçarela ralado no ralo médio
50 g de queijo parmesão ralado
3 colheres (sopa) de requeijão cremoso

Finalização:

Molho ao sugo ou outro de sua preferência
Queijo parmesão ralado para polvilhar

Modo de preparo:

Massa:

Misture a gema com a manteiga e a batata. Junte os demais ingredientes. Faça uma massa homogênea. Abra em tiras. Faça bolinhas como brigadeiro e recheie. Ferva em uma panela, água com sal e óleo. Coloque os nhoques já recheados na panela e a medida que forem subindo, já estarão prontos para ir à um refratário forrado com umas duas conchas de molho. Espalhe o restante do molho por cima dos nhoques cozidos, polvilhe queijo parmesão ralado a gosto e leve o refratário ao forno pré-aquecido a 180º, por cima de uma assadeira de alumínio até gratinarem.

Sugestão de recheios:
Queijo gorgonzola
Queijo brie com damasco
Presunto e muçarela

Sugestão de molhos:
Molho bechamel aos quatro queijos
Molho a bolonhesa
Molho parisiense
 










quinta-feira, 28 de março de 2013

Rolinho Primavera



Esta popular receita chinesa, tem presença certa nos restaurantes típicos do país. É simples, porém trabalhosa; mas vale pelo resultado final: uma delícia leve e crocante...











 
Ingredientes:
Massa:

2 xícaras de farinha de trigo
1 colher (café) de sal
300 ml de água gelada
1 colher (sopa) de óleo

Recheio:

1 colher (sopa) de gengibre ralado
1 colher (sopa) de amido de milho
1 colher (sopa) de shoyu
1 colher (sopa) de saquê
2 colheres (sopa) de óleo de gergelim
3 colheres (sopa) de óleo de milho
300 g de lombo de porco cortado em tiras bem finas
300 g de repolho picado em tirinhas
1 cenoura ralada
4 talos de cebolinha verde
1 dente de alho amassado
Sal a gosto

Molho agridoce:

1 e ½ xícara de suco de abacaxi
¼ xícara de amido de milho
½ xícara de vinagre branco
½ xícara de catchup
1 colher (chá) de sal
2 colheres (chá) de açúcar

Modo de preparo:

Recheio:

Em uma panela, aqueça os óleos de milho e gergelim e doure o alho e o lombo. Adicione o saquê, o shoyu e o sal. Cozinhe por alguns minutos. Acrescente a cenoura, o repolho e o gengibre. Cozinhe até murchar o repolho. Acrescente o amido de milho dissolvido em um pouco de água e junte a cebolinha verde. Mexa até engrossar e desligue o fogo. Reserve.

Massa:

Bata todos os ingredientes no liquidificador. Aqueça uma frigideira antiaderente e com auxílio de um pincel de silicone espalhe uma camada bem fina da massa. Quando a massa começar a soltar dos lados, retire do fogo. Coloque no prato e reserve. Obs.: Frite a massa só de um lado. Estenda cada disco de massa sobre uma superfície plana e seca. Distribua o recheio frio na parte central de cada disco e dobre-os como se fosse um “embrulho”. Feche cada rolinho pincelando as laterais da massa com um pouco de massa crua. Frite os rolinhos em óleo quente. Escorra e coloque sobre papel-toalha. Sirva com o molho.

Molho:

Em uma panela, coloque todos os ingredientes. Leve ao fogo e mexa. Cozinhe por aproximadamente 2 minutos.  

Dica: Você pode substituir o lombo de porco por :
Peito de frango
Camarões médios

quarta-feira, 27 de março de 2013

Flor de Coco



Pão doce que remete à infância, casa da avó, quando interrompíamos a brincadeira – com prazer - para o café da tarde e o perfume do pão se espalhava pela casa. Vamos dar essa alegria para os nossos queridos? 







 
Ingredientes:

Massa:

6 xícaras de farinha de trigo
3 colheres (sopa) de açúcar refinado
4 gemas
2 colheres (sopa) de manteiga
1 e ½ xícara de leite morno
30 g de fermento biológico fresco
1 pitada de sal

Recheio:

100 g de manteiga sem sal
200 g de coco ralado em flocos seco (re-hidratar com 3 colheres (sopa) de água
½ lata de leite condensado

Calda:

1 xícara de leite integral
1 e ½ xícara de açúcar refinado
Açúcar cristal ou coco ralado para polvilhar

Modo de preparo:

Massa:

Fazer uma esponja, dissolvendo o fermento com o açúcar, 1 xícara de leite morno e 100 g de farinha de trigo. Deixar descansar por 15 minutos. Acrescentar as gemas, a manteiga, o restante do leite e da farinha, aos poucos e por último, o sal, sovando e rasgando a massa com as mãos. Transferir para um bowl coberto com filme plástico, deixando crescer por 30 minutos. Numa superfície enfarinhada, com um rolo, abrir a massa num retângulo de aproximadamente 3 mm de espessura. Espalhar a manteiga, e por cima, o coco ralado e o leite condensado. Enrolar a massa como rocambole, cortando-a em fatias de mais ou menos 3 cm. de largura. Untar com manteiga e polvilhar com farinha de trigo, uma forma redonda com furo central, colocando as fatias deitadas, com o recheio virado para cima. Deixar crescer por mais 30 minutos. Depois de crescer, leve ao forno pré-aquecido à 180º por aproximadamente 20 minutos e depois, se não estiver dourado, mais alguns minutos à 200º ou até que esteja dourado e assado por dentro.

Calda:

Levar ao fogo o leite integral e o açúcar refinado até ferver e dissolver o açúcar. Deixe esfriar e utilize.

Finalização:

Quando assado, espalhe a calda por cima do pão ainda quente. Polvilhe com o açúcar cristal ou coco ralado. Dica: Não deixe o pão esfriar na forma. Desenforme-o morno e coloque-o em uma grade para respirar, senão o fundo fica mole e umedecido.
 

Bacalhau à Gomes de Sá



Esta receita, tipicamente portuguesa, é de encher os olhos! O Bacalhau à Gomes de Sá, leva o nome de seu criador, um cozinheiro de um restaurante lisbonense do final do século XIX. O prato fica sofisticado, mas é super simples de fazer. Veja só:








 

Ingredientes:

6 batatas
Azeite a gosto
Sal a gosto
2 ramos de alecrim fresco
1 kg de bacalhau dessalgado
1 litro de leite integral
2 folhas de louro
5 grãos de pimenta do reino
Cheiro verde a gosto
3 tomates
3 cebolas
1 colher (chá) de açúcar
3 dentes de alho cortados em lâminas
1 pimenta dedo de moça picada
15 azeitonas pretas

Modo de preparo:

Cozinhe as batatas até ficarem al dente (não precisa deixar cozinharem muito). Depois, dê um murro nelas e coloque-as em uma assadeira untada com azeite. Regue-as com mais azeite. Polvilhe sal e alecrim e leve ao forno pré-aquecido a 180º por 20 minutos, ou até dourarem. Feito isso, coloque o bacalhau em uma panela, cubra-o com leite e adicione louro, pimenta em grão e o cheiro-verde. Leve, então, ao fogo para ferver por 5 minutos. Retire o bacalhau do leite e solte-o em lascas. À parte, corte os tomates e as cebolas em 6 partes, regue-os com azeite e leve para assar em forno pré-aquecido a 180º. Retire os tomates após 20 minutos e as cebolas após 40 minutos. Reserve. Em uma frigideira grande, coloque azeite, as cebolas assadas, o açúcar, os alhos e a pimenta dedo de moça. Refogue por 5 minutos e então acrescente o tomate assado. Tempere com pimenta do reino e um pouco de sal, misture bem e deixe o tomate soltar um pouco de água. Por fim, acrescente o bacalhau e finalize com cheiro verde, azeitonas pretas e folhas de louro. Sirva acompanhado das batatas ao murro.

Fonte: Brasil no Prato
 



Bolo Formigueiro



Um clássico entre os bolos! Nesta receita, a base é de baunilha e os pontinhos de chocolate dão a característica principal do “formigueiro”. Perfeito para sua sobremesa!








Ingredientes:

Massa:

200 g de manteiga sem sal
2 xícaras de açúcar refinado
4 ovos
1 colher (sopa) de essência de baunilha
3 xícaras de farinha de trigo
1 colher (sopa) de fermento em pó
1 pitada de sal
1 xícara de leite
½ xícara de splits de chocolate belga Callebaut, ou chocolate granulado
8 bolachinhas em formato de estrela para finalizar

Ganache:

200 g de chocolate meio amargo picado
1 caixinha de creme de leite
1 colher (sopa) de rum

Modo de preparo:

Massa:

Bata a manteiga com o açúcar até ficar fofo. Acrescente os ovos, um a um, alternando com a baunilha. Em uma tigela, peneire a farinha, o fermento e a pitada de sal. Em seguida, junte o leite e a mistura seca, alternando os dois. Finalize com uma porção da mistura seca, para a massa ficar bem lisa. Adicione, então, os splits ou o granulado de chocolate, delicadamente, à massa. Despeje em uma forma de furo no meio untada com manteiga e polvilhada com farinha de trigo. Asse em forno pré-aquecido à 180º por cerca de 30 minutos. Deixe esfriar, desenforme e distribua as bolachinhas no topo do bolo, cobrindo-o com a ganache de chocolate.

Ganache:

Esquente o creme de leite em banho-maria, misture o chocolate picado, mexendo para derreter completamente. Por último, adicione o rum. Deixe esfriar e empregue.

Fonte: Carla Pernambuco
 




sexta-feira, 22 de março de 2013

Moqueca de Camarão



A jóia do mar... Ingrediente premium, o camarão é muito lembrado em dia de menu especial. Aqui é protagonista da moqueca de camarão, receita com sotaque baiano.









 
Ingredientes:

500 g de camarão médio sem as cascas e sem as vísceras do dorso
1 cebola grande picada
1/2 de xícara de azeite de oliva
2 tomates sem pele picado
1 pimentão vermelho em cubos
3 colheres (sopa) de azeite de dendê
1 colher (sopa) de coentro fresco picado
1 vidro (200 ml) de leite de coco
1 pimenta dedo-de-moça em tirinhas
½  xícara de cheiro verde picado
Sal e pimenta-do-reino a gosto

Acompanhamento:

Farofa crocante:

3 colheres (sopa) de azeite de dendê
1 xícara de farinha de mandioca crua
½ xícara de cheiro verde picado
½ xícara de castanhas de caju picadas

Modo de Preparo:

Frite a cebola no azeite de oliva e disponha os camarões por cima. Frite-os por 2 minutos de cada lado. Retire da panela e reserve. Coloque na panela da cebola, os tomates, em seguida o pimentão. Acrescente o leite de coco. Quando abrir fervura, acerte o sal, diminua o fogo e ponha o azeite de dendê, o coentro, as pimentas e o cheiro verde. Acrescente o camarão reservado e desligue o fogo.

Farofa crocante:

Ponha o azeite de dendê em uma frigideira e comece a aquecer. Coloque a farinha de mandioca e mexa sempre em fogo super baixo – para não queimar a farinha. Paciência é o elemento chave dessa farofa. Acrescente as castanhas e retire do fogo apenas quando experimentar e estiver crocante.

Sirva a moqueca com arroz branco e a farofa crocante.



Torta crisps com Coco




Quer dar um upgrade na sobremesa de domingo? Esta torta é a solução. Além de levar poucos ingredientes, é saborosa, crocante e diferente.  A família vai aplaudir...










 
Ingredientes:

Base:

2 colheres (sopa) de manteiga
200 g de chocolate meio amargo
150 g de flocos de milho açucarados

Recheio:

1 lata de leite condensado
1 caixinha de creme de leite
100 g de coco ralado
3 gemas

Modo de preparo:

Recheio:

Em fogo baixo, misture o leite condensado, o coco e as gemas até que a massa solte do fundo da panela. Reserve.

Base:

Leve a manteiga ao fogo e deixe derreter. Acrescente o chocolate e mexa até formar uma massa. Retire do fogo e coloque os flocos de milho aos poucos. Misture bem. Coloque em uma forma de fundo removível, espalhando bem com uma colher nas laterais e no fundo. Leve a geladeira por 30 minutos. Aplique o recheio frio na casquinha de chocolate, decore com coco.

Autora: Renata Sereguetti



Base:

2 colheres (sopa) de manteiga
200 g de chocolate meio amargo
150 g de flocos de milho açucarados

Recheio:

1 lata de leite condensado
100 g de coco ralado
3 gemas

Modo de preparo:

Recheio:

Em fogo baixo, misture o leite condensado, o coco e as gemas e o creme de leite, até que a massa solte do fundo da panela. Reserve.

Base:

Leve a manteiga ao fogo e deixe derreter. Acrescente o chocolate e mexa até formar uma massa. Retire do fogo e coloque os flocos de milho aos poucos. Misture bem. Coloque em uma forma de fundo removível, espalhando bem com uma colher nas laterais e no fundo. Leve ao freezer por 3 horas. Aplique o recheio frio na casquinha de chocolate, decore com coco.

Autora: Renata Sereguetti

 















Alfajores Argentinos



O alfajor é um doce tradicional da Argentina, Chile, Peru, Uruguai e outros países ibero-americanos. Foi tradicionalmente criado na Espanha e seu nome provém do árabe  al hasu, que significa “recheado”. O clássico é recheado com uma farta camada de doce de leite que se deixa transbordar em suas laterais, onde o coco ralado "cola", dando um efeito gracioso.  Os  ditos “gourmet” levam um banho de chocolate derretido e são decorados com diversos temas e servem até como decoração de festas

 
Ingredientes:

Massa:

200 g de manteiga sem sal
3 gemas
1 xícara de açúcar
250 g de amido de milho
250 g de farinha de trigo
1 colher (chá) de essência de baunilha
Casca ralada de 1 limão
1 colher (sopa) de licor Curaçao
1 pitada de sal
1 colher (chá) de fermento em pó

Recheio:

1 lata de doce de leite em ponto de corte (ou 1 lata de leite condensado cozido na panela de pressão por 40 minutos depois que a panela “chiar”)

Finalização:

100 g de coco ralado seco
Papel celofane para embrulhar

Modo de preparo:

Coloque numa tigela grande o amido de milho e a farinha de trigo. Abra uma cova e acrescente todos os demais ingredientes. Vá amassando delicadamente, com as pontas dos dedos, até obter uma massa bem macia e homogênea, que não grude nas mãos. Deixe a massa descansar por dez minutos, na geladeira, coberta com plástico. Em seguida, abra a massa na espessura de meio centímetro (uma dica para que fiquem todos da mesma espessura é utilizar dois pedaços de madeira com meio centímetro – tipo de uma régua, deixando a massa no meio, passando o rolo por cima das duas “réguas”). Corte com cortadores redondos de cinco centímetros de diâmetro. Coloque em assadeira levemente untada e enfarinhada e leve ao forno pré-aquecido a 180º por aproximadamente 15 minutos (sem deixar corar na superfície). Retire do forno e deixe esfriar. Una os alfajores com doce de leite e passe suas laterais em coco ralado seco. Embrulhe em papel celofane.
Lali, estes são para você, linda.

Rendimento: 40 cortes, ou seja, 20 alfajores.
 



quinta-feira, 21 de março de 2013

Risoles aos Quatro Queijos




O risoles aos quatro queijos fica em segundo lugar na minha preferência. Sequinho, dourado e crocante, como qualquer salgadinho frito, é considerado um vilão. Mas, se você apreciar  em ocasiões festivas e com moderação, que mal tem? O risoles aos quatro queijos, definitivamente, surpreendente! Quer saber qual é o primeiro? O de camarão com Catupiry.  Ah! Esse não tem prá ninguém...mas a receita fica prá outra ocasião...

 
Ingredientes:

Massa:

750 ml de leite integral
250 ml de água
100 g de manteiga sem sal
1 tablete de caldo de galinha
½ xícara de salsa picadinha
500 g de farinha de trigo peneirada
1 colher (chá) de sal

Recheio:

100 g de queijo gorgonzola amassado
250 g de queijo prato ralado
100 g de queijo parmesão ou provolone ralado
200 g de Catupiry
Orégano a gosto

Finalização:

Clara de ovo e farinha de rosca para empanar
Óleo de milho para fritar


Modo de preparo:

Recheio:

Misture todos os ingredientes e empregue.

Massa:

Em uma panela, leve ao fogo o leite, a água, a manteiga, o caldo de galinha esfarelado. Tempere com sal e a salsinha. Quando levantar fervura, despeje a farinha de trigo de uma só vez e mexa bem. Deixe cozinhar por mais alguns instantes e retire do fogo. Em uma mesa de trabalho, sove bem a massa (ela não deve grudar nas mãos). Quanto mais você sovar, mais macia ela ficará.

Montagem:

Com as mãos, modele uma bolinha com a massa. Aperte-a com os dedos formando uma circunferência de no máximo 2 mm de espessura. Coloque o recheio e junte as bordas e aperte dando formato de meia lua.  Repita o procedimento com toda a massa. Passe os risoles na clara ligeiramente batida e em seguida na farinha de rosca. Enquanto isso, aqueça o óleo a 175oC (use um termômetro culinário, é bem baratinho e muito útil). Assim que atingir essa temperatura, frite os risoles até dourarem na parte de baixo, e usando uma escumadeira, vire-os com cuidado, para dourarem do outro lado. Escorra em papel absorvente e sirva quentinho.

Fonte: Álvaro Rodrigues






Spirantelli Napolitano



Impossível não gostar dessa italianíssima receita. Faz parte do cardápio do almoço de Ano Novo da família. Os mesmos ingredientes de um canelone de presunto e queijo, mas com um jeitinho especial de preparo. Você vai adorar e surpreender...











 
Ingredientes:

300 g de presunto cozido fatiado
300 g de queijo prato fatiado

Recheio:

100 g de macarrão cabelinho de anjo cozido “al dente” e com choque térmico em água gelada
2 colheres (sopa) de azeite
100 g de queijo gorgonzola amassado com garfo
1 xícara de nozes picadas
Sal, pimenta-do-reino e noz moscada a gosto

Molhos:

 750 ml de molho de tomate (use a sua receita)

1 litro de molho branco (receita abaixo)

Molho Branco:

100 g manteiga
3 colheres (sopa) de farinha de trigo
1 litro de leite
½ xícara de queijo parmesão ralado
1 caixinha de creme de leite
Sal, pimenta-do-reino branca, noz moscada e temperos a gosto

Para Finalização:

1 xícara de queijo parmesão ralado para polvilhar
200 g de requeijão cremoso

Modo de Preparo:

Misture delicadamente todos os ingredientes do recheio e tempere a gosto. Disponha as fatias de queijo prato sobre as fatias de presunto, coloque o recheio e enrole cada um como se estivesse fazendo panquecas. Corte-os ao meio. Num refratário grande, espalhe 2/3 do molho de tomate e arrume os rolinhos de presunto, regue com o molho branco e o restante 1/3 do molho de tomate restante. Finalize fazendo uma pitanga de requeijão cremoso em cada rolinho. Polvilhe queijo parmesão e leve ao forno pré-aquecido para gratinar.

Fonte: Álvaro Rodrigues

Empadinha Folhada



Empadinhas quentinhas com recheio cremoso de palmito, e, com um diferencial: massa folhada crocante. Tem como resistir? Acho que não...










Ingredientes:

Primeira Massa:

250 g de farinha de trigo
2 colheres (sopa) de manteiga
2 gemas
1 xícara de água

Segunda Massa:

200 g de manteiga para folhar
150 g de farinha de trigo
2 colheres (sopa) de queijo parmesão ralado
1 gema para pincelar

Recheio:

3 colheres (sopa) de azeite
1 cebola grande picada
2 tomates sem pele picados
1 vidro grande de palmitos picados
250 ml de leite integral
½ xícara de azeitonas verdes picadas
Sal, orégano, manjericão, pimenta-do-reino e temperos a gosto
½ xícara de cheiro-verde picado
2 colheres (sopa) de farinha de trigo
Requeijão cremoso a gosto

Modo de Preparo:

Recheio:

Em uma panela aqueça o azeite. Refogue a cebola, os tomates, os palmitos, o leite e  as azeitonas. Acrescente os temperos e a farinha de trigo misturando para se agregarem. Adicione o cheiro-verde, desligue o fogo e deixe esfriar.

Primeira Massa:

Em um recipiente, coloque a farinha, a manteiga e as gemas. Misture com as mãos, acrescentando a água aos poucos. A seguir, sove a massa sobre a superfície lisa e reserva.

Segunda Massa:

Em uma tigela, coloque a farinha, a manteiga para folhar e o queijo parmesão ralado. Misture com as mãos até obter uma farofa. Coloque em um saco plástico e deixe na geladeira por aproximadamente 15 minutos. Abra a primeira massa e acomode a segunda sobre ela. Feche e deixe na geladeira mais um pouco. A seguir, abra com um rolo, sempre polvilhando farinha. Dobre-a e abra-a novamente. Modele com um cortador redondo. Coloque em forminhas de empadas e utilize o recheio. Pincele as bordas com clara de ovo e tampe. Pincele com gema de ovo e leve ao forno pré-aquecido 200º por aproximadamente 20 minutos, ou até dourarem.
Dica: Substitua o recheio de palmito por camarão, bacalhau ou frango.
 


Filé Wellington

Momento de descontração durante participação no programa Cozinha Amiga da TV Gazeta, onde fui recebida com muito carinho por toda a equipe. Neste dia, foi preparada uma sugestão para um jantar mais elaborado, cuja receita estou compartilhando com os amigos.









 O filé mignon é uma carne nobre, muito macia e saborosa. Nesta receita, ela vem acompanhada de um delicioso molho de ervas, de vinho e redução de aceto balsâmico. A massa folhada lhe confere a crocância e com recheio de presunto e cogumelos ganhou ares sofisticados...
 
Ingredientes:

800 g de filé mignon
300 g de massa folhada

Recheio:


150 g de cogumelo-de-paris
150 g de cogumelo shitake
5 dentes de alho
Azeite a gosto
1 cebola grande picada
300 g de presunto de Parma ou cru
Sal e pimenta-do-reino a gosto

Para Pincelar:

1 colher (sopa) de mostarda de Dijon
3 gemas peneiradas

Molho:

1 cebola roxa picada
½ cebola branca picada
3 dentes de alho amassados
1 colher (sopa) de alecrim seco
3 folhas de louro
50 ml de redução de aceto balsâmico
50 ml de vinho tinto seco
50 ml de vinho do Porto tinto
100 g de manteiga
Ramos de tomilho fresco a gosto
Sal e pimenta-do-reino a gosto

Modo de Preparo:

Carne:

Tempere a carne com sal e pimenta-do-reino. Coloque o azeite em uma panela bem quente e doure o filé de todos os lados, evitando espetá-lo com um garfo ou faca. Depois de pronto, enrole o filé em um pano e seque bem. Pegue o filé ainda enrolado no pano e deixe descansar na geladeira enquanto prepara o molho e recheio.

Recheio:

Passar os cogumelos no processador e reservar. Refogar o alho e as cebolas, acrescentar os cogumelos e temperar com sal e pimenta-do-reino. Reservar. Abrir um pedaço de papel filme e distribuir as fatias de presunto cru. Por cima, espalhar a pasta de cogumelos. Colocar o filé e enrolar no papel filme. Voltar para a geladeira, ou no freezer (caso seu tempo seja curto) até que fique firme. Abrir a massa folhada e pincelar com metade das gemas. Desembrulhar a carne e envolver com a massa folha. Corte o excesso e use para decoração. Pincele novamente por fora e leve ao forno pré-aquecido a 200º por cerca de 40 minutos.

Molho:

Em uma frigideira, refogar as cebolas e o alho. Adicionar as ervas e finalizar com o aceto balsâmico e com o vinho tinto. Deixar no fogo até reduzir. Bater no liquidificador com a manteiga. Voltar ao fogo para terminar de apurar os sabores.

Fonte:Chef Thyrso/Cozinha Amiga - TV Gazeta






































quarta-feira, 20 de março de 2013

Pastel Integral de Forno



Adora shitake, shimeji e cogumelo-de-paris? Então a receita de pastel feito com massa integral, recheado com um creme de cogumelos, é para você...








Ingredientes:

Massa:

½ xícara de amido de milho
1 xícara de farinha de trigo
1 xícara de farinha de trigo integral
150 g de manteiga
l/2 xícara de iogurte natural
1 ovo
1 colher (chá) de sal

Recheio:

200 g shitake
200 g shimeji
200 g cogumelo-de-paris
2 colheres (sopa) de manteiga
Azeite a gosto
½ xícara de vinho branco seco
Sal e pimenta-branca a gosto
½ xícara de creme de leite
1 colher (sopa) de farinha de trigo – se necessário

Modo de Preparo:

Massa:

Coloque em um processador a farinha de trigo, a farinha integral, o amido de milho, o sal e a manteiga e processe até formar uma farofa. Acrescente o iogurte e o ovo e processe por apenas alguns segundos. Envolva a massa em filme plástico e reserve na geladeira de um dia para o outro. Abra a massa com a ajuda de um rolo, corte com um aro, pincelando a beirada com clara, recheie e feche, apertando delicadamente com o auxilio de um garfo. Leve para assar em forno pré-aquecido a 180º por 30 minutos, ou até que esteja dourado.

Recheio:

Derreta a manteiga com o azeite em uma frigideira e refogue os cogumelos até ficar bem dourados. Acrescente o vinho branco e deixe reduzir até secar quase toda a bebida. Adicione o creme de leite, abaixe o fogo e tempere com sal e pimenta. Reduza até adquirir consistência cremosa e espessa. Deixe esfriar antes de rechear. Se necessário utilize a farinha de trigo – 1 colher (sopa)

Fonte: Carla Pernambuco

Torta de Chocolate Branco com Maracujá



Apetitosa torta de chocolate branco, leite condensado e maracujá, com uma casquinha supercrocante. Gran Finale para um almoço de domingo.







 
Ingredientes:

Massa:

200 g biscoito de Maria ou Maisena
100 g de manteiga

Recheio:

300 g de chocolate branco
1 caixinha de creme de leite
½ lata de leite condensado
200 ml de suco de maracujá
1 colher (chá) de manteiga
1 colher (sobremesa) de glucose de milho
1 envelope de gelatina em pó sem sabor e incolor
3 claras em neve

Calda:

1 xícara de água
½ xícara de açúcar cristal ou refinado
¼ xícara de suco de maracujá concentrado
Polpa de 1 maracujá
1 colher (sopa) de polvilho doce

Modo de Preparo:

Massa:

Triture o biscoito e misture com a manteiga, até formar uma massa firme e agregada. Com ela, forre uma assadeira redonda com fundo removível e leve, então, ao forno a 180º, por 15 minutos.

Calda:

Coloque todos os ingredientes da calda numa panelinha e leve ao fogo mexendo sempre até engrossar. Reserve.

Recheio:

Derreta o chocolate com a glucose de milho em banho-maria. Retire do fogo e junte o creme de leite, o leite condensado, a manteiga e o suco de maracujá. Mexa bem e deixe esfriar. Hidrate a gelatina conforme as instruções do fabricante e junte-a ao recheio. Acrescente as claras em neve delicadamente. Despeje sobre a massa e leve à geladeira por no mínimo 4 horas, de preferência de um dia para o outro. Para finalizar, decore com raspas de chocolate branco e a calda de maracujá.

Fonte: Renata Sereguetti


 

terça-feira, 19 de março de 2013

Bolo de Fubá Gourmet



Um lar precisa de bolo. Mas se a dona do lar é exigente, esta é a receita certa. Surpreenda-se com a combinação de sabores deste bolo irresistível...









Ingredientes:
4 gemas
200 g de manteiga sem sal
2 xícaras de açúcar
1 lata de creme de leite com soro
1 vidro de leite de coco
2 xícaras de farinha de trigo
2 xícaras de fubá mimoso
Raspas de 1 limão
1 colher (chá) de essência de baunilha
1 pitada de sal
1 colher (sopa) de fermento em pó
4 claras em neve
Manteiga e farinha de trigo para untar e polvilhar
Canela em pó e açúcar de confeiteiro ou refinado para decorar

Modo de Preparo:

Pré-aqueça o forno a 180º (temperatura média). Unte uma assadeira redonda de buraco central com manteiga e polvilhe farinha. Reserve. Peneire juntos a farinha de trigo e o fubá. Reserve. Na tigela da batedeira coloque a manteiga e o açúcar. Bata em velocidade alta até obter uma mistura fofa e bem clara. Mude a velocidade para baixa. Acrescente a essência de baunilha e as gemas uma a uma e continue batendo. Aumente a velocidade e bata por 2 minutos. Mude novamente a velocidade para baixa. Adicione as raspas de limão, o creme de leite e o leite de coco, alternando com a farinha de trigo misturada com o fubá, o sal e o fermento. Agregue as claras em neve delicadamente, em movimento de baixo para cima. Transfira a massa para a forma untada e leve ao forno para assar por 45 minutos aproximadamente. Para verificar o ponto do bolo, espete um palito na massa. Se sair limpo, está pronto. Desligue o forno. Retire o bolo do forno e deixe esfriar. Arrume numa travessa, polvilhe com açúcar e canela e sirva.
 



Colomba Pascal



A generosidade em compartilhar, a simpatia e honestidade são elementos hereditários que podemos sentir. É o caso de Felipe Benjamin Abrahão, que, com muita paciência e sem esconder nenhum segredo nos ensinou mais uma receita de família que com certeza, também fará parte também da nossa mesa nesta Páscoa.










Ingredientes:


Massa:

4 colheres (sopa) de água
30 g de fermento biológico fresco
500 de farinha de trigo
100 g de manteiga
100 g de açúcar
1 colher (café) de sal
5 gemas
3 colheres (sopa) de mel
½ copo de leite gelado
Essência de laranja à gosto ou raspas de 1 laranja
1 xícara de uvas passas
1 e ½ xícara de frutas cristalizadas
Óleo para trabalhar a massa

Cobertura:

250g de castanhas de caju bem trituradas
Castanhas de caju ou nozes para polvilhar
1 e ½ copo americano de açúcar de confeiteiro
5 claras
Fios de ovos e cerejas (opcional)

Modo de preparo:

Massa:

Coloque o fermento em um pequeno recipiente e esfarele com as mãos. Adicione duas colheres de farinha, quatro colheres de água e misture. Reserve essa pequena massa por 20 minutos, até que ela cresça. É essa massa (chamada de esponja, pelo aspecto) que vai fazer com que a colomba fique macia. Em uma superfície de pedra,coloque o restante da farinha de trigo e junte a massa de fermento reservada, a manteiga, o açúcar, o sal, as gemas e o mel. Misture a massa e vá acrescentando o leite aos poucos (cuidado para não colocar muito e perder o ponto da massa, que deve ficar maleável, mas não muito mole). Nesse momento, acrescente duas colheres de sopa de essência de laranja ou a raspa da fruta. Sove a massa até desgrudar da mão. Em seguida termine de trabalhar a massa na   batedeira por cerca de 15 minutos, utilizando o batedor de gancho,  até chegar ao ponto de véu, ou seja, até que possa ser esticada, sem se romper, mas transparente. Acrescente as uvas passas e as frutas cristalizadas e incorpore delicadamente à mistura. Usando óleo nas mãos e na bancada  para trabalhar a massa. Divida-a em tres partes e deixe descansar por 10 minutos. Corte ao meio cada pedaço de massa. Com pouco mais da metade de uma das porções, faça um rolo e acomode-o no meio da fôrma própria para colomba (à venda em lojas de confeitaria). Divida os outros pedaços em dois e coloque nas partes menores da fôrma. Faça o mesmo com as outras partes da massa e preencha as outras duas fôrmas da mesma maneira. Deixe a massa descansar de 30 à 50 minutos, para crescer. Lembre-se que no calor a massa cresce mais rápido, por isso, se preferir, cubra a massa com um pano de prato seco e limpo.

Cobertura:

Enquanto a massa cresce, prepare a cobertura: coloque em um recipiente a castanha de caju triturada e metade do açúcar de confeiteiro. Em seguida, acrescente as claras e misture bem. Coloque a cobertura sobre as colombas. Antes de levá-las ao forno, salpique mais castanha de caju ou nozes e peneire a outra metade do açúcar de confeiteiro. Leve ao forno médio pré-aquecido 180º por 30 minutos. Se você optar por colocar fios de ovos e cerejas, espere as colombas esfriarem para fazê-lo.

Rendimento: 3 colombas de 500 g cada

quarta-feira, 13 de março de 2013

Chutneys



O Chutney – de origem indiana – cujo significado: “salivação” é o que expressa verdadeiramente o que é este saboroso prato: uma explosão de sabores agridoces. O ponto ideal é de um doce de colher. Tem um equilíbrio perfeito como acompanhamento para carnes bovinas, suínas, de peixes e de aves e pode também ser servido como aperitivo em pãezinhos e torradas:



Ingredientes:

Chutney de abacaxi:

2 colheres (sopa) de manteiga
1 colher (café) de curry
1 e ½ xícara de vinagre de maçã ou outro de sua preferência
1 xícara de açúcar mascavo
2 colheres (sopa) de gengibre descascado e ralado
4 dentes de alho amassados
1 colher (sopa) de sal
1 cebola roxa grande picada
1 xícara de uvas passas escuras
2 pimentas dedo de moça picadas
1 abacaxi cortado em cubos
1 rama de canela
3 cravos da índia
100 g de nozes picadas

Modo de preparo:

Em uma panela, aqueça em fogo baixo, a manteiga com o curry e refogue o alho, a cebola, a pimenta dedo de moça e o gengibre. Adicione a canela,  os cravos da índia e o açúcar mascavo. Acrescente o abacaxi (a própria água que a fruta libera é que vai cozinhar todas as especiarias), coloque o sal e a pimenta. O último ingrediente é o vinagre. Tampe e deixe cozinhar por 1h, aproximadamente, até que esteja tudo bem cozido e misturado (a dica é observar quando o abacaxi começa a desmanchar). Retire do fogo e misture as nozes picadas para dar crocância e as uvas passas escuras.

Chutney de manga:

1 xícara de vinagre de maçã
3 colheres (sopa) suco de limão
½ xícara de água
1 xícara de açúcar mascavo
2 colheres (chá) de sal
1 rama de canela
1 colher (chá) de mostarda de Dijon
3 pimentas dedo de moça picadas
4 kg de mangas Haden ou Torre descascadas e cortadas em cubos
1 colher (sopa) de gengibre descascado e ralado

Modo de preparo:

Levar ao fogo todos os ingredientes (exceto as mangas) e ferver por 5 minutos. Colocar as mangas, tampar a panela e cozinhar por 35 minutos. Observar para que não seque todo o líquido. Deve terminar a preparação com uma calda grossa no final e com as mangas bem cremosas.

Chutney de maçã:

l kg de maçãs verdes picadas
2 xícaras de vinagre de limão
500 g de açúcar
1 e ½ xícara de água
½ xícara de uvas passas claras
Sal à gosto
1 pimentão vermelho picado em cubos
1 colher (café) de curry
100 g de amêndoas ou macadâmias
250 g de cebolas roxas cortadas em pétalas misturadas com 1 colher (sopa) de açúcar – para tirar a acidez (deixar macerando por 15 minutos)


Modo de preparo:

Separar 250 g de açúcar, misturando com o vinagre e levar ao fogo para preparar uma calda. Reserve. À parte, dissolver o restante do açúcar com a água deixando ferver por uns 10 minutos. Acrescentar as maçãs, o sal, o curry, o pimentão e as cebolas maceradas. Levar ao fogo até quase secar. Retire do fogo, junte as uvas passas e as amêndoas ou macadâmias. Despeje a calda por cima e agregue aos demais ingredientes.



Chutney de Maracujá 

6 maracujás médios com a casca bem lisa
1 kg de açúcar refinado
1 cebola grande bem picada
6 dentes de alho fatiados
1 raiz de gengibre descascada e picada bem miúdo
6 pimentas dedo de moça fatiadas (3 com sementes e 3 sem sementes, mas fica a seu gosto, sabendo-se que são as sementes que tem o “ardido” da pimenta
1 copo de vinagre

Modo de preparo:

Descascar bem fino ou ralar os maracujás para retirar a casca externa (amarela) e reservar, conservando a casca branca e a polpa. Ferver essa primeira casquinha com um copo de água, coar e reservar a água, descartando a casca. Picar bem miúdo a casca branca. Juntar o vinagre, parte do caldo e sementes dos maracujás, a água reservada, cebola, alho pimenta, gengibre e açúcar e cozinhar até engrossar e a polpa branca ficar transparente.

Chutney de tomate:

Ingredientes:

4 tomates
1 pimenta dedo-de-moça
3 cebolas roxas
1 xícara de açúcar mascavo
1 ½ xícara de vinho branco seco
Raspas de 1 limão
1 colher (sopa) de curry
1 colher (café) de páprica picante
2 unidades de cravo-da-índia
1 colher (chá) de coentro
1 xícara de uvas-passas
1 rama de canela
1 colher (chá) de mostarda em grãos
Sal, a gosto

Modo de preparo:


Primeiro, faça um caramelo com o açúcar mascavo e o vinagre. Depois, acrescente as especiarias e as cebolas roxas. Adicione os tomates sem sementes e cortados em bastões. Coloque as uvas passas e deixe cozinhar durante 20 minutos, ou até engrossar. Sirva como acompanhamento de uma carne ou com torradinhas.


Conserve na geladeira em vidros esterilizados com tampas herméticas.







Torta de Maçã



A maioria das mulheres sabe preparar uma receita básica de torta de maçã, que é perfeita para servir no café da manhã, no lanche das crianças, ou no chá com as amigas... A receita que me foi dada por uma amiga há muitos anos, (não vale nem a pena dizer quantos) tirou nota 10 nos principais quesitos: crocante, cremosa e com visual arrasador. Impossível resistir...







Ingredientes:

Massa:

100 g de manteiga ou margarina
2 colheres (sopa) de açúcar refinado
1 pitada de sal
2 xícaras de farinha de trigo aproximadamente
Raspas de 1 limão
3 colheres (sopa) de whisky

Creme:

500 ml de leite integral
5 colheres (sopa) de amido de milho (50 g)
2 gemas peneiradas
½ lata de leite condensado
1 caixinha de creme de leite
1 colher (chá) de baunilha

Cobertura:

2 maçãs
200 ml de água para cozinhar as maçãs

250 ml de suco de laranja
2 colheres (sopa) de açúcar
1 colher (sopa) de polvilho doce ou amido de milho
125 ml da água que sobrou do cozimento das maçãs

Modo de preparo:

Massa:

Misture a farinha de trigo com o açúcar e o sal, junte a manteiga ou margarina e amasse com as pontas dos dedos, acrescentando as raspas de limão e o whisky, até formar uma massa que solte das mãos. Esta massa não deve ser muito trabalhada para não desenvolver demais o glúten, o que faria com que se tornasse elástica e não crocante como queremos o resultado final. Forre com a massa, o fundo e a lateral de uma assadeira de fundo removível. Fure com um garfo toda a superfície e leve para assar em forno pré-aquecido a 180º por aproximadamente 15 minutos, ou até que a massa doure. Retire do forno espere esfriar e espalhe o creme, as fatias de maçãs e por cima a cobertura ainda morna. Deixe esfriar e leve à geladeira. Não sirva muito gelada, o que endurece a massa.


Creme:

Leve todos os ingredientes do creme ao fogo, mexendo sempre até engrossar. Coloque um plástico filme encostado ao creme para não formar película. Reserve.

Cobertura:

Descasque as maçãs, corte em fatias não muito finas e cozinhe-as ligeiramente na água, sem deixar que amoleçam muito. Escorra a água (125 ml) e leve ao fogo juntamente com o suco de laranja, o açúcar e o polvilho doce ou o amido de milho, mexendo sempre até engrossar. Use ainda morna. Deve ficar um creme bem leve.

Finalização:

Retire a massa do forno, espere esfriar e espalhe sobre ela o creme, as fatias de maçãs e por cima a cobertura ainda morna. Deixe esfriar e leve à geladeira.

Bobó de Camarão



O creme de mandioca faz uma base perfeita para os camarões, neste delicioso prato baiano.









 Ingredientes:


500 g de camarões médios e limpos (reserve as cabeças)
500 g de mandioca
4 colheres (sopa) de azeite
3 dentes de alho
4 colheres (sopa) de manteiga
1 cebola grande
1 pimentão vermelho
200 ml de leite de coco
4 colheres (sopa) de azeite de dendê
Sal à gosto
1 pimenta dedo de moça
½  xícara de cheiro verde
½ xícara de coentro fresco

Modo de preparo:

Numa panela, coloque 1 litro de água e afervente as cabeças dos camarões por 10 minutos. Descarte as cabeças, mas coe o caldo e reserve-o. Numa tábua, pique os dentes de alho, a cebola, o cheiro verde, o coentro e a pimenta dedo de moça em tirinhas. Corte o pimentão ao meio no sentido do comprimento, retire as sementes e corte em cubinhos. Descasque a mandioca, retire o fio do meio e corte em pedaços grandes. Transfira para uma panela com o caldo reservado. Leve ao fogo alto e deixe cozinhar até que a mandioca fique macia. Numa panela grande, coloque o azeite de oliva e leve ao fogo médio. Quando esquentar, acrescente o alho e refogue até dourar. Aumente o fogo, adicione os camarões e refogue por 3 minutos. Reserve. Em outra panela, coloque a manteiga e leve ao fogo médio. Quando derreter, acrescente a cebola até dourar e em seguida, o pimentão. Refogue por cerca de 5 minutos. Reserve. No liquidificador, bata a mandioca com parte do caldo do cozimento, o leite de coco, o azeite de dendê, até obter um creme homogêneo. Na panela em que foi refogado o alho e os camarões, coloque o refogado de cebola com pimentão, o creme de mandioca e leve ao fogo alto, mexendo sempre. Se necessário acrescente mais caldo do cozimento da mandioca. Quando ferver, tempere com sal e pimenta dedo de moça picada. Adicione o coentro, o cheiro verde, e os camarões (reserve alguns para decorar). Misture bem e sirva quente. Decore com os camarões reservados e pimenta dedo de moça cortada em flor. Acompanha uma bela salada de folhas e arroz branco.